Desreceitas:A cuzinha maravilhosa de Bruna Surfistinha

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Receita.jpg

Este artigo é parte do Desreceitas, a sua biblioteca de receitas e fórmulas


Capa A Cuzinha Maravilhosa de Bruna Surfistinha.jpg

Oiê!

Quem bem me conhece do meu blog, sabe que eu sou uma negação na cozinha. Não sei nem ferver leite sem um papel com o passo-a-passo nas mãos! Em casa, quem cozinha é o JP, meu “namorido” (aquele que, quando a gente oficializou a relação e eu o chamava de Pedro, vocês passaram um tempão chamando de boqueteiro por tabela! Ai, ninguém merece vocês!).

Apesar de eu ser uma nulidade para a cozinha, eu me especializei na culinária erótica, onde o comer bem ganha um outro significado. Apresento aqui para vocês, descíclopes, uma série de receitas que aprendi nos lugares por onde trabalhei. Pratos, talheres e camisinhas a postos? Então, vamos começar!

Picanha com rondelli à putanesca[editar]

Esse prato eu servi muuuuito quando trabalhei naqueles privês do Brooklin e da Alameda Franca.

Ingredientes[editar]

  • 1 picanha bem grande
  • 2 dentes de alho sem cárie
  • 4 colheres de sopa de sopa
  • 2 pitadas de cigarro Marlboro
  • 1 colher de chá de chá
  • 1 colher de sobremesa de sobremesa
  • 1 puta cozinheira com o rondelli em bom estado
  • 1 rolo de papel higiênico

Modo de preparo[editar]

Crystal Clear app ktip.png
Dica:
Ao temperar a picanha, nunca coloque pimenta… porque pimenta no rondelli dos outros é refresco!
  1. Despeje um pouquinho de azeite sobre a picanha, segure-a em uma das mãos e comece a amaciá-la com os dedos, enquanto a outra mão vai mexendo os tomates. Assim que a picanha começar a mudar a consistência, esfregue-a com os dentes de alho e deixe-a descansar por uns dois minutos.
  2. Enquanto isso, abra o rondelli com um rolo de macarrão, lave-o direitinho e em seguida unte-o bem com uma colher bem cheia de gordura vegetal.
  3. Depois, coloque o rondelli sobre a picanha e vá mexendo bem devagarinho até encostar nos tomates.
  4. Continue mexendo, cada vez mais rápido, até a picanha ficar inteiramente mole.
  5. Depois, limpe-se com o papel higiênico e, se quiser, adicione uma pitada de cigarro.

Obs.: Se o rondelli aguentar, essa receita dá para quatro pessoas!

Peru empanado com xinxim de galinha pururuca[editar]

Ingredientes[editar]

Modo de preparo[editar]

  1. Vá a um barzinho de baixa reputação e, assim que alguma galinha começar a arrastar as asas para você, convide-a para passar o final de semana no seu apartamento. Dê-lhe de beber as 12 latas de cerveja Velha Skin, enquanto você toma a garrafa de uísque 12 anos. Se ela quiser tomar um golinho do seu copo, diga-lhe que aquilo não é para o seu bico.
  2. Quando ela estiver atordoada, abaixe-lhe as calças e coloque-a sentada sobre um penico.
  3. Depois, ligue pro Ururuca e peça para ele vir imediatamente em sua casa.
  4. Enquanto isso, tire o peru para fora, limpe-o bem com os primeiros dois metros de pano embebido em álcool e enxugue-o com os outros três metros. Com o resto do pano, enrole cuidadosamente o peru, tomando o cuidado de deixar os tomates de fora.
  5. Quando o penico estiver cheio e a galinha começar a cacarejar, dê-lhe R$ 50,00 e toque-a da sua casa. Logo que ela sair, despeje o xinxim ainda quentinho sobre o peru.
  6. Assim que o seu amigo chegar, peça para ele colocar o peru inteirinho pra dentro e esperar sentado, mexendo sempre, até o caldo ficar grosso.
  7. Mas, cuidado! O seu amigo deverá ir devagar, pois se ele mexer muito forte, poderá esmagar os tomates.
  8. Esta receita dá Pururuca, Pualfredo, Pualberto, Puosmar e até Pudim.

