Capcom Fighting Evolution

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Virtualgame.jpg Capcom Fighting Evolution é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, o Link está puto porque chamaram ele de Zelda.

Lindomar Turbo.jpg K.O.

Este artigo envolve algo relacionado a brigas. Se você é homem o suficiente para encarar, vá em frente, mas não se esqueça de levar gelo!

Capcom Fighting Evolution
Capcom Fighting Evolution.png

Capa do jogo

Informações
Desenvolvedor Capeta.com
Publicador Capeta.com
Ano 2004
Gênero Porrada
Plataformas Fliperama, PleiSteixon 2, Xcaixa
Avaliação 6/9
Classificação indicativa Qualquer idade

Cquote1.svg Um jogo de crossovers da Capcom sem a Morrigan? Como assim? Cquote2.svg
Gamer punheteiro sobre Capcom Fighting Evolution

Capcom Fighting Evolution ou Capcom Fighting Jam é um mais um jogo de crossovers caça-níqueis da Capcom lançado em 2000 e lá vai Hadouken, só que dessa vez, o crossover é entre suas franquias, o que até parece ser um jogaço, mas na verdade, nem ao menos tem o Ken ou qualquer personagem que sempre aparece nesse tipo de jogo, e pra variar, não passa de uma versão requentada do Capcom Fighting All-Stars (e bota "requentado" nisso!). Por isso, ninguém nunca ouviu falar desse jogo, exceto aqueles gaymers que curtem aqueles jogos desconhecidos que ninguém nunca ouviu falar ou algum moleque que encontrou esse jogo no camelô para jogar no PS2.

Jogabilidade[editar]

O jogo, por increça que parível, não tem um sistema único de luta, ou seja, ele misturou os sistemas de luta de todas as franquias, o que resultou numa mistureba danada e também faz parecer que este videojogo foi feito no Mugen por um cara que nunca jogou jogos de luta na vida e só está pensando em lançar a droga do jogo. Além disso, eles resolveram separar a tela de seleção de personagens de acordo com as franquias dos lutadores, algo que parece ok, se eles não tivessem separado umas três seções só pros personagens de Street Fighter, é claro. De resto, tudo é parecido com Marvel vs. Capcom: escolha dois personagens para lutar e seja o que Deus quiser, muchacho!

História[editar]

Tumbleweed01.gif

Personagens[editar]

Street Fighter[editar]

A fraca tela de seleção de personagens
Até um dinossauro já tentou traçar a Chun-Li!
  • Ryu - Se algum jogo de crossover da Capcom existe, eles já tratam de enfiar o Ryu nele, e aqui não foi diferente.
  • Guile - O criador do Alex Full.
  • M. Bison - O ditador que quer dominar o mundo e nem que tenha que dar voadoras psíquicas para fazer isso.
  • Zangief - O deus das lutas comunistas que só sabe encher os jogadores de pilões giratórios
  • Guy - O "Cara" lá do Final Fight, que aproveitou que apareceu no Street Fighter Alpha pra poder aparecer aqui.
  • Sakura - A guria retardada que quer muito levar Nabunda um Hadouken do Ryu.
  • Karin - A guria retardada patricinha rival da Sakura, que aparece aqui porque a mesma também apareceu.
  • Rose - Uma vidente com o primeiro e único echarpe mais apelão de todos os tempos.
  • Alex - Aquele cara que era o protagonista do Street Fighter III, mas o jogo era tão bosta que o Ryu virou o protagonista, mesmo.
  • Chun-Li - A personagem gostosona que testa as habilidades do jogador de apertar "Start" no momento certo, se é que me entende.
  • Urien - Um cara que só luta de cueca.
  • Yun - Só ele participou do jogo, sem seu irmão, o que deixa suas habilidades de luta um monte de bosta (ou não).

Darkstalkers[editar]

Red Earth[editar]

  • Leo - Um leão maromba que faz o papel do cara que usa espada.
  • Hauzer - O famoso Dinossauro Corno.
  • Hydron - Uma lula toda zoada que saiu de Chernobyl.
  • Kenji - Um ninja que fez pacto com o capeta pra ficar mais apelão.

Personagens originais[editar]

Chefões[editar]

  • Pyron - Um monstro que se originou da famosa Churrasqueira a Controle Remoto.
  • Shin Akuma - A versão mais encapetada do Akuma, que vive mostrando uns kanjis vermelhos quando chuta o traseiro do oponente.

Ver também[editar]