Desmanuais:Prepare sua própria pizza

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Este artigo é parte dos Desmanuais, seu acervo de instruções livres de conteúdo. Nuclear-explosion.jpg

Esta pessoa seguiu todos os passos do manual e, depois de 15 tentativas, conseguiu fazer sua pizza na cara e na coragem.

Cansado de ter que fazer uma penosa ligação telefônica a cada vez que for pedir uma pizza? Ou, pior ainda: de ter que fazer uma longa caminhada até a pizzaria mais próxima? Odeia contar os minutos que passam depois de sua ligação para que o entregador sempre chegue faltando 2 segundos para não pagar? Odeia que a pizza que chega até sua casa não seja do seu agrado ou nem mesmo seja a que pediu? Detesta que lhe lembremos de tudo isto para ter algum desconto? Pois você veio ao lugar indicado, aficionado que é da comida italiana. Aqui você poderá aprender o jeito verdadeiro de preparar uma pizza e esquecer todas essas questões problemáticas de pedir e pagar por uma pizza. Venha agora e comece a ler este manual que mudará a sua maneira de ver e provar uma pizza[1].

Ingredientes[editar]

Comecemos falando do mais importante: os ingredientes (com certeza você deve ter pensado: Bem, a que hora vou degustar minha criação? Bem, temos duas respostas para você: acabe de ler este manual ou faça sua pizza como lhe der na telha. Não importa se você morrer ou não em sua tentativa de alimentar-se: ao fim e ao cabo, dinheiro é o que importa). O que seria da Mona Lisa sem o quadro e a tela? Com certeza, um bloco de tinta amontoada e misturada no chão que nem teria saído do quarto de Leozinho. O mesmo é com os ingredientes para una pizza: sem eles, acabaríamos comendo a fôrma de plástico ou, no melhor dos casos, de alumínio. Agora, a lista completa de ingredientes e uma breve explicação para que o leitor nos entenda.

Ingredientes da pizza padrão[editar]

Se você até agora tem algo como isto, então, fez algo errado! Volte a ler este manual do começo.
  • Para a massa:
  1. 20 g de levedura fresca: fresca, sempre fresca, para que nossas amigas bactérias inchem o pão por nós.
  2. 300 g de farinha: a medida real é adicionar farinha até que não mais grudar nos nossos dedos e os convidados se entupam facilmente. Se você gosta de biscoitos, pode pôr o dobro de farinha. Ficará crocante e dura.
  3. 200 mL de água.
  4. 4 colheres de sopa de óleo.
  5. Sal e açúcar: a proporção sal/açúcar deve ser de 1:5 (para cada colher de sopa de açúcar, 5 de sal e 2 de macarrão).
  • Para o recheio:
  1. Queijo.
  2. Peperoni.
  3. Presunto.
  4. Enfim… tudo o que seu mente possa pensar (e que seu estômago possa digerir).
Uma pizza portuguesa, feita para comemorar a vitória da Lusa do Canindé sobre o Mirassol, no Paulistão de 2011.

Se você quiser que a sua pizza seja portuguesa, simplesmente troque os ingredientes por:

  • Para a massa:
  1. Levedura, farinha, água, óleo e sal.
  • Para o recheio:
  1. Um par de tamancos
  2. Pelos de bigode
  3. Um lápis daqueles que eles costumam pôr sobre as orelhas

Procedimento[editar]

Chegou o momento para começar a preparar nossa comestível e deliciosa obra-prima, mas antes devemos decidir uma forma de cozinhar nossa deliciosa pizza e poder declará-la comestível, caso não seja do seu agrado ou não tenha ficado como você esperava… Bem, a fome é o melhor tempero. Agora, neste procedimento, precisamos de certos materiais OPCIONAIS para que nossa pizza fique ao nível dos grandes chefs da Itália[2], que são:

  • Fôrmas
  • Forno
  • Gás
  • Amor
  • Fome

Agora, ansioso, podemos seguir nosso passeio pela cozinha italiana de duas formas.

Procedimento 1[editar]

Feche este manual, passe uma borracha em tudo que viu por aqui, faça uma terapia para que lhe tirem essa ideia de ser chef e ligue para a pizzaria mais próxima pedindo sua pizza de camarão com pepperoni e molho de pimenta. Sem dúvida, um dos melhores usos deste manual, já que, geralmente, as pessoas que acabem de ler nosso manual exclamam: Que manual mais inútil – eu queria a receita de espaguete –, se eu posso chamar alguém pra fazer a minha pizza. A única desvantagem que esta ciência encontra é de onde você vai sacar dinheiro para comprar uma pizza bonita e deliciosa depois que acabamos de lhe tirar todos os seus bens e seu dinheiro para os honorários deste manual. Tenha um bom dia.

Procedimento 2[editar]

  1. Para começar, faremos a base. Ponha todos os ingredientes para a massa no caldeirão da bruxa, isto é, tudo na panela. Caso você queira usar uma capa medieval e gatos negros, tudo bem, mas isto não melhora o sabor. Uma vez que os ingredientes estejam bem misturados, bata até se formar uma massa viscosa e dura que chamaremos de massa e isto será a base de nossa pizza. Se quiser deixá-la mais saborosa, pode pôr o queijo onde você preferir. Ah, sim, e que o gato NÃO toque na massa.
  2. Agora devemos dar forma à base com a massa, não necessariamente a pizza tenha de ser um círculo. demonstrou-se cientificamente que as pizzas não circulares têm .99% de ser ainda mais deliciosas. Experimente formas geométricas como triângulos, quadrados, paralelepípedos e até partes do corpo.
  3. Uma vez preparada nossa massa-base, continuaremos fazendo a pizza com o seguinte passo: o molho. Não, não esse molho de chaves que abrem as portas de sua casa e de seu carro! Referimo-nos ao molho de tomate que dá o sabor característico à pizza. Vamos despejar todo o molho que já tínhamos feito e que você não se lembra de quando o preparamos porque não prestou atenção por andar vendo outras coisas, enfim. Todo o molho deve ser espalhado uniformemente por toda a base da pizza e, uma vez que está espalhado por toda a pizza, vamos colocar ainda mais queijo.
  4. Já estamos quase terminando nossa delícia. Agora falta apenas pôr o recheio de cima. Pomos todos os ingredientes que conseguimos para torná-la saborosa em cima da base e jogamos ainda mais queijo. Uma vez terminada, deve-se assá-la a 180°C por 30 minutos ou a 30.000°C por 2 segundos. Lembre-se de usar um forno a gás ou um de pedra, mas como você não pensou no meio ambiente? Use a energia solar que, ao fim e ao cabo, é grátis e barata. Levará mais ou menos 5 dias para cozinhá-la, mas protegerá o ambiente. Seus netos não lhe agradecerão.
  5. Tire a pizza cuidando de que dê uma queimadela nela para dar sabor e…

Bon Apetit !

Referências[editar]

  1. Há 98% de probabilidade que a mudança seja negativa e 1,9% de probabilidade de que nada aconteça. O resto é a probabilidade de que você morra tentando
  2. Embora nem em sonho você poderá chegar perto. Conforme-se com o fato de que a Vigilância Sanitária não o mande à cadeia por danos à saúde.