Emily Willis

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Ruiva na piscina.jpg
Litzy Lara Banulos
Emily-Willis.jpg
Nascimento 29 de dezembro de 1998
Utah, Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
Nacionalidade Bandeira da Argentina Argentina
Ocupação gostosa
Olhos castanhos
Cabelo castanho
Principais trabalhos Filmes voltados para o público adulto
Prêmios AVN Award

Emily Willis é uma linda puta paga ninfeta cujas origens são um tanto controversas. A Wikipédia em língua espanhola afirma que ela foi parida na Argentina, mas seus perfis na maioria dos sites pornôs colocam os Estados Unidos como seu país de nascimento.

Carreira de puta e outros[editar]

Emily Willis também é campeã de natação: nada de peito, nada de bunda...

De acordo com seu artigo wikipediano em espanhol, Emily Willis é argentina e morou lá até os sete anos de idade, quando sua mãe conheceu um mórmon americano e ambas foram morar com ele na terra do Tio Sam. Antecipando o enredo de muitos dos filmes em que atuaria futuramente, Willis passou a se envolver sexualmente com o padrasto e manteve relações com ele até completar dezoito anos, idade na qual passou a usar o Tinder e conheceu um cafetão que foi o responsável por transformá-la em atriz pornô. Estreou na pornografia em outubro de 2017 e antes disso trabalhou como entregadora e outros bicos inúteis, o que faz dela uma espécie de gender bender dos estereótipos masculinos em filmes pornôs.

Mesmo tendo uma bunda negativa, especializou-se na arte de dar o cu, e quando não está tendo as pregas detonadas pelo negão da picona, Willis curte chupar umas bucetinhas molhadas. Sua versatilidade em ser fodida em qualquer posição rendeu a ela vários prêmios da putaria, inclusive o AVN Award de melhor puta do ano em 2021, quebrando a sequência de vitórias que Angela White vinha acumulando. Ela mesma escreve o roteiro da maior parte de sua filmografia, inspirando-se em fatos autobiográficos.

Treta na comunidade pornô[editar]

Com inveja de suas conquistas pornográficas em tão pouco tempo de carreira, suas colegas de profissão Gianna Dior e Adria Rae começaram a inventar boatos difamatórios no Twitter acusando Emily Willis de zoofilia por um vídeo em que supostamente estaria sendo comida por um cachorro, mas não da mesma forma que a brasileira Eliza Samudio. Willis conseguiu provar na justiça que na verdade estava atuando com um ator pornô usando uma fantasia de furry realista e processou o casal de lésbicas, pedindo cinco milhões de dólares de indenização por ter sua reputação prejudicada.