Dublagens portuguesas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Cquote1.svg VIGÊTAAAAAAAA! OLHA BEEEEEEEEM! WOOOOOOOOOOOOOOO Cquote2.svg
Dublagem portuguesa de Dragon Ball Z sobre Ginyu Guineu trocando de corpo

Devido ao fato de que ninguém com mais de dez anos de idade vê qualquer coisa estrangeira que não seja legendada, a dublagem em Portugal (PT-PT: dobragem) sempre é relegada ao último nível possível, com os dubladores sendo tratados pela sociedade com a mesma consideração que os ciganos e os avecs, sendo reconhecidos apenas pela minoria dos otakus ou dos adultos que reconhecem suas vozes de pelo menos um de um bilhão de personagens diferentes dublados pela mesma pessoa.

Como fazer uma dobragem em Portugal[editar]

O primeiro passo, acima de todos os outros, é pegar a dobragem francesa da obra. Dobrar com base no original é coisa de brasileiro, além disso, tens os avecs para traduzir o que já foi traduzido anteriormente. Cague pra fidelidade em relação à obra original. Após teres escolhido cuidadosamente a dobragem francesa da obra, é hora de escolher os dobradores. Certifique-se de escolher o menor número de pessoas para esta tarefa, por maior que seja o número de personagens que a obra tenha. Afinal, português só vê as coisas legendadas mesmo, e os miúdos não vão se importar com a (falta de) qualidade da dobragem, afinal, a obra está sendo esquartejada adaptada para eles.

Você está vendo algo dublado em Portugal se...[editar]

Se é feito para portugueses, os personagens TÊM que ter nomes portugueses
  • Nomes de técnicas e locais, ou até mesmo o nome da obra em si alterados. Se um personagem não lhe apetece, pode-se sempre mudar seu nome, ou até seu gênero, para satisfazer os gostos dos espectadores lusitanos.
  • Um monte de referências inteligíveis apenas e somente para portugueses.
Cquote1.svg É a Miss Portugal 97! Cquote2.svg
Son Goku português sobre Yakon
Aqui vemos Coraçãozinho de Satã