Clara Morgane

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Morena a toa.jpg
Clara Morgane
Clara Morgane.jpg
Fazendo vários nadas, e com esse corpo nem precisa mesmo
Nascimento 25 de Janeiro de 1981
Bandeira da França França, Marseille
Ocupação Colega de trabalho da mãe e da irmã do Chefe O'Hara
Altura 1,66
Signo Aquário
Cabelo Castanho

Clara Morgane (25 de Janeiro de 1981) é uma consagrada atriz pornô francesa, que, assim como todas as suas compatriotas, apenas conseguiu alcançar o auge porque saiu de seu país de origem e foi buscar por oportunidades em outros países da Europa. Essa atitude é bem compreensível, afinal, se Clara Morgane dependesse do público francês, ia acabar morrendo de fome, visto que os franceses preferem muito mais ficar assistindo os vídeos nada-inspirativos do Alexandre Frota contracenando com o a Roberta Close.

História[editar]

Depois dessa cena, todo mundo, especialmente os onanistas, começaram a sonhar com o dia em que seriam assaltados.

Clara Morgane nasceu em Marselha, cidade francesa que é considerada a capital mundial da viadagem, superando até mesmo Ponta Grossa e Campinas. Durante a infância, assim como todas as garotas de sua idade, Clara Morgane pensava que, quando crescesse, acabaria virando uma freira, visto que os franceses de um modo geral não são muito chegados na fruta. Porém, como não tinha a mínima vocação para a carreira religiosa, Clara Morgane estava pensando seriamente em se tornar uma perfumista de sucesso, visto que essa é uma profissão que rende montanhas de dinheiro, apenas precisando fazer algumas misturas bizarras entre aromas de flores camponesas.

Quando entrou na adolescência, Clara Morgane já possuía os mais diversos conhecimentos sobre os aromas existentes, pois tinha passado toda a sua infância estudando, o que é bem compreensível, visto que ela não podia se distrair com namorados, até porque não existiam homens dispostos à começar um relacionamento em sua cidade. Ao completar os seus 18 ânus, Clara Morgane já tinha como maior sonho entrar na faculdade, para aprimorar completamente os seus talentos com a mistura de aromas diversos. Porém, nesse mesmo ano, Clara Morgane não conseguiu a sua tão sonhada vaga na faculdade, pois tinha sido reprovada no vestibular ai, que burra, dá zero pra ela!. Mas mesmo tendo sido reprovada, Clara Morgane não estava disposta a desistir, e resolveu que iria tentar novamente no ano seguinte.

No ano seguinte, quando completou 19 ânus, Clara Morgane já se sentia completamente pronta para fazer o vestibular e, dessa vez, conseguir a sua vaga com honra ao mérito. Porém, alguns dias antes do esperado vestibular, algumas amigas de Clara Morgane à convidaram para ir em um evento todo especial, que aconteceria em Paris cuja capital é a França. Como estava precisando relaxar e esquecer um pouco os estudos, Clara Morgane aceitou a proposta, e foi assistir o tal evento.

Chegando no evento, Clara Morgane achou tudo bastante estranho, afinalm, existiam alguns estranhos instrumentos fálicos jogados pelos cantos do ambiente, além de algumas pessoas se agarrando sem nenhum pudor. Porém, como já estava ali mesmo, Clara Morgane decidiu aproveitar o passeio mais um pouco. Alguns minutos depois, aconteceu uma coisa bastante inusitada: Em um palco montado bem no centro do local, um raro casal francês heterosexual estava realizando a atividade sexual em frente a todos, mostrando que eram verdadeiros sem vergonhas, sem vergonhassss. Ao observar aquele ato mais do que maravilhoso, Clara Morgane percebeu que iria fazer uma grande besteira se realmente entrasse na faculdade e estudasse sobre florzinhas e seus aromas, pois o que ela queria mesmo fazer era sexo, muito sexo. Ou seja, ela tinha vontade de se tornar uma puta paga.

Carreira[editar]

Antes de mais nada, para conseguir fazer a sua carreira, Clara Morgane teve que sair da França, afinal, lá não existe sequer um homem heterosexualmente disposto à ajudá-la em sua escalada até o sucesso. Então, saindo em uma verdadeira turnê pela Europa, Clara Morgane foi mostrando todos os seus grandiosos talentos pelo mundo, em especial nos países que admiram mais do que tudo as loiras, como a Alemanha, a Noruega e a Dinamarca. Como conseguia combinar um belo rosto com a sua gostosura, Clara Morgane fez bastante sucesso, e, em pouco tempo, já era convidada especial para aparecer em revistas masculinas populares.