Baby boomer

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Abe simpson.png ESTE ARTIGO É COISA DE VELHINHO RECLAMÃO...

... que ficou fulo da vida porque o bingo fechou de novo.

Cquote1.svg Vai estragar a página da senhora sua avó e não encha meu saco! Cquote2.svg


Baby boomer ou somente boomer são os denominados animais da subespécie homo sapiens sapiens (talvez de tão velho nem isso) que nasceram na época compreendida entre 1000000 a.C. e 10000 a.C, quando a humanidade ainda caçava mamutes. De um modo geral, são um bando de velhotes reclamões, que não tem um pingo de senso de humor, ou se tem encalhou na época quando A Praça É Nossa era engraçada, não sabem mexer em nenhuma tecnologia moderna, às vezes nem respirar com os pulmões do homo sapiens moderno, além de serem majoritariamente conservadores, bolsominions ou petistas, crentes do cu quente e ainda terem instalado no celular aplicativos como Facebook...

Biografias da maioria de seus representantes[editar]

Humor & Piadas, vamos rir pessoal, vamos rir...
Cquote1.svg Ao acordar lembre-se sempre que o dia mais importante da sua vida é aquele que está começando. Bom dia! Cquote2.svg

Os boomers são oriundos duma época sombria, marcada pela selvageria e sem nenhum tipo de leis ou ética. Muitos morreram no meio do caminho empalados pelo orifício anal por um chifre de mamute, ou um avô de um jogador de Free Fire, ou ainda um corno chifrado pela esposa com um T-Rex, enquanto botava o cu pra fora no intuito de cagar pensando que se tratava de um arbusto diferenciado. Outros morreram nos conflitos em meio a Guerra Fria, enquanto a maioria do que restou bateu as botas pro coronavírus. Contudo, os que sobreviveram, puderam se acasalar com orangotangos, que evoluíram para os homo sapiens atuais...

Os que restaram conseguiram prosseguir bem de vida na maioria das situações. Vale lembrar que, por mais que eles tenham nascido quando os continentes ainda não eram formados (alguns especialistas afirmam que fora na Gonduana onde a maioria deles nasceram), ainda assim a existência dos países afeta deveras os boomers, já que alguns países como a Somália não devem ter sequer descoberto a roda, enquanto que no Japão o pessoal já voa de espaço-nave controlada por hentai girls robôs... Ou seja, de modo geral os boomers conseguiram se sair bem, porém não em todos os casos já que alguns moram até hoje em locais onde a possibilidade de vida é contestada...

E o modo de como eles se saíram bem todos sabem: se era homem caçava tigre dentes de sabre, depois começaram a criar meios de produção burgueses e for fim partiram em direção a fábricas e indústrias com modo de trabalho insalubre e cansativo. Já as mulheres sapiens boomers ficavam em casa e cuidavam dos trezentos filhos, cozinhava, lavava os pratos e só... Com o tempo eles finalmente começaram a envelhecer e mofar, se tornando o que conhecemos hoje como as tias do Zap/velhotas fofoqueiras e aqueles tiozões que passam o dia no boteco na beira da estrada mais pobreta do que o Sudeste Asiático todo... Hoje em dia, com o advento das tecnologias dos meios de comunicação, muitos passaram e ficar o dia todo na frente da televisão de tubo quadradona e compartilhar correntes enfadonhas no Zap Zap e rir de memes dos Minions do Facebook, enquanto deveria estar chorando...

Principais características[editar]

Uma das características mais presentes nos boomers são a sua criticidade para com os jovens da atualidade, sempre reclamando de como eles vivem, onde habitam, o que comem e como se reproduzem, ou seja, reclamam de suas existências lazarentas. As suas principais fontes de reclamações são o fato de muitos pintarem seus respectivos pelos que crescem no couro cabeludo com cores Felipe Netantes, escutarem músicas contendo putaria, assistirem a BBB, youtubers e perdem seu tempo jogando Fortnite ou no TikTok, além de pisarem na grama do quintal da casa deles...

Outra característica marcante é o linguajar que eles usam para escancarar toda esse desprezo pelos jovens, que na maioria das vezes vem carregados com termos como: "canalhas", "mimimi", "emaconhados", "esquerdistas (se bolsominion), "Nutella" e "pirralhos", além de uma série de outros termos que nem fazem mais sentido hoje em dia, como "uga buga", quando os boomers forem mais antigos do que parecem ser...

É óbvio que foi citada até o presente momento as características de um boomer de direita, até porque segundo o Instituto Parisiense de Pesquisas Boomers (PAUNOCUDEQUEMLEU), 90% dos boomers são de direita, mas, como é possível perceber, nem todos são. Nesse caso, os de esquerda são majoritariamente esquerdinha caviar/comunista de Iphone, e portanto, agem da mesma maneira, reclamando de qualquer merda e, principalmente, da juventude, mas não ela por um todo, e sim dos funkeiros, adolescentes filhinhos de papai e drogados, já que destas classes ninguém gosta deles. Já o vocabulário é quase igual, só que com termos como "miliciano", "playboy", "canalha" (só velho usa esse termo) e "genocidas"...