Bananas na rosquinha[editar]

Uma vez, eu tava tão doida que servi esse prato na sacada do flat que alugava em Moema para os meus programas. Ainda bem que o comandante Hamilton não estava por perto…

Ingredientes[editar]

  • 1 banana bem graúda
  • 1 rosquinha pequena e resistente
  • 1 pote de chantili
  • 8 caroços de pimenta malagueta
  • 2 bolas de sorvete (opcional)

Modo de preparo[editar]

  1. Primeiramente, lave bem a rosquinha (a higiene é fundamental quando se quer comer alguma coisa boa) e deixe-a em repouso durante uns dez minutos, para que ela fique bem relaxada e úmida.
  2. Em seguida, descasque a banana, lubrifique-a com um pouquinho de chantili e introduza-a na rosquinha, tomando muito cuidado para não provocar fissuras em suas paredes, o que além de causar um profundo desconforto, poderia alterar o sabor da refeição.
  3. Assim que a banana tiver penetrado uns poucos centímetros dentro da rosquinha, acrescente um pouco mais de chantili e vá fazendo um leve movimento de vai-e-vem até que a banana desapareça por completo dentro da rosquinha.
  4. Quando a rosquinha começar a pegar fogo, acrescente os oito caroços de pimenta malagueta. Afinal, pimenta na rosquinha dos outros é refresco! (Afe! Tô ficando repetitiva, né?)

P.S.: Uma variação refrescante deste petisco é acrescentar sorvete na hora que a rosquinha estiver queimando. Mas, lembre-se que, neste caso, as bolas devem ficar sempre do lado de fora!

Rabada com linguiça e caldo de galinha[editar]

Ingredientes[editar]

  • 1 rabada em bom estado de conservação
  • 1 galinha
  • 1 linguiça
  • 100 gramas de manteiga (ou KY)
  • 200 ml de azeite de dendê
  • ½ copo de água
  • 1 lata de leite condensado
  • 2 colheres de sopa minestrone
  • 1 noz moscada
  • 1 lata de Detefon
  • 1 pote de requeijão

Modo de preparo[editar]

  1. Primeiramente, pegue uma galinha não muito gorda, sente-a numa bacia bem funda e enfie-a debaixo do chuveiro durante 45 minutos ou até a galinha morrer afogada, prevalecendo o que vier primeiro.
  2. Em seguida, jogue fora a galinha e despeje o caldo numa lata de leite condensado (se não tiver nenhuma disponível, use uma lata de goiabada mesmo). Reserve.
  3. Feito isso, tire a linguiça para fora, lubrifique-a com um pouquinho de azeite de dendê e lambuze-a com um pouquinho de noz moscada. Cuidado, se a noz estiver muito moscada, utilize o Detefon. Em seguida, coloque-a para descansar num sofá bem confortável e de preferência num ambiente com pouca iluminação.
  4. Agora, pegue a rabada com cuidado, coloque-a de bruços em cima da pia e, com a ponta dos dedos devidamente untada com manteiga, esfregue cada uma de suas pregas.
  5. Depois, mantendo-a levemente empinada, afaste suas bordas muito cuidadosamente com uma das mãos, enquanto a outra vai arregaçando a pele da linguiça. Assim que sentir a ponta da linguiça encostando na rabada, dê uma mexida suave e despeje o requeijão.
  6. Em seguida, beba o copo de água, lave a rabada cuidadosamente com o caldo de galinha e enxugue-a com papel toalha.
  7. Por fim, tome as duas colheres de sopa pra tirar o gosto ruim da boca.
  8. Se a linguiça não for muito grossa e a rabada não estiver fedendo, esta receita dá pra quatro pessoas – desde que seja respeitado um intervalo mínimo de cinco minutos entre uma e outra refeição.