Avião

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Aviões)
Ir para navegação Ir para pesquisar
Boieng da Trans Brasil indo pro brejo.jpg Olha o(a) Avião vindo!
Olha o(a) Avião indo!

Este artigo fala sobre coisas que avuam pro alto.
Clique aqui pra ver quem mais vai pelos ares. Literalmente.

Twister cópia.jpg Este artigo pertence à atmosfera!

Se você poluir este artigo, vai morrer sufocado pelo efeito estufa, então tome cuidado com vacas voadoras, fuja do Sharknado e não lute contra Temari!

Discionario em png.PNG O Descionário possui um verbete sobre Avião


Um avião

Cquote1.svg Desastre? Cquote2.svg
Google sobre Avião
Cquote1.svg VAI FICAR TODO MUNDO QUETINHO AI! NÃO VAI SUBIR NINGUÉM!! NÂO VAI SUBIR NINGUÉM! Cquote2.svg
Capitão Nascimento sobre Avião

Cquote1.svg Eu acho que vou morreeeeeerrr!! Cquote2.svg
Tiririca ao embarcar num avião
Cquote1.svg Não, eu estou sentindo falta de terra. Cquote2.svg
Milton Campos ao passar mal no avião e a aeromoça perguntar-lhe se estava sentindo falta de ar
Cquote1.svg Avião: é mais pesado do que o ar, tem motor a explosão e foi inventado por um brasileiro. Não pode funcionar. Cquote2.svg
Vinicius de Moraes sobre Avião
Cquote1.svg Somos líder neste segmento. Cquote2.svg
Boeing sobre Avião
Cquote1.svg Vocês nos fazem rir. Cquote2.svg
Airbus sobre Afirmação acima.
Cquote1.svg Nós fazemos os mais vagabundos! Cquote2.svg
Embraer sobre Avião
Cquote1.svg Vocês é que pensam! Cquote2.svg
Tupolev sobre Embraer
Cquote1.svg Relaxa e goza! Cquote2.svg
Marta Suplicy sobre aviões brasileiros
Cquote1.svg Os aviões americanos e brasileiros são os únicos do mundo que tem orgulho de levar seus passageiros na porta de suas casas e do seu trabalho Cquote2.svg
Lula e Bush falando sobre a aeronática de suas nações
Cquote1.svg Porra mãe, caralho pai! Cêis bem que podiam ter caprichado um pouco mais em mim! Cquote2.svg
Avoado reprovado no exame médico pra brevê, descontando a raiva nos "responsáveis"
Cquote1.svg Minhas aviões zer as melhores da mundo! Cquote2.svg
Presidente da Turkish Airlines sobre avião

Nossa viagem globalizante ao redor do mundo só foi possível graças ao patrocínio da Varig, a nossa Varig, que está fazendo qualquer coisa para sair do buraco.

O avião é um pássaro barulhento criado para matar muitas pessoas. Foi inventado pelos irmãos Wright por Alberto Santos-Dumont quando queria impressionar a sua paquera Dercy Gonçalves. Tal projeto de caralho flutuante foi financiado por ninguém mais, ninguém menos que o multitrilhardário Silvio Santos. Ao contrário dos terroristas, ele só queria desenvolver um meio fácil e econômico de distribuir suas notas de cem reais. Estima-se que milhões de notas foram perdidas, e suas mães exigem saber o que aconteceu com as mesmas. Devido ao desgaste com a opinião pública, Sílvio desistiu do projeto.

Como um avião voa[editar]

Os aviões voam por causa das asas, elas são estruturas especiais que deixam o vento passar por elas, e, assim, ganhando propulsão, estabilidade e beleza. Com a mudança da forma, consequentemente, de sua área, as asas conseguem controlar a velocidade e força de ascensão, permitindo a realização de manobras arriscadas, mudanças de direção bruscas, aterrissagens violentas, e decolagens malucas da Esquadrilha da Fumaça.

O Einstein, quando trabalhava na NASA projetando aviões espaciais para usar nos seus filmes de ficção científica, determinou que asas longas e arredondadas fazem os aviões voar por um longo período, já se elas forem longas e curvas com extremidades pontiagudas farão o avião voar em alta velocidade, por fim concluiu que para voar a asa do avião é empurrada para cima, e chamou isso de fenômeno de sustentação, já para descer, a asa faz o contrário.

Por que alguns aviões têm as pontas das asas curvadas?

A NASA estudando o voo dos albatrozes e das fragatas das Ilhas Galápagos, descobriu que esses pássaros não dormem nunca, mesmo que voem por meses a fio, e quis fazer o mesmo, assim, introduziu dobras nas pontas das asas dos aviões, embora essas aves não as tenham, e as chamou de winglet.

