Bandeira do Kosovo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Kosovo
Bandeira de Kosovo.png

Bandeira do Kosovo é um dos símbolos fictícios da fictícia vila que se acha um país independente. Desde 2008, o Kosovo tenta se desprender da Sérvia criando uma tendência na antiga Iugoslávia de sempre querer arrumar confusão por qualquer coisa. A bandeira, assim como uma longa linhagem de reptilianos movidos a canhões e explosões, é uma das formas mais antigas de criar rebuliço nos balcãs, mesmo que ela seja feita de má vontade.

História[editar]

A bandeira não ter nem 15 anos de existência, o que explica a falta de história dela. No entanto, sua confecção é um tanto curiosa. Depois de sua vitória apelativa apoiada por toda a OTAN, o Kosovo deu uma boa iniciada em sua caçada pela independência, não foi à toa que a primeira bandeira do país estado foi a bandeira da ONU, que por sua vez queira controlar Kosovo dar uma neutralizada nas coisas.

Quem se intrometeu a confeccionar uma bandeira foi a gangue dos kosovares do narigão roxo, um grupo étnico barra pesada que adorava jogar granadas no gramado do vizinho. Até a época, em algum momento infame de 2005, várias bandeiras eram usadas, uns puxa-sacos de outros países, alguns neutros, e é claro outros revolucionários metidos a russos que queriam a adoção de uma nova bandeira para fortalecer esse clubinho.

A atual (e única) bandeira de Kosovo foi adotada em 2008, e foi escolhida a base da porrada a partir de um concurso escolar alguns anos antes.

Significados[editar]

A bandeira em si desperta fome esperança e aos kosovares de ter um país fora das raízes comunistas do século XX.

  • Fundo Azul: Representa o céu e o sonho fracassado do Kosovar de se tornar independente.
  • Seis estrelas brancas: Significam os vizinhos do Kosovo (Albânia, Montenegro, Grécia, Servia e 2 outros que querem se separar da Sérvia), um bando de bocó no mesmo plano para serem mortos a pedrada.
  • O ovo: Cidadão kosovar de pensar, assim como um ovo que parece insignificante, o kosovar é um ser ignorante que não passa de um mulambento.

Evolução da bandeira[editar]