Glória Kalil

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Loirastupidaaaa.jpg Hello, Honey! Este artigo é fashion!!

Este artigo é algo que eu e minhas amigas pink adoramos! Se você for nerd ou pobre, tipo, é melhor passar longe daqui, e se vier aqui pra arranjar confusão, nós vamos chamar a galerinha popular para humilhar você!



Cquote1.svg Você quis dizer: Gloria Caiu Cquote2.svg
Google sobre Glória Kalil

Cquote1.svg Você quis dizer: Gloria que riu Cquote2.svg
Google sobre Glória Kalil

Gloria kalil.jpg

Cquote1.svg Você quis dizer: Gloria faliu Cquote2.svg
Google sobre Glória Kalil
Cquote1.svg Você quis dizer: Gloria fundiu Cquote2.svg
Google sobre Glória Kalil
Cquote1.svg Você quis dizer: Gloria Maria Cquote2.svg
Google sobre Glória Kalil
Cquote1.svg Você quis dizer: SuperNanny Cquote2.svg
Google sobre Glória Kalil
Cquote1.svg Você quis dizer: Etiqueta Cquote2.svg
Google sobre Glória Kalil
Cquote1.svg Você quis dizer: Chique Cquote2.svg
Google sobre Glória Kalil
Cquote1.svg Você quis dizer: Chic (érrima) Cquote2.svg
Google sobre Glória Kalil


Cquote1.svg Vamos dar Glória pra Jesus! Cquote2.svg
Bispo Macedo sobre Glória Kalil
Cquote1.svg Glóoooria.Glóooria.In excelsis Deo Cquote2.svg
Papa Bento XVI sobre Glória Kalil
Cquote1.svg Ela é uma gracinha! Cquote2.svg
Hebe Camargo sobre Glória Kalil
Cquote1.svg Aiaiai....uiuiui! Cquote2.svg
Silvio Santos sobre Gloria Kalil
Cquote1.svg Sigam-me os bons! Cquote2.svg
Chapolim sobre o livro de Glória Kalil
Cquote1.svg Prefiro não comentar! Cquote2.svg
Copélia sobre o livro de Glória Kalil
Cquote1.svg Quem é chique tá num chiqueiro? Cquote2.svg
Carla Perez sobre o livro de Glória Kalil
Cquote1.svg Como disfarço a barriga? Cquote2.svg
Ronaldo sobre dicas de Gloria Kalil
Cquote1.svg Sou feia, mas tô na moda! Cquote2.svg
Tati Quebra-Barraco sobre Glória Kalil
Cquote1.svg É de muito mau gosto! Cquote2.svg
Gloria Kalil sobre esse artigo

Ela se inspirou em mim!


História da Glória Fantástica[editar]

Refrigerante bom é champanhe!

Glória Aleluia Me Comportei Adequadamente Quando a Calça Kalil, é uma espécie de SuperNanny para adultos que surgiu quando menos esperávamos, mas que avisou, já que isso faz parte da boa educação. Depois dela dê glória, afinal sua vida nunca mais será a mesma, aliás nem você será o mesmo. Há pessoas que após entrarem em contato com ela, nem mesmo o cachorro as reconheceu.

Biografia[editar]

Glória Kalil nasceu sem se atrasar, cumprimentou os médicos, conversou com a enfermeira, e por fim agradeceu a mãe por ter dado a luz a ela. Glória nasceu em Istambul, parte européia, e veio para o Brasil dentro da bolsa Chanel da mãe. Ao desembarcarem no RJ, ela instruiu todos os tripulantes do navio como deveriam se comportar dentro e fora da água. Sua tia é Constanza Pascoalata dona de todas as tecelagens da América Latina, incluindo a Terra do Fogo e as Ilhas Galápagos e foi ela quem deu a dica para que Glória passasse a reeducar as pessoas, dando a elas a oportunidade de serem sociáveis, elegantes, discretas e principalmente chiques iguais a elas, só que gastando menos.

Trajetória[editar]

Somos chiquérrimas,né,tia!


Muito preocupada com as etiquetas, resolveu palpitar sobre moda e etiqueta de roupa, que aliás aconselha retirar para evitar marcas comprometedoras. Se possível, substitua-as por marcas mais conhecidas como batom e café. Glória é fera em dar dicas de estilo. - Não sabe se comportar diante da Rainha da Noruega? Glória tem a solução. Esqueça as facas Ginsu e as meias Vivarina, elas não combinam com o Jantar do Oscar. Ele também não fica bem de bermuda laranja jogando basquete. Não sabe o que deve dar ao chefe de amigo secreto? Pensou em dar um ferro? Glória explica que ferro de passar é um acessório ótimo para as donas-de-casa sem tempo para a academia. Você adora o visual do Agostinho Carrara? Glória tira a calça florida dele coloca uma preta sem bolsos, substitui a camisa xadrez por regata azul-marinho e o devolve para a sociedade em estado de shopping.

Garota Fantástica[editar]

Cid Moreira cansado de ter que usar sempre as mesmas sungas, procurou Glória Maria, mas encontrou outra Glória e pediu a ela umas dicas para combinar suas sungas com as gravatas. Feliz com as recomendações, Cid sugeriu que ela fosse contratada para o Fantástico para poder ajudar todo o país.Eufórica, mas contida, Glória estreou um quadro em que ajudava todos a se comportarem melhor, se vestirem melhor, comerem melhor.Enfim, a serem melhores iguais a ela. E no primeiro encontro não sabe o que dizer? Faltam palavras? Glória aconselha ter sempre um dicionário à mão. E na entrevista de emprego? Não sabe onde colocar as mãos? Deixe-as em casa. Só não troque os pés pelas mãos, caso você tenha chulé. Será que você anda bem? Para treinar seu traquejo e seu rebolado nada melhor do que um livro de 400 páginas sobre a cabeça ao caminhar, sempre cuidando para não parecer inadequado no parque em pleno domingo, caso você resolva andar de patins.

Agora com ela, eu arraso!!!
E não sou poluída!


Depois de todas essas dicas fantásticas, Glória resolveu investir na carreira de escritora com todas as boas maneiras que ela mesma ensinou a si própria. Solicitou uma oportunidade para escrever uma cartilha de autoajuda para facilitar a vida de pessoas em diversas situações. Glória deu um novo rumo à Educação brasileira, mudando para melhor os hábitos do povo. Ela inclusive, é uma das aplicadoras das provas do Enem. Glória entrou para o Guiness como a maior educadora de etiquetas da História, tendo consultado várias, abriu um consultório onde atende com hora marcada todos que querem ser chiques. Quando atende seu celular é comum ouví-la dizendo:- ALÔ CHICS! Glória aposentada do Fantático, por motivos fantásticos tem se dedicado a estudos antropológicos. Ela agora está trabalhando arduamente com as tribos aborígenes australianas, tentando inseri-las nos ditames da moda e comportamento. Se deu aqui no Brasil, lá também dará. Glória a Vós Senhor.

Rede-GROBO.png PLIM! PLIM! Este artigo é uma coisa da Rede Globo de Manipulação! Esta página pode estar mencionando alguma novela clichê que sua mãe gosta, algum pseudo-ator rouaneteiro ou algum comunista de boteco que se diz jornalista. Para mais coisas relacionadas ao Projaquistão, clique aqui.