Aninha Lopes

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Tori Black na cama.jpg
Aninha Lopes
Cris Souza.jpg
A Aninha, que é a Cris atualmente
Origem Florianópolis Bandeira do Brasil Brasil
Data Só deus sabe
Onde trabalha Na casa de quem ligar
Talento(s) Sentar na jiboia cega
Dados
Cabelos Loiros atualmente, morenos de nascimento
Olhos Castanhos
Altura 1,65
Peso 54
Busto 160
Cintura 85
Quadril 108
Coxa 92
Perfil
Hobby(ies) Dançar
Característica marcante Antigamente era o aparelho ortodôntico, hoje é o sorrido do Coringa
Frase Cquote1.svg Uma vez fodendo, sempre fodendo! Cquote2.svg
Prêmios Prêmio Melhor Dançarina do Jacaré
Website
Instagram da moça


Aninha Lopes é outra atriz pornográfica da safra catarinense de atrizes desse gênero cinematográfico, estado este que importa para outros países várias putinhas.

Atualmente ela não se dedica mais às putarias em frente às câmeras, preferindo competir em disputas de rabos grandes, danças eróticas em festas e sendo musa do Clube de Regatas Flamengo.

Biografia[editar]

Mais uma atriz pornô nascida em Florianópolis, possivelmente a milésima tricentésima octogésima terceira atriz de filmes avassaladores a ter saído da ilha, o que mostra que Santa Catarina, de santa, só a Madre Paulina.

A linda adolescente (na época) Cristiane Hahn começou logo cedo na carreira de puta paga, antes mesmo de completar o ensino fundamental e possivelmente o Encceja. Não houve sequer tempo de inventar um codinome, pegou logo Aninha Lopes, provavelmente a quinta Aninha Lopes do mundo pornô brasileiro.

Esta aqui é a mesma da foto ali de cima; nesta foto ela era apenas uma jovenzinha que queria seguir na carreira profissional do sexo, mamando cobras-cegas. Hoje ela não quer mais saber de putaria em frente às câmeras

Aninha Lopes não havia sequer chegado ao ensino médio e já estava em alta na carreira de atriz pornográfica, usando o nome Aninha, a Universitária do Funk, uma carreira de mentiras; nem Ana e nem estudante ela era.

Aninha foi descoberta por uma produtora (e um produtor, que dá nome aos bois) de putaria exacerbada, Mike in Brazil, quando este estava gravando no nosso país. Ele viu a mocinha dançando sensualmente num poste de energia e logo convidou a senhorita para sentar em seu caralho, convite este prontamente atendido.

Carreira pornô[editar]

Então Aninha fez sua participação gloriosa no filme do Mike e ali começava a mostrar uma grande desenvoltura na frente das câmeras, subindo e descendo em todas as direções.

O produtor Mike, que também estava atuando, dirigindo e havia roteirizado o filme (Cquote1.svg primeiro você senta na piroca, aí levanta, e aí geme, senta de novo, levanta, mostra o cu pra câmera, chupa aqui meu cacete, e senta de novo... Cquote2.svg) deve ter gozado seis vezes seguidas sem parar em menos de uma hora pois Aninha, o que tinha de ignorante, também tinha de dançarina.

Após esse sucesso protagonizando um filme internacional, Aninha Lopes participou de outras produções putanheiras, agora nacionais, alisando manjubas veiudas com seu belo e rosado cu catarinense.

Outras carreiras[editar]

Antes, durante e depois de sua carreira de atriz pornô, Aninha Lopes já era uma conceituada dançarina de funk nos bailes dos enