Don Picone

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Com esse olhar, você fica até com medo de tomar no cu, literalmente.

Don Picone é um ator e diretor pornográfico, conhecido por revelar algumas das melhores putas do Brasil, como Mônica Santhiago, Priscilla Prado, Larissa Mendes e, principalmente, Vanessinha Gaúcha, a maior delícia do cinema brasileiro de todos os tempos. Só com isso ele já poderia ser considerado o maior brasileiro de todos os tempos, mas ele ainda foi além, tendo coragem pra passar a piroca até mesmo na Gretchen e na Rita Cadillac, quando estas já não eram tão comíveis.

Características[editar]

Don Picone (um excelente nome, digassi di passagi) é um ator especialista em pornô humorístico, participando de filmes que são uma mistura de pornô bizarro com stand-up. Enquanto os demais atores preocupam-se apenas em manusear as atrizes como se fossem bonecas infláveis, enfiando a piroca de maneira selvagem em seus orifícios sem falarem nada que presta, Don Picone fica fazendo piadas pra criar um clima, e deixar o espectador rindo com o pau na mão. Claro que nem sempre isso é bem vindo, como na megaprodução Copa do Sexo, na qual queríamos apenas ver a Vanessinha levando nabo no cu, mas Don Picone falou tanto que encheu o saco, e obrigou todo mundo a assistir este maravilhoso filme no mudo.

Sem dúvidas, a maior contribuição de Don Picone para o Brasil.

Don Picone também é considerado um ator não seletivo, pois passa o piru em qualquer coisa que possua uma buceta entre as pernas, mesmo que a buceta em questão já esteja até murcha, parecendo um cano de esgoto de tanto levar pinto. Por comer de tudo, ele fudeu com a Rita Cadillac, com a Gretchen e com a Monica Mattos pós-cavalo. Esse último filme é a única decepção da carreira de Don Picone, pois sua piroca não conseguiu tapar o rombo daquele cuzão arreganhado que parece uma caverna, e ele ficou duas horas comendo a atriz sem nem sentir nada. Mas ali provavelmente nem o negão da piroca com sua serpente caolha de dois metros daria conta.

Don Picone também é um exímio jogador de truco valido o toba, sempre apostando o toba de suas putas pessoais nas partidas contra seus colegas de profissão e companheiros de rola, Kid Bengala e Big Macky. O grande sonho de Don Picone era ganhar o rabo de Yumi Saito em uma dessas partidas, afinal a única coisa que ele nunca comeu é um sushi peludo, mas infelizmente (pra ele) não conseguiu, e o Kid Bengala acabou comendo e recomendo sozinho.

História[editar]

Don Picone começou sua carreira apenas como ator, fodendo sem parar com a rebarba, as atrizes da Brasileirinhas que o Kid Bengala não dava conta. Após pegar gosto pela coisa, Don Picone passou a fazer uso de suas habilidades como olheiro, levando para os estúdios da empresa as melhores putas que comia nos prostíbulos por aí. A primeira puta que Don Picone revelou nacionalmente é July Paiva, uma mulata com cu pra dar e vender, principalmente pra vender. O arrombamento anal foi tão grande, que ela parou no primeiro filme mesmo, mas fez fama e entrou nos anais da internet, com seu vídeo aparecendo no XVideos até hoje.

Após suas muitas contribuições em prol da punheta nacional, achando beldades quase todos os meses, Don Picone revelou aquela que seria a maior atriz brasileira de todos os tempos, a fofinha e arrombada Vanessinha Gaúcha. Em Sexo Total, Don Picone consegue comer o cu da princesinha do Rio Grande do Sul sem capa, assim passando a ser considerado um herói nacional. E não satisfeito em comer apenas uma vez aquele cuzinho apertadinho, Don Picone fez mais um filme com a delícia, Copa do Sexo, que é seu filme mais famoso, no qual ele fode, fode esse cu sem dó nem piedade, abrindo um rombo que nunca mais fechou em Vanessinha.

Depois de comer muita gente na frente das câmeras, com o pau já todo esfolado e desgastado, Don Picone decidiu parar de atuar em filmes e começar a trabalhar apenas como cineasta pornográfico, dirigindo filmes de baixo orçamento da Brasileirinhas que nem título possuem, mas que são uma delícia, cara. Nessas produções, que podem ser encontradas em qualquer canto da internet, ele continua revelando gostosas, como Natasha Hill, cujo oco já é maior que o de Jailson Mendes.

Atualmente, Don Picone continua dirigindo filmes pornográficos esporradicamente para a Brasileirinhas, porém a sua principal função é a de garimpar talentos, por isso ele costumeiramente roda pelo Brasil em seu FakeTaxi, procurando por mulheres saradas que se encaixam no perfil. Don Picone é considerado pelos apreciadores de um boa putaria como a salvação da pornô nacional, pois é o único diretor/olheiro que não faz filmes com qualquer vagabunda de beira de estrada com cara de pedreira, um monte de tatuagem e marca de biquíni, em suas produções quem reina são as princesinhas, as vezes com um rombo enorme, mas ainda assim fofinhas e bonitas.