Anti-Nowhere League

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Dalto.jpg Este artigo é coisa de artista de um hit só!

Se você conhece outra música desse artista, você deve ser um fã muito doente ou alguém da família dele. Para melhorar este artigo, tem que ter disposição.

Conheça outros esquecidos aqui.

Liga Anti-Música Boa
BestOfANL.jpg
As Melhores de Anti-Nowhere League, a primeira coletânea do mundo a ser lançada com 0 músicas
Origem Nos arredores de Londrina
País Bandeira do Reino Unido Reino Unido
Período 1980 - 1989, 1992 - atualidade que merda....
Gênero(s) Punk de rua e biker metal (hã??)
Gravadora(s) Nokia 3310
Integrante(s) Chris, Bones, Animal, Magoo
Ex-integrante(s) Ninguém liga
Site oficial Muito caretas pra usar internet


Cquote1.svg Você quis dizer: So What Cquote2.svg
Google sobre Anti-Nowhere League
Cquote1.svg So what? SO WHAT?? Cquote2.svg
Anti-Nowhere League sobre o fato de que ninguém mais liga pra eles

Anti-Nowhere League, que traduzido ficaria... Liga Anti-Lugar Nenhum (não entendi...) é um one-hit wonder do punk. Sim, isso mesmo que você ouviu. Imagina o nível de fracasso...

É também um imponente membro do Clube de Bandas Reabilitadas pelo Metallica, devido ao cover do único hit deles, gravado no Garage Inc. ser a maior fonte de renda até hoje desses perebas sem-vergonha.

História[editar]

Pôster de algum documentário da Anti-Nowhere League (quem foi o desocupado???). Pra quem não notou, o "UK's most notorious punk band" é sarcasmo.

Não se tem ideia de como começou a Anti-Nowhere League, como os ilustres integrantes se encontraram ou algo assim. Nem mesmo a nossa sátira autorizada sabe: a anglófona já pula pro dia do primeiro show, e na lusófona, MWAHAHAHAHAHA!, o artigo tem duas linhas. Pois bem, sabe-se que o primeiro show foi em 1980, e de alguma forma a banda conseguiu se enfiar nas turnês dos mais importantes nomes Discharge e The Damned. Como o punk já era moda e as gravadoras tavam contratando tudo que era banda daquela curtição nova dos jovens, a Anti-Nowhere League assinou contrato com a WXYZ Records, não é piada esse nome.

Através dessa gravadora importante e imponente a ANL lançou o vinil, hoje mais útil como frisbee, We Are...The League. Onde pra compensar a falta de criatividade e habilidade instrumentícia, o grupo se destacou com algumas das letras mais boca-sujas e sem vergonhas de toda Inglaterra, gerando uma baita polêmica que durou... 3 meses, quando todo mundo já tinha ouvido o álbum e enjoado da premissa dos caras, e assim a banda escorregou direto para a seção "que fim levou?" do punk britânico...

...Até 1998, ano em que o Brasil levou fumo da França na Copa, e como desgraça pouca é bobagem, o Metallica resolveu lançar um disco duplo de covers, pra ganhar algum dindin na entressafra criativa pela qual eles tavam passando (que pensando bem, tá durando até hoje...). E quem saiu ganhando também foi a Anti-Nowhere League, cuja musiquinha So What tava lá no meio. O Metallica cantou essa ao vivo algumas vezes, a ANL foi chamada pra abrir alguns shows, e com isso os caras tão felizes até hoje, pagando as doses de pinga até hoje com o jabá dessa música.

Sucessos[editar]

ANL ao vivo, mais me parece um Motörhead ou ZZ Top de quinta.

Segue abaixo os maiores sucessos da Anti-Nowhere League (se bem que sendo só um, claro que é o maior):

I've fucked the Queen, I've fucked Bach
I've even sucked an old man's cock
So what? So what?
And I've fucked a sheep, I've fucked a goat
I rammed my cock right down its throat
So what? So what?
So what, so what, you boring little fuck
Well, who cares, who cares what you do?
Yeah, who cares, who cares about you, you, you, you, you?

Taí, resumi toda a carreira da Anti-Nowhere League. Ruim, né?! Pois não reclame, se não fosse por essa música eu nem conheceria essa banda e esse artigo nem existiria!!

So FUCKING what?!