Bandeira de Goiás

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Goyaz
Bandeira de Goiás.png

Cquote1.svg Você quis dizer: Bandeira do Piauí Cquote2.svg
Google sobre Bandeira de Goiás
Cquote1.svg Você quis dizer: Bandeira de Sergipe Cquote2.svg
Google sobre Bandeira de Goiás
Cquote1.svg Você quis dizer: Bandeira do Maranhão verde e amarela Cquote2.svg
Google sobre Bandeira de Goiás
Cquote1.svg Você quis dizer: Bandeira sem originalidade nenhuma Cquote2.svg
Google sobre Bandeira de Goiás

Bandeira de Goiás (bandêra du Goiáiz no dialeto local) é a representante do Kansas brasileiro (o Texas daqui é o Mato Grosso, sorry goianos) no panteão de flâmulas sem relevância na vexilologia que são as bandeiras sub-nacionais brasileiras. Se bem que "representar" é forçar a barra, pois esse pendão em nada remete ao estado que a mesma diz simbolizar, sendo uma coleção genérica de listras, estrelas e cores que poderia se associar ao tudo e ao nada ao mesmo tempo.

História[editar]

Símbolo oficial do agro é tech, agro é pop, agro é tudo, a bandeira du Goyaz foi instituída por lei em 1919 pelo governador Ronaldo Cagado, nessa época já dono e proprietário absoluto das roças goianas e criada pelo dizainer Joaquim Bonifácio de Siqueira (naquela época 99% dos goianos se chamava Bonifácio, Joaquim ou alguma combinação dos dois). Composta por oito listras horizontais alternadas nas cores verde e amarelo, não por esse formato e elementos terem qualquer significância para o cidadão goiano, mas sim pois a moda da época era copiar a bandeira dos Estados Unidos em todos, se duvida é só ver a nossa primeira bandeira republicana.

Nessa onda de pagação de pau internacional, meteram ali no quadradinho no canto da bandeira algumas estrelas, claro que não 50 igual os gringos, mas sim cinco. Teoricamente essas figuras clip-art simbolizariam o Cruzeiro do Sul, mas pelo visto tiveram que distorcer bastante essa constelação pra caber ali. Mais provável que representem na verdade o complexo de motéis 5 estrelas (e outros com bem menos delas) situados ali na BR-153 a caminho de Goiânia, sem dúvida a maior atração do estado para o caminhoneiro que passa pelas rodovias da Região Centro-Oeste.

Nos anos 90, após muitos debates, o eterno governador Conin, o Brabo aprovou a ideia de trocar as estrelas pelo logo do Zezé Di Camargo & Luciano, maiores representantes do estado na esfera nacional. Uma justa homenagem e agradecimento e até uma divulgação, para dar uma moralzinha a mais pros caras.

Significados[editar]

  • Verde - Simboliza as plantações de soja a perder de vista, todas destinadas a exportar pro gado chinês comer.
  • Amarelo - Simboliza o mijo encontrado com abundância nas atrações turísticas fake desse estado sem praia, o Rio Araguaia e os resorts de Caldas Novas e Rio Quente.
  • Azul - Simboliza o céu cada vez mais poluído de Goiânia, culpa da população que não para de comprar carro e gerar engarrafamentos.
  • Branco - Simboliza o pó de crê, facilmente acessível nas boates e festas cheias de agroboys do estado.