Colin Firth

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
ESTE ARTIGO É SOBRE UM GALÃ!!

Ele provavelmente não passa de um BBB: bom, bonito e burro pra cacete. Mas e daí? As mulheres (e alguns homens) ficam babando litros toda vez que ele aparece na TV (ou em revistas), já que ele é um

GALÃ.

Pritt-pitt.jpg
Colin Firth
Colin-firth-111.jpg
Colin depois de algumas plásticas.
Nascimento 10 de setembro de 1960
Hampshire, Inglaterra
Nacionalidade Britânico
Ocupação Ator
Altura 1,87 m
Olhos castanhos
Cabelo castanho
Principais trabalhos Mamma Mia! e O Discurso do Rei
Prêmios 1 Óscar por O Discurso do Rei

Cquote1.svg Você quis dizer: Lucas Graham Cquote2.svg
Google sobre Colin Firth
Cquote1.svg Ele usa terno em todos os filmes Cquote2.svg
Qualquer um sobre Colin Firth
Cquote1.svg Eu conheço ele, ele fez aquele filme Um Grande Garoto Cquote2.svg
Carla Perez sobre Colin Firth
Cquote1.svg É Colin Fãrfi, Cólin Fârti, Colin... Cquote2.svg
Erika Menezes não conseguindo pronunciar o sobrenome do Colin
Cquote1.svg Definitivamente é um ator Cquote2.svg
Capitão Óbvio sobre Colin Firth

Colin Firth é um ator e galã britânico, muito talentoso, mas que em todos os filmes aparece com o mesmo figurino: terno e gravata.

Biografia[editar]

Como boa parte dos britânicos, Colin adora tomar chá.... não era isso que eu queria dizer, eu dizia que como a maioria dos britânicos Colin nasceu numa família de classe média que não tinha grana pra ostentar mas possuía uma quantia suficiente para bancar os estudos de Colin no teatro. Como o pessoalna UK é extremamente rígido Colin passou por um rigoroso treinamento na qual faria dele um Daniel Day-Lewis mais sisudo, sendo assim Colin passou longos anos no teatro e dali embarcou diretamente para o cinema inglês e, como na Inglaterra tem menos gente que nos USA, Colin conseguiu rápido os papeis de protagonista, sendo o primeiro em A Dama das Camélias (ui!) e depois em Valmont, um filme pornô de época. Dali em diante Firth seguiu pegando papeis de destaque, mas para isso precisava passar o rodo na produção, até que um tal de Anthony Minguella resolve escalá-lo como um dos figurantes do seu filme O Paciente Inglês, para segurar vela para Ralph Fiennes e Juliette Binoche; dois anos depois interpretou o vilão Lord Wessex no filme Shakespeare Apaixonado, sendo um dos poucos vilões que se deram bem no final.

Depois de participar de mais algumas tranqueiras, interpretou o chatão do Mark Darcy no 1°filme da Trilogia Bridget Jones, na qual gravou cenas de menage à trois com Hugh Grant e Renné Zellweger. O estrago tava feito e Colin recebeu a mesma maldição de Hugh Grant: fazer comédias romanticas água com açucar. O filme seguinte foi o romance de época Armadilhas do Coração, na qual era dupla com o tobogã de salto alto Rupert Everett. Em 2003, Colin passou por sérias dificuldades financeiras e se obrigou a participar de todos os filmes que lhe convidassem e estes foram: Hope Springs - Um Lugar para se Sonhar, na qual interpretou um artista que comia 2 gostosas; Moça com Brinco de Pérola, na qual comeu a Scarlett Johansson; Simplesmente Amor, na qual fazia um bobalhão que pegou a Lucia Moniz, uma portuguesa muito gostosa; e Tudo Que Uma Garota Quer, onde fazia o pai da maluquinha Amanda Bynes. No ano seguinte repetiu o papel em BridgetJones 2. Em 2005, fez o viuvo Cedric em Nanny McPhee, um filme onde a Supernanny vem educar os filhos mimados do Colin na base da macumba; teve que pegar uma baranga e uma gostosa no filme.

