Hiena-malhada

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Crocuta crocuta)
Ir para navegação Ir para pesquisar
Hiena-comum
Uma matilha de três hienas-malhadas
Uma matilha de três hienas-malhadas
Classificação científica
Reino: Animal
Filo: Acordados
Classe: Mamadores
Ordem: Comedores de carne
Família: Hienídeos
Gênero: Cocoruto
Espécie: Hiena-retardada
cocoruto escrotus

Hiena-malhada é a espécie mais comum de hienas, seres que habitam os antigos cemitério de elefantes na savana africana, um local que os leões não gostam de chegar perto. São animais alegres, bem humorados e transmissores de doenças, podendo ser domesticados por serem mansos enquanto não estão com fome, desde que sejam vacinados.

Evolução[editar]

Acredita-se que as hienas-malhadas foram criação frustrada de laboratório, quando na milenar Guerra dos Cães contra Gatos, os felinos criaram o leão para exterminar de vez com todos os cachorros. Desesperados, os caninos logo decidiram criar algo igualmente aterrorizador para lutar ao lado dos cachorros, mas como eles estavam sendo apressados por um resultado rápido, não conseguiram desenvolver um rival muito ameaçador para os leões, surgindo assim as hienas-malhadas, que tiveram que se adaptar para parasitas para conseguir rivalizar e só encher muito o saco dos leões.

Anatomia[editar]

Mesmo que as hienas-malhadas pareçam cães e ajam como cães, os biólogos cientistas foram suficientemente retardados em classificá-los como relacionados aos mangustos na ordem Carnivora, o que é gritantemente falso, e por isso, em 1777, Erxleben percebeu o erro e reclassificou as hienas-malhadas novamente como uma raça de cães, mais próximos dos lobos.

Comportamento[editar]

Hiena-malhada morrendo de rir após mais uma piada bem sucedida sobre leões.

Os hábitos das hienas-malhadas são bem simples, os seus dias consistem em comer, dormir, correr e rir.

Estas hienas andam em matilhas e frequentemente são observadas correndo em grupo e destruindo tudo o que veem pela frente, devorando praticamente qualquer coisa em seu caminho, mesmo as coisas mais remotamente comestíveis, como grama, terra, sanduíches do McDonald's, instalações de armazenamento de ópio, pequenas criaturas peludas que gritam "chikichikiboo" e melancias. Estas caçadoras poderosos, que competem com os leões por comida, sistematicamente devastam toda a savana africana (hehehe!) causando fome generalizada nos demais animais (hee!) e sendo responsáveis pela miséria na África (heheeehehehehe!) e outros sofrimentos humanos (haha!!!) e isso porque a hiena-malhada também espalha parasitas intestinais (meeheeheehee!) por urinar (heheheh ...) em suprimentos de água públicos vitais onde quer que vá.

Alimentação[editar]

Por muito tempo as hienas-malhadas foram consideradas, injustamente, como animais carniceiros similares aos abutres, porém na verdade são exímias caçadoras e adoram comer gnus. O que acontece é que roubar a comida de um leão é muito mais fácil de se obter essa comida.

Donas de um estômago extremamente resistente que é revestido com placas de titânio, estes animais nunca sofrem de indigestão, sendo capazes de tranquilamente comer a comida mais podre possível.