Análise psicológica dos véios[editar]

Provável mensagem que você pode ser agraciado caso tenha um boomer entre os contatos do Zap...

Os boomers já foram alvo de diversas indagações filosóficas e psicanalistas em diversos momentos do decorrer da existência humana... Segundo o filósofo existencialista Jean-Paul Sartre, o espírito de vida boomer não se limita apenas ao véio enrugado e semi-cego do seu avô, e sim aos seus descendentes caso a sua aura que é emanada do boomer seja deveras fortes. O que o Sartre estava querendo dizer, numa linguagem mais coloquial é: <table class="plainlinks" width="100%" border="0" style="font-spacing:1pt; font-size:90%; margin:0px; padding:0px; spacing:0px; background: #EFF4FB; border-color: #aaaaaa; border-style: solid; border-width: 0;" cellpadding="0" cellspacing="0">''...

Na visão psicanalista de Slavoj Žižek, publicada no seu livro best-seller de 2010 "Não Sei O Que Por Na Porra Do Título", ele afirma que os boomers são um produto da ação das neuroses do passado sombrio em que eles viveram, sem xvideos pra bater punheta/siririca ou Desciclopédia para fazer as pessoas rirem (e depois chorarem por se arrepender de não terem feito algo de melhor), tornando-os justamente o que conhecemos: múmias emputecidas com tudo e todos, que vivem na frente da televisão vendo fofocas de sub-celebridades e xingando jovens de cabelo colorido no Facebook e Twitter...

Já no âmbito da sociologia, os boomers são o fruto de uma sociedade que antes fora patriarcal, opressora, capitalista, machista, racista, homofóbica e todo aquele blá blá blá e conjunto de palavras com sufixo ista clichês que todo mundo já tá acostumado em ler e só vê graça quem é na verdade cego ou assistia os filmes do Adam Sandler e dava risada... Dessa forma, eles denotam todos os preconceitos, conceitos e pósconceitos suficientes para um indivíduo ser cancelado nas redes sociais, perder sua vaga na Rede Globo e depredarem sua moradia. Contudo, mesmo ninguém gostando de fato deles, esses fósseis continuam sobrevivendo em estado de conservação graças ao Facebook, pois sem eles já estaria na calçada pedindo esmola, ou sendo comprado pela Disney...

Cultura[editar]

Só boomer ri, ou perde tempo, com isso...

Os boomers contam com um estilo de vida que difere dos demais estilos de vida que é comum nos depararmos por ai, a não ser que você mesmo seja um boomer, ou trabalhe num asilo, o que deve ser deveras triste, e aqui deposito meus pêsames por encarar diariamente isso... A cultura dos boomers é marcada por uma ociosidade tão grande quanto as tetas da Hitomi Tanaka (tente não perder o foco do humor quando for ver as imagens do artigo, se clicar no link), onde baseia-se principalmente em assistir SBT ou as novelas da Record e da Rede Globo, fofocar no Zap Zap e as pracinhas dos asilos e das cidadezinhas pequenas brasileiras e gringas, além de, enquanto isso tudo, reclamam dos jovens e do PT (caso seja de direita) ou do Bolsonaro (caso seja de esquerda)... No geral é um estilo de vida que te faz questionar do porquê trabalharmos tanto para acabarmos desse jeito...

Humor de ZAP[editar]

Os boomers são conhecidos por todos os meios de comunicações possíveis, desde as redes antissociais até os berrantes para chamar gados e de vez em quando ocasionalmente um eleitor do Bolsomito, por terem um humor deveras refinado, com direito a toda forma, meio e possibilidade de montagens toscas, humor ultrapassado e questionável e ilustrações fotografadas antes da invenção da fotografia, de tão antigas, além de correntes no Zip Zop que ninguém mais perde tempo lendo, além dos boomers, vídeos enfadonhos e visivelmente do tipo Vídeo-Cacetadas do Domingão do Faustão...

No geral ele vem em três formas: em memes do tipo imagem, de forma escrita ou em vídeos, sendo que 60% do humor boomer é proveniente do Zap Zap, 30% vêm do Facebook e resto vêm ou de algum programa de stand-up antigão na TV ou vêm de algum humorista do Pânico na Band ou A Praça É Nossa, Casseta & Planeta, Zorra Total ou qualquer programa de humor brasileiro antiquado, que no geral é uma merda. Nos memes de imagem, em quase 100% dos casos é algum tipo de montagem/edição totalmente tosca e ridícula, que já tira a graça de tão ruim que foi feita, sendo que poderia ser o texto mais bem escrito e humorado do mundo, mas de tão ruim que é a edição que só resta a opção de você querer cortar os pulsos enquanto lê, se é que alguém lê os memes da terceira idade...