Depois desse fez outros filmes despretensiosos como A Verdade Nua, A Última Legião, Quando Você Viu Seu Pai Pela Última Vez? e Bons Costumes, tudo coisa pra inglês ver. Até que estreou o filme Mamma Mia!, que foi um sucesso estrondoso no mundo todo por causa das gurias retardadas e das bichas louca fãs do ABBA que assistiram o filme por causa das músicas. No ano seguinte interpretou um viado (coisa que já tinha feito em Mamma Mia!) no filme A Single Man, sendo indicado ao Óscar, mas acabou perdendo pro Jeff Bridges, ou por causa da homofobia ou por que a academia prefere os ianques. Em 2010 estrelou o filme que lhe deu o careca pelado besuntado em ouro, O Discurso do Rei, interpretando o Rei George que era um ga ga ga gago. Dali em diante continuou em alta fazendo filmes interessantes como O Espião Que Sabia Demais, Meus Dias Incriveis, Sem Suspeitas e também a bomba Um Golpe Perfeito, que só vale a pena pela gostosa da Cameron Diaz. Em 2014 teve um ano cheio de filmes bons como Antes de Dormir, que trata-se de um remake do clássico Como se Fosse a Primeira Vez em versão suspense; Mágia ao Luar, onde faz um mágico que dá uns pegas na Emma Stone; e por fim, Kingsman: Serviço Secreto, seu filme mais foda, onde faz o fodão Galahead, e o filme é tão bom que até ganhou uma sequência, mas antes Colin teve que terminar a franquia Bridget Jones.

Colin (à esquerda) não perde a elegância nem nas lutas

Em 2018, voltou aos holofotes no meio gay e infântil com os filmes Mamma Mia! Lá Vamos Nós De Novo e O Retorno de Mary Poppins, mas seus personagens eram como a maioria em sua carreira: esquecíveis. Em 2019, particpou de 1917, fazendo uma breve aparição no começo do filme e no momento Colin segue sua carreira, inclusive, acabou de comer o Stanley Tucci num novo pornô gay que estreou. P.S: Já sabe-se que Colin não deve participar do próximo Kingsman, o que não vai fazer o filme deixar de ser foda, mas vai ficar um pouco menos.

Vida pessoal[editar]

Diferente de seus personagens pegadores (ou viados), Colin passou a maior parte do tempo casado com uma italiana chama Lívia Andrade, quer dizer, Livia Giugiolli, tendo uma relação aparentemente sólida. Mas tudo acabou depois que Colin descobriu ser corno, por último, é claro, antes dele Hollywood inteira já sabia e talvez por isso o número de filmes em que Colin participa reduziu-se tanto nos últimos tempos, pois há quem diga que quem não é corno um dia será e que chifre se transmite, portanto, é melhor não arriscar. Óbviamente, depois da descoberta Colin separou-se, ele não é burro, é apenas corno.

Figurino dos Personagens[editar]

Se tu já assistiu algum filme do Colin com certeza reparou que seus personagens sempre estão usando o mesmo figurino: Terno e gravata. Entre os filmes que Colin veste esse figurino estão:

  • O Paciente Inglês
  • O Diario de Bridget Jones
  • Armadilhas do Coração
  • Tudo Que Uma Garota Quer
  • Bridget Jones: No Limite da Razão
  • Nanny McPhee (é terno velho mais conta)
  • Marido Por Acaso
  • Mamma Mia! O Filme
  • O Retrato de Dorian Gray (antigo idem)
  • Direito de Amar
  • O Discurso do Rei
  • Um Golpe Perfeito
  • Sem Evidencias
  • Antes de Dormir
  • Magia ao Luar
  • Saga Kingsman
  • O Bebê de Bridget Jones
  • Mamma Mia! La Vamos Nós de Novo.

Ver também[editar]