Posteriormente, estudando as winglets, ou, os winglets, não sei, estou em dúvida, vou chamar de 'você sabe o que', então... a NASA estudando você sabe o que, descobriu que devido ao fenômeno de sustentação, inventado pelo Einstein, é criado um vórtice nas pontas das asas causado pelo você sabe o que, que se transforma em barulho e trepidações que são transferidas para os passageiros dentro do avião, mas isso economiza combustível por algum processo misterioso.

As companhias aéreas gostaram da ideia da economia e os passageiros que fodam os ouvidos, mas para evitar que eles reclamassem que não podem dormir porque a asa do avião está roncando alto demais, inventaram de distribuir apenas água de torneira engarrafada junto com amendoins mofados como refeições aos passageiros ao invés das excelentes refeições que antigamente serviam, assim, os passageiros putos por terem pago uma passagem cara, terem se levantado de madrugada, feito check in pelo telefone celular com a internet caindo, terem passado horas em pé no aeroporto em uma fila única de embarque caótica com o calo doendo e o ar condicionado desligado para economizarem energia elétrica e o baiano da frente peidando a feijoada que comeu de madrugada, no embarque da mala terem pago um valor absurdo de despacho porque ela passou 2 nanogramas a mais do que a franquia, terem o raio-X da inspeção de bagagem de mão implicado com a lixinha de unhas maravilhosa dada pela amiga que mora na Suíça e que nunca mais voltou ao Brasil, terem saído correndo para não perder o lugar no porta malas do avião, aí quando o avião decola atrasado e vem o lanchinho vagabundo, ninguém nem lembra de reclamar do ronco da asa que não deixa os passageiros nem ouvir os próprios pensamentos.

História[editar]

14 Bis, o primeiro avião do mundo! Pode contar!
Pesquisadores indicam que esta é a melhor posição para se viajar num avião. Aprecie que vista!
Um avião teco-teco.

Mas, conforme falamos, o Silvio desistiu do projeto, e com isso Santos Dumont ficou desempregado, mas um fato novo iria trazer novamente o gênio a ativa (ele comprava crack com o dinheiro que ganhava). Tudo começou na Guerra Civil Americana, quando tropas Confederadas contrataram o jovem inventor Brasileiro para... bem... inventar alguma coisa. Ou melhor, alguma coisa que voasse e matasse aqueles malditos Yankees!. Inspirado por filmes do James Bond, do Chuck Norris e do Paulo César Peréio, Santos-Dumont resolveu voltar ao seu antigo projeto e inventar uma arma mortífera que voasse. Como todos os seus antigos projetos haviam se perdido, acabou criando o pinguim.

Depois do fracasso do Projeto Pinguim, o governo Confederado acabou demitindo Santos-Dumont, que novamente desempregado, resolveu se exilar na França. Entretanto, ele não desistiu de perseguir seu sonho...

Seu sonho de criar uma máquina voadora agora matadora de gente, já que havia percebido que ela não servia para a paz. Depois de muitos e muitos anos, acabou criando o primeiro avião, que chamou de 14-Bis. Visando demonstrar ao mundo sua criação, deu uma risada diabólica e partiu para Nova York, onde planejava jogar seu avião contra o Empire State Building.

Devido ao excesso de bagagem porque amigos pediram que ele trouxesse presentinhos de Paris, o 14-Bis entrou em estol ao contornar a Torre Eiffel, e entrou em mergulho de bico. Milagrosamente (não seria "miraculosamente"? hmmm...), Santos-Dumont sobreviveu à queda, mas seu avião não teve a mesma sorte. Desiludido, abandonou as invenções, foi na padaria comprar cigarro e nunca mais voltou. Quando descobriu que os dirigíveis estavam se tornando armas de destruição em massa mais eficientes que o seu avião (vide o desastre do dirigível Hindenburg), ficou ainda mais depressivo e se jogou nas drogas. Morreu em 1942, devido a uma overdose de gatinhos.

Depois de Santos-Dumont, o uso do avião só seria retomado em 11 de Setembro de 2001. Mas aí todos já sabem a história...

Biologia[editar]

Aviões também gostam de brincar de médico.
Um pouso bem sucedido.

O primeiro aeroplano (pinguim voador no hebráico antigo) nasceu em 1906, depois de uma gravidez complicada com eclâmpsia e de um parto extremamente difícil. A história começou quando o caralho-de-asa do dirigível n° 14 engravidou a biscicleta de Santos Dumont, após duas transas complicadas, o inominável resultado genético deu-se (olha o trocadilho) em uma criatura provida de asas. À primeira vista, muito esquisita, que foi batizada de 14-bis.

O primeiro aeroplano tinha o defeito de voar apenas de marcha ré. Com a evolução da engenharia genética e a inseminação artificial, foi possível criar novos aeródinos, mais evoluídos. Os seus primos ultraleves, helicópteros, planadores, aviões, foguetes e Clóvis Bornay. O termo aeroplano, usado comumente no italiano e no inglês (airplane), foi substituído por avião (do fr. avión que significa ave grandón), embora avião também significa gostosa (em geral mulher de bunda e/ou peitos grandes como a Carmen Electra) e também entregador de droga.

