Campeonato Brasileiro de Futebol de 1959

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Bahia comemorando um título que eles nem sabiam ainda que seria o primeiro de um bicampeonato.

A Taça Brasil de 1959 O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1959 foi a primeira edição do Campeonato Brasileiro, e que lástima que não existia ainda videogame, imagina aí o narrador fanho falando: "Futimbol Brasinleinro Cincuentinovin!"

Bem, mas na real esse aí nem era ainda o Campeonato Brasileiro, mas foi a primeira competição nacional de futebol, logo acabou com o passar dos anos e de muitos faxes virando efetivamente a primeira edição, antes mesmo da primeira original. E assim o Macumba Clube Bahia conseguiu seu primeiro título de campeão (bem antes do até então único título deles), ainda que tecnicamente isso tudo não signifique nada.

Como foi organizado o campeonato[editar]

A tacinha era dividida em três fases, só que todas eram de mata-mata. Como pode se ver, eram os campeões dos estaduais de vários estados que disputavam (bem mais justa que quaisquer outras versões). Primeiramente os times eram divididos em quatro grupelhos: Norte, Nordeste, Leste e Sul. Depois, na segunda fase, os vencedores dos dois primeiros grupos se pegavam entre si e os vencedores dos outros dois faziam o mesmo. Por fim, na final, obviamente só quem vencesse como o melhor do norte-nordeste e do sul-leste que iriam definir quem iria poder no ano seguinte fazer uma tour pela América do Sul pra disputar a Taça Libertadores da América.

Participantes dessa pocilga (não se espante com os nomes nem os estados)[editar]

Equipe Cidade Estado Classificação
Analfabetos Futebol Clube Natal link={{{3}}} Rio Grande do Norte RN Campeão potiguar de 1958
Patético Mineiro Belo Horizonte Bandeira de Minas Gerais Minas Gerais MG Campeão mineiro de 1958
Aflético Paranaense Curitiba Bandeira do Paraná Paraná PR Campeão paranaense de 1958
Time do Programa Auto Esporte João Pessoa Bandeira da Paraíba Paraíba PB Campeão paraibano de 1958
Macumba Clube Bahia Salvador Bandeira da Bahia Bahia BA Campeão baiano de 1958
Cearívis Fortaleza Bandeira do Ceará Ceará CE Campeão cearense de 1958
Centro Sportivo Pistoleiros Maceió link={{{3}}} Alagoas AL Campeão alagoano de 1958
Maquinistas EC São Luís Bandeira do Maranhão Maranhão MA Campeão maranhense de 1958
Gaymio Porto Alegre Bandeira do Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul RS Campeão gaúcho de 1958
Hercílio Luz (esse eu nem fiz piada) Tubarão Bandeira de Santa Catarina Santa Catarina SC Campeão catarinense de 1958
Manufatora (nem esse, que porra de nome!) Niterói Bandeira do Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ Campeão fluminense de 1958 (pra você ver a merda que os times de RJ tavam)
Rio Branco que não é do Acre Vitória Bandeira do Espírito Santo Espírito Santo ES Campeão capixaba de 1958
Peixes Fora D'água Santos link={{{3}}} São Paulo SP Campeão paulista de 1958
Cadela de Peruca FC Recife Bandeira de Pernambuco Pernambuco PE Campeão pernambucano de 1958
Tuna Luso (esse o nome é uma piada por si só) Belém Bandeira do Pará Pará PA Campeão paraense de 1958
Vice da Gama Rio de Janeiro Bandeira do Rio de Janeiro Rio de Janeiro DF Campeão carioca de 1958 (nesse tempo tinham dois RJ, então nem se espante)

A trajetória do campeão[editar]

O Bahia começou aplicando duas severas vitórias (uma delas um fodendo 5x0) no CSA. Depois disso foi disputar a liderança do grupo Nordeste com o Ceará, que tinha mandado o ABC voltar a fazer o ABC. Após dois empates, o terceiro jogo terminou num 2x1 sofrido, mas delicioso pro Bahia.

Após isso, foi a vez de definir quem era o melhor do Norte-Nordeste, enfrentando o cuzão do vencedor do grupo Norte, o Sport (que passou a piroca no Auto Esporte e no Tuna Luso). Pra sorte do Bahia, na época o que contava era vencer duas partidas (ou uma em caso de dois empates), já que saldo de gols não valia porra nenhuma, senão eles tavam fodidos, já que o Sport, que perdeu o primeiro jogo por 3 x 2, aplicou um fodendo 6 x 0 no segundo na afamada Ilha do Retiro, onde quem cai pode não voltar mais. Mas como eu disse, na "negra", um 2x0 salvador levou o Bahia pras semifinais, que eram meio que um arranjo safado daquela edição... é, eu não contei naquela outra parte lá das regras, mas o campeão do campeonato carioca e o do campeonato paulista iam pra semifinal direto. Então lá foi o Bahia pegar o Vasco da Gama, que, seguindo sua fama, acabou ficando chupando dedo novamente, após perder o terceiro jogo por 1x0.

Por fim a final foi contra outro usuário de cheat code, o Santos, que esperou o vencedor de Grêmio e Atlético Mineiro só pra arrasar o pobre Grêmio com um desgraçado 4x1. Então a zebrinha tricolor fez umas macumbas fodidas no Santos, vencendo na Vila Belmiro por 3x2 e provando que macumba pode vencer jogo sim. Desesperados, a turma do Santos conseguiu um pai de santo lá, o Seu Sete da Lira, que fez o inacreditável: fez o Santos enfiar 2x0 no antigo Estádio Fonte Nova, para surpresa de todos os macumbeiros baianos.

Então fizeram a maior macumba da história, tão grande que o Santos passou um tempão competindo nuns campeonatos do exterior, e quando voltou pra finalmente jogar o terceiro e último jogo, já no dia 29 de março de 1960, o time santista teve uma surpresinha: a macumba do Bahia foi tamanha que o Pelé, sim, aquele Pelé, ficou lesionado após uma cirurgia para arrancar as amígdalas, e aí quem pintou e bordou foi o Léo Briglia, que fez um dos três tentos do Bahia no rabo do peixe, descontando ele não ter sido convocado para a Copa de 1958 (trocado justamente por um tal de Pelé...) e ele quem viraria o artilheiro daquele ano de 1959. O jogo foi marcado por ter virado uma briga de foice daquelas, com três expulsões pra cada lado a partir do primeiro gol do Bahia, quando os santistas ficaram com o rabo afoguetado e deu no que deu.

Depois disso só em 1987, com a Copa União, o Nordeste ganharia outro título desse tipo ou será que não?

Ver também[editar]

Campeonato Brasileiro de Seleções Estaduais, a primeira tentativa de campeonato nacional, em 1934, e, sim, o Bahia também fez macumba nesse e ganhou.