Devotos

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Dalto.jpg Este artigo é coisa de artista de um hit só!

Se você conhece outra música desse artista, você deve ser um fã muito doente ou alguém da família dele. E você curtia isso aqui que era BOMBA!.

Conheça outros esquecidos aqui.

Satanistas, digo, Devotos
DevotosdoOdio.jpg
Quem vê o Cannibal pensa até que é banda de reggae, ledo engano!
Origem Alto Zé do Pinho é do caralho!, Recife, PE
País Brasil
Período 1988 - até hoje
Gênero(s) Punk, Hardcore e Manguebit
Gravadora(s) BMG
Integrante(s) Cannibal, Neilton e Celo Brown
Ex-integrante(s) Tá os mesmos fodidos desde o início
Site oficial Esse aí


Devotos, originalmente chamada de Devotos do Ódio (mas que mudou de nome pra ninguém confundir com aquelas bandas de quinta de boneheads amantes de Rock Against Comunism e outras bostas de nazis chiliquentas), é uma banda de punk e hardcore nascida em 1988 num morro de Recife e que conseguiu fazer mais sucesso que suas amiguinhas Câmbio Negro HC e Realidade Encoberta, não por conta tanto do talento deles, mas por terem brincado de se misturar com a turminha do Abril pro Rock e do Manguebit, o que lhes rendeu aparições na MTV Brasil e até no Rockgol, onde o Cannibal, vocalista e baixista, se revelou também um grande esportista, um artilheiro de pés cheios, e também um grande entusiasta do movimento LGBT, tanto que sempre mostrava a bandeira do movimento a cada gol que fazia do seu Estado, que ele orgulhosamente mostrava sempre a bandeirinha para o país inteiro ver.

História[editar]

A banda começou quando o trio, que curtia comer num tal de Beco da Fome em Boa Vista, ouviu um monte de doentes mentais que faziam heavy metal e também punk e hardcore por lá, tudo imitando bandas como Black Flag e Bad Brains. Logo o trio decidiu dar uma de "faça você mesmo" e começaram com essa brincadeirinha lá no desgracento Alto Zé do Pinho que viviam.

Mal sabiam eles que começariam a ser tremendas má influências no local, já que logo uma pá de bandas começaram a fazer som por lá, até um documentário chamado "Punk Rock Hardcore Alto Zé do Pinho" eles fariam, com a música-hino deles que, pode até não ter feito tanto sucesso assim, mas vale a pena lembrar que pânquirróqui rardicóri sabe onde é que faz? Lá no Alto Zé do Pinho, é do caralho, tem Devotos e 3º Mundo que botam pra foder todo sentimento obtido EM SEU VIVEEEEEEEEEER!

Mas o grande sucesso mesmo da banda foi uma musiquinha em homenagem ao Seu Antônio, um ferreiro lá do morro que ficava agoniado com as barulheiras dos garotinhos juvenis, mas que um dia percebeu que dava pra descolar uma graninha fazendo bases pros palcos fodidos onde a banda tocava. E assim surgiu "Vida de Ferreiro" que é hardcore, seu Antônio, PODE CREEEEEEEEEEEEEER.

Até hoje eu duvido que cê lembre outra música deles...

Videoclipe[editar]

Sim, eles que são a banda desse vídeo que cê já viu rodar pela internet a anos com o povo "brincando" de piñata desse jeito bem educado...

Ver também[editar]