Cover da Luciana Genro que participa de gangbangs finalizados com creampies

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Cover da Luciana Genro que participa de gangbangs finalizados com creampie é a versão russa da Luciana Genro, comunista de verdade, fundadora do PSOL (Putaria, Surubas, Orgias e Libertinagem) que quando não tá lutando pelo direito dos viadões darem o cu em paz, está ela mesma dando o cu pra um monte de russo safado que ela convida para bacanais em seu triplex que na verdade é de seu amigo, bacanais estes que apenas terminam quando inicia-se aquele creampie generalizado.

História[editar]

Não se preocupe, o link não será enviado para vosso cachorro, respeitamos os animais.

Luciana Genro de Moscou (irei usar esta terminologia de agora em diante, pois não tô com saco pra escrever a porra do título inteiro, que é grande pra caralho, digassi di passagi) era apenas uma velha loira que, em seus tempos áureos, participava de filmes com sodomias nos quais o seu cu não era perdoado pelos magrelos com pirocas de vinte centímetros, russos raiz. Nada de anormal, qualquer russa faz isso mesmo.

Após passar anos tomando no cu, literalmente, Luciana Genro de Moscou, adepta e entusiasta das práticas sodômicas, passou a defender que todos deveriam ter o direito de sentir dores anais agudas, seja mulher, homem, cachorro, papagaio ou feminista. Para lutar por esta causa, ela inaugurou um partido com o auxílio de seus escravos de BDSM, denominado PSOL, o partido que defende a liberdade sexual de dar o cu pra quem se quer.

Agora velha, e com ninguém mais querendo comer teu cu, pois os russos estavam optando pelas novinhas como Krystal Boyd e Henessy, ainda rosadinhas, a Luciana Genro de Moscou passou a incluir-se na própria causa, lutando pelo seu direito de ser comida também, mesmo sabendo que no comunismo ninguém come nada mesmo.

Esta luta deu certo, e alguns membros do proletário que fazem bicos de meio período em fábricas de São Petersburgo uniram-se para comer Luciana Genro de Moscou, que reuniu a galera em seu apartamento, servindo pra garotada um monte de porções de amendoim e shots de catuaba com vodka, o que iria garantir os creampies que tanto aprecia.

Vídeo[editar]

O vídeo do ato do qual participou Luciana Genro de Moscou não será exibido neste recinto, são cenas fortes, e seu cachorro irá acabar fechando o browser com medo de receber o link. Apenas posso dizer que os proletários fizeram uma revolução em seu interior, metendo creampies até o leite sair pelo nariz da mulher.

Atualmente, cinco anos após a gravação da cena, Luciana Genro de Moscou ainda está vazando, e não possui previsão para estabilizar sua situação.

Ver também[editar]

  • Luciana Genro, a versão brasileira, que segue os passos deste ícone russo.
  • Jailson Mendes, ele não desperdiça o leite de oco com creampies, ele bebe tudo até não sobrar porra nenhuma, assim obtendo sua proteína diária.
  • PSOL, o partido que apenas quer que o mundo acabe em piroca pra morrer fodendo.
Políticos que caíram na net
Filme pornográfico do presidente Donald TrumpCover da Luciana Genro que participa de gangbangs finalizados com creampiesFilme pornográfico homossexual do ex-presidente Luiz Inácio Lula da SilvaFilme pornográfico do presidente Michel Temer no XVideosMarcela Temer traindo o Michel TemerOrgia de João Dória com cinco mulheres e uma piroca broxaVídeo pornográfico da Dilma anã fodendo com um cara