Batida de um avião no monte everest na rota Austrália- Escócia. (Este voo havia sido feito em comemoração ao Dia do Orgulho Hentai.)

Aviação Comercial[editar]

Após a destruição de vários prédios ao redor do mundo, um empreendedor gaúcho chamado Rubem Berta, vendo que a arma acabava vitimando apenas as pessoas que estavam no chão e em prédio, resolveu colocar assentos em seus aviões e matar assim mais pessoas. Com esse plano foi criada a Varig que inspirou muitas outras companhias que tinham o mesmo objetivo.

Lições de voo[editar]

Mais um bom pouso executado por Jonh Mirolha.
Aprendendo a acalmar os passageiros: Cquote1.svg Atenção! Aqui é o comandante. Favor não olhar a direita. Hoje é um excelente dia para voar! Cquote2.svg
Avião em treinamento. O maior ensina o menor.

Fácil, fácil.

É muito fácil virar um piloto. Você só tem que se lembrar dessas regrinhas aqui:

  1. Decolar é opcional. Fazer o pouso de emergência na estrada é obrigatório.
  2. Se você empurra o manche pra frente, as casas aumentam de tamanho. Se você puxa ele pra trás, as casas diminuem. A menos que você puxe demais, nesse caso as casas vão ficar grandes de novo.
  3. Voar não é perigoso. Cair é.
  4. É muito melhor estar aqui embaixo desejando estar lá em cima, do que estar lá em cima desejando estar aqui embaixo.
  5. Você só tem combustível em excesso quando o avião pega fogo.
  6. A hélice é só um ventilador, que fica lá na frente pra manter o piloto frio. Tanto é que, quando ela para de girar, o piloto começa a suar.
  7. Se você estiver em dúvida, mantenha a altitude. Ninguém nunca colidiu com o céu (a não ser que você esteja voando no Battlefield 2).
  8. Um bom pouso (foto) é aquele do qual você consegue sair andando. Um excelente pouso é aquele depois do qual o avião ainda presta pra voar de novo.
  9. Aprenda com os erros dos outros. Você não vai viver o suficiente pra cometer todos eles você mesmo.
  10. Você vai saber que esqueceu de baixar as rodinhas pra pousar se precisar aplicar potência máxima pra taxiar.
  11. Fique longe as nuvens! Aquela linha brilhante que todos estão comentando pode ser um outro avião vindo na sua direção.Fontes confiáveis nos dão conta de que montanhas também já foram flagradas se escondendo nas nuvens.
  12. Sempre tente manter o número de pousos que você faz igual ao número de decolagens que você fez.
  13. Existem três regrinhas simples para se fazer um bom pouso. Infelizmente, o único que as conhecia morreu antes contá-las pra alguém.
  14. O piloto automático SEMPRE será seu melhor amigo. Não traia ele, ou ele vai te foder.
  15. Na grande batalha entre objetos de alumínio voando a centenas de quilômetros por hora e o chão a zero quilômetros por hora, o chão costuma ganhar.
  16. Boas decisões vêm da experiência. E a experiência costuma vir das más decisões.
  17. Não pare de olhar em volta. Sempre haverá algo que você esqueceu.
  18. Não se aproxime das extremidades do ar. Elas podem ser identificadas pela presença de chão, prédios, mar, árvores e espaço interestelar. É meio difícil voar por aí.
  19. O meio mais rápido de se fazer uma pequena fortuna com aviação, é começar uma companhia aérea com uma grande fortuna.

Outras Utilidades[editar]

um tipo de pouso de Emergência que caiu no brejo

Aviões não servem apenas para voar, como você provavelmente deve pensar. Pra falar a verdade, eles tem mil e uma utilidades, por exemplo:

  1. Ser transformados em casas.
  2. Demolir outras construções (Ver também: 11 de setembro).
  3. Pescar passarinhos. Ora, não existem barcos que pescam peixes?
  4. Coletar poeira em museus.
  5. Ser jogados sobre porta-aviões (Ver também: Kamikaze).
  6. Ser reciclados e transformados em latas de Coca-Cola.
  7. Como palitos de dente de gigantes.

Aprenda a fazer um avião de mosca[editar]

Moscaaviao.JPG
Fly-powered-plane-instructions-model-airplane1.jpg

Cquote1.svg Puxa, que avião revolucionário! Comprarei alguns para minha companhia aérea Cquote2.svg
Rubem Berta sobre avião de mosca

Cquote1.svg Agora poderemos modernizar a F.A.B, companheiros e companheiras Cquote2.svg
Presidente Lula sobre avião de mosca

Ver também[editar]