Anna Bell Peaks

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Japonesa fazendo nada.jpg
Annabelle Picas
Annapeaks.jpg
Dando as costas pra você
Nascimento 26 de Julho de 1981
Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
Ocupação Camgirl puta paga, com o perdão pelo pleonasmo
Altura 1,68
Signo Leão
Cabelo Cagado

Anna Bell Peaks (26 de Julho de 1981) é mais uma daquelas camgirls putas que fazem dinheiro em cima dos nerds punheteiros, mostrando as tetas e fingindo que estão jogando alguma coisa.

Após muitos anos garimpando a mesada dos tetudos, Peaks assumiu-se puta, e entrou para a indústria pornô, mostrando de graça para nós o que nego já pagou mais de cinco mil pra ver.

Biografia[editar]

No exército, quando a função dela era dar aquela lustrada no fuzil do comandante.

Nasceu na Califórnia, nos EUA, filha de um daqueles casais que fazem Facebook conjunto, com influências como esta, boa coisa ela não poderia ser.

Na infância, era aquela gordinha estranha que fica o dia inteiro comendo batata frita e jogando RPG no Super Nintendo, e por isso era zoada pelos moleques da escola, chamada de apelidos como "Bocão da Royal".

Na adolescência, não querendo mais ser aquela mesma mal-comida, mas ainda assim querendo manter suas raízes nerdísticas, Peaks entrou para a academia, treinando glúteos todos os dias por duas horas, isso durante uns cinco anos. Os treinos deram resultado, e como deram, de gordinha esquisita, ela passou a ser aquela gostosa de bunda empinada e seios durinhos que todo mundo quer comer. Aproveitando isto, ela usou seu corpo bom, seu cabelo cagado multicolorido e suas tatuagens de pênis para atrair a atenção de nerds punheteiros, para limpar a carteira deles.

Após alguns anos só nisso, apenas mostrando o cu após receber "doações" de pelo menos dois mil dólares, Peaks foi convidada finalmente assumir-se puta e dar o toba em vídeos profissionais, nos quais um cameraman fica com a câmera debaixo de seu rabo. Não podendo negar uma oferta como essas, e não tendo nada a perder mesmo, ela aceitou, e assim passou a ser dirigida em filmes pelo consagrado diretor Sandro Lima, da Ícaro Studios, mesmo ela não sendo uma delícia, cara.

Carreira[editar]

A princípio, destacou-se por possuir uma tatuagem de borboleta, mesmo sem ser gorda, algo nunca antes visto pela humanidade.

Diferente da maioria das putas pagas do ramo, que entram na carreira aos dezoito anos, quando ainda nem tem pelo na boceta, Peaks apenas entrou nesta vida depois dos trinta, com experiência para dar, literalmente, e vender.

Na maioria de seus filmes ela faz apenas o que sempre fez, mama algum random e mostra os peitinhos, nada de muito erótico ou hardcore, isso ela deixa pra intimidade de sua casa, quando ela está sozinha com seus dezoito machos.

Atualmente, ela continua firme na ativa, agora integrando o panteão das MILF's peitudas, e ainda pretende manter-se na indústria cinematográfica por muito tempo, pois como ela não leva tanto no toba quando as outras, seu material de trabalho ainda dá dez sem tirar.

Um de seus melhores filmes é um em que ela e Peta Jensen se pegam, é muita gostosura pra uma putaria só.