Já nos textos, é no geral proveniente de correntes de WhatsApp, e com um humor tão velho que chega você tosse com o mofo proveniente dele, lotado de emojis e que conta geralmente diálogos engraçadões entre marido e mulher, que são quase sempre burros, feios e pobres... Já os vídeos de humor boomer é quase sempre a mesma merda quando você procura no Google por "vídeos engraçados", que no geral não têm um pingo de graça, são super genéricos e forçados, geralmente com pobres/crianças/animais fazendo merda, ou seja, basicamente o conteúdo da SAM, só que com termos boomers...

O humor é então apenas piadas requentadas das mais velhas, relacionadas a odiar a sogra, amar cachaça, odiar o trabalho, odiar a esposa, amar cachaça, odiar segunda-feira, odiar lavar-roupa, odiar parentes, amar cachaça e odiar mesmo a sogra. Também entram na cota memes de chimpanzé, travestis, muita chatice, futebol (são-paulino de calcinha, por exemplo), aquela do papagaio, pedreiro comendo uma tonelada de arroz, gente feia, cachaça, Lula ser cachaceiro...enfim, caso acompanhe seu grupo da família, procure um psicólogo com urgência.

Música e entretenimento[editar]

O cérebro de um idoso boomer é deveras atrofiado pelo tempo, com uma queda gradativa na mielinização dos neurônios, e, com isso, acabam se limitando a apenas algumas poucas coisas como entretenimento que um aposentado tem de sobra. O mais óbvio dele é ficar com a bunda grudada no sofá o dia todo assistindo televisão, até às setes horas da noite, horário em que geralmente os asilos perdem a paciência de cuidar dos véios e botam eles pra dormir... No geral os programas que eles assistem na TV pode ser qualquer um que eles ainda consigam processar racionalmente, ou seja, novelas bíblicas e tediosas da Record, ou as mesmices das novelas da Rede Globo, e que são o prato principal das tias do Zap, que amam uma fofoca, e é basicamente isso a trama de toda e qualquer novela da #GloboLixo, como é conhecida por alguns boomers no Twitter...

Se não a televisão, muitos preferem ir fazer as compras numa feira próxima de casa, andar de ônibus e torcer para não ser assaltados, ou ficar sentado num banco duro que só um caralho numa pracinha qualquer de uma cidadezinha qualquer, e também torcer para não serem assaltados. Já a música que muitos boomers ouvem, entre os que ainda ouvem, é claro, limita-se a Roberto Carlos, sambas dos anos 30, Roberto, umas bandas pré-históricas de rock nacional, Carlos, qualquer música brega que nem gênero musical tem já que ninguém têm paciência pra ouvi-la até o fim de tão ruim, e o hino do Brasil e dos Estados Unidos, já que alguns se consideram patriotas... Também podemos citar nomes como qualquer convidado pelo Chacrinha, Caetano Veloso, Chico Buarque e Gilberto Gil quando for um boomer comunista e petista, e compositores clássicos quando for de alta patente entre os bolsominions boomers...

Neoboomerismo[editar]

Humor boomer de Facebook para mães entre 45-59 anos de idade...

É mais que óbvio e previsível que os boomers não se limitam a apenas aos idosos e demais velharias, e sim a qualquer um que aja igual a um véio reclamão. É daí que surgem os neoboomers, uma escola filosófica fundada por qualquer jovem que ainda arrisque perder tempo no Facebook, qualquer bolsominion, qualquer um que use Facebook (sim, Caralivro é uma praga boomer) e as mães de 40-50 que são jovens demais para serem chamadas de idosas e dão risada de memes com os Minions ou perfis do tipo "Rapunzel sincera", "Chaves Bolado" ou termos do tipo que também assolam o Instagram, para a infelicidade de muitos, e para a graça dessas pragas, além de deveras outras pessoas, como muitos pobres que cada dia vem se tornando neoboomers, ou qualquer um que ainda ria do humor da época 2000-2010, ou seja, a Desciclopédia também pode-se se encaixar em diversos artigos citando a Dercy Gonçalves e o Chuck Norris...

As únicas grandes diferenças são que, além deles não falarem mal de juventude por um todo, e sim apenas os esquerdistas que pintam o cabelo com cores coloridas e se ofendem com qualquer coisa na ditadura do politicamente correto, além de serem os verdadeiros fascistas, eles também tem um humor próprio, que pode ser resumido em apenas três palavras: South America Memes, que trazem memes antigões como o Galo Cego, o Morre Deabo e Jeremias, ou ainda mais antigos como o Troll face e companhia que ninguém conhece ou ri mais disso, só os universitários que falam top, que gostam de ser o centro das atenções, então decerto irão dar uma gargalhada forçada pros memes e dizer que nostálgico, o que de fato é, mas engraçado não, no máximo restando apenas 10% da graça original...

Ver também[editar]