Gesso

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Encircled Rod of Asclepius.svg ATENÇÃO: A Desciclopédia não é um consultório de medicuzinho.
Por isso, tome vergonha e vá procurar um para fazer seu check-up.


Cquote1.svg Você quis dizer: Leite de Burra Cquote2.svg
Google sobre Gesso
Cquote1.svg É branco, mas não dá o mesmo barato que eu! Cquote2.svg
Cocaína sobre Gesso
Cquote1.svg Se não fosse por ele, eu não existiria! Cquote2.svg
Ortopedia sobre Gesso
Cquote1.svg Que merda! Dois meses com esse troço. Cquote2.svg
Você sobre Gesso
Cquote1.svg Agora sim que eu viro popular \o/ Cquote2.svg
Nerd sobre seu braço quebrado
Cquote1.svg Se eu pudesse, eu quebrarra milll.. Cquote2.svg
Jeremias sobre Ossos
Cquote1.svg To doido é pa Urina... Cquote2.svg
Jeremias sobre Ossos
Cquote1.svg Isso é Gesso! J-E-Ç-O. Cquote2.svg
Seu Madruga sobre Gesso
Cquote1.svg Quebrou! Vai ter que engessar... Cquote2.svg
Ortopedista sobre Gesso
Cquote1.svg Eba! Cquote2.svg
Pivete em idade escolar sobre Gesso
Cquote1.svg Lisa, você quer assinar o meu Gesso? Cquote2.svg
Milhouse sobre Gesso
Cquote1.svg Gesso? Prefiro uma Tala. Cquote2.svg
Brasileiro sobre Gesso


Origens[editar]

Sabe-se lá quando, algum imbecil descobriu um pó branco que em contato com algodão e uma meia, conseguia deixar imóvel braços e pernas, pro azar de todo mundo. Por outro lado, qualquer criança que tem o privilégio de quebrar um osso, só fica pensando numa coisa: "Meus amiguinhos vão assinar o meu gessinho!", para o horror de seus pais, que provavelmente pagarão uma fortuna só para consertar o braço/perna de seu querido rebento.

Um médico que colocou um pouco a mais de gesso no paciente.

Causas[editar]

Já diziam por aí: "Quem não tem cicatrizes, não tem história pra contar". Em todos os lugares dessa merda, sempre tem alguém que leva um puta capote e assim que se levanta, vê que tem alguma coisa errada. Pronto! Conseguiu fazer o que não precisava: fudeu com um braço ou perna. Daí toca correr pro Hospital e esperar uma eternidade pra ser atendido e, obviamente, ser engessado. Quando não tem nego disponível pra te ajudar, se prepare pra morrer de dor até algum médicu tiver boa vontade e aparecer. Além dos clássicos capotes de bicicleta, skate, escorregões dos mais diversos tipos e atropelamentos, já foi constada uma nova categoria: fratura por Sonic 3, isso graças ao maldito tambor da Carnival Night Act 2. Podem acreditar! E também foi constatado fratura por vício em BuddyPoke, onde a pessoa de tanto querer brigar com seus amiguinhos pelo BuddyPoke toma um cacete e se quebra todo.(Detalhe: A pessoa se fode, mas o seu BuddyPoke parece que só levou um soco.)

Processo[editar]

Resumindo em poucas palavras, segundo um auxiliar de enfermagem por aí: "Eles botam algodão e depois um tecido (que na verdade é o gesso) que vira uma maçaroca gosmenta que depois seca e endurece."