Gótico Americano (quadrinhos)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Monstro do Pântano e seus amigos numa corrida de cavalos do cão.

Gótico Americano é uma fase da revistinha do Monstro do Pântano em que acontece uma caralhada de coisas aleatórias que de alguma forma sei lá como caralhos o Alan Moore, escritor dessa pocilga toda, fez com que tudo isso se ligasse e chegasse a um único plot twist: O monstrengo verdoso iria salvar o universo, sem fazer praticamente porra nenhuma pra isso, só trocar um lero lero com a Grande Escuridão.

A saga durou da edição 35 até a 50, e acabou revelando a existência de um personagem bem cabuloso, o Sting da DC Comics, o John Constantine, que acabaria ficando tão fodão que ninguém nem lembra mais do Monstro do Pântano, já do Constantine quem não sabe quem é é um bobão!

Plot[editar]

Tudo começa quando o Monstro do Pântano, após a primeira transa com a Abigail Arcane (se é que deixar ela comer uma semente drogada é "transar"), é derrotado por um monstrengo chamado "Cara de Duke Nukem", e aparentemente morre. Aparentemente, já que ele acaba inconscientemente descobrindo que pode se regenerar, e demora uma cara pra isso, sendo inclusive regado todos os dias pela Abby (olha que fofo né gente, invés de amamentar o carinha, ela regava...)

E foi aí que apareceu um zé chamado Constantine, que supostamente manjava como um elemental da terra funcionava e foi dando umas dicas pro Monstro do Pântano de como ele funcionava, como ele poderia se ligar a um tal de "verde" (e não tô falando daquele verde não, seu drogadinho de merda!), mas pra isso o Monstrengoso teve que entrar em um monte de buracos bizarros, enfrentando uns vampiros malvadões, depois um lobisomem fêmea (ou seria uma lobimulher?) e um bocado de fantasminhas nada camaradas, além de um serial killer que curtia lembrar os olhos de todas suas vítimas (será que daí que inventaram o roteiro de Olhos Famintos?). No meio dessa história maluca, uma edição mostra que o fruto lá do Monstrengo pode fazer tanto as pessoas ficarem lombradonas vendo e ouvindo estrelas igual ao Olavo Bilau ou virando um ser feioso e desgraçado, depende só de quem a pessoa é.

Depois desse lero-lero todo, John Constantine se junta de novo com o Monstro do Pântano e ambos vão pra navinha do Monitor e do Alexandre Luthor, onde esse último fala pro John e pro Monstro do Pântano pra ele se preparar, porque o Antimonitor era só uma ameaça besta perto do que estava pra vir por culpa de uma banda filha da puta chamada Brujeria, que mandava um monte de invunches pra matar os amiguinhos do John Constantine e estavam pra invocar uma tal de Grande Escuridão no Inferno pra destruir o Céu. Coisinha boba isso.

Antes de partirem pro pau contra a banda, o John ainda levou o Monstro pra conhecer a família dele, o Parlamento das Árvores, onde ele enfim conheceu seus antecessores e toda sua historinha bonitinha, percebendo que ele era só mais uma cópia de muitas outras similares anteriores a ele. Daí finalmente chegaram na Amazônia peruana pra tentar descer a mão nos índios endemoniados, e embora tenham derrotado tudo, não conseguiram impedir que eles fizessem um ritual pra chamar a Grande Escuridão.

Daí o John chamou um monte de mago de quinta da DC: Barão Inverno, Zatanna, Zatara, Doutor Oculto e Sargon, além de um herói de quinta chamado Mento para tentar deter a Grande Escuridão, já o Monstrengo vai pro Inferno (literalmente) e com uns fantasminhas como Desafiador e Vingador Fantasma, além dos heróis Senhor Destino e Espectro e até o demônio Etrigan vão enfrentar a escuridão grandalhona. O problema é que todo mundo vai se fodendo, um por um, inclusive quem tá na Terra: Sargon e Zatara viram pó e Mento fica com a mente mais desgraçada que tua avó. Por fim o Monstro do Pântano deu uma chegadinha lá junto da Grande Escuridão e disse "aí, por que você não para de ficar de mal com a turminha do céu e não ficam tudo miguxo? Nera mais fácil pra vocês dois?" Concordando com o verdoso, a Escuridão e a Branquitude acabam fazendo um sexo inter-racial bem gostoso e assim a história acaba.

Consequências[editar]

Praticamente nenhuma, já que tudo ficou no mais do mesmo. Mas a ordem no inferno mudou muito com aquele paranauê, tanto que algum tempo depois o Morpheus acaba descobrindo que o Lúcifer teve que dividir seu trono com Belzebu e Azazel, num triunvirato bem louco que no fim era tudo a mesma merda, já que depois o Lúcifer fechou o inferno e deu de presente pro Sonho (que presente de grego!).

Além disso, a Abby acabaria se dando mal numa história paralela, já que uma mulher indo pra um pântano dar a bunda pra um monstro não é a coisa mais normal do mundo, e ela acaba demitida e presa por... como que chama esse tipo de parafilia? Eu chamaria de monstrofilia, mas como ele é meio uma planta, acho que botanofilia já serve...

v d e h
O incompreensível mundo do Universo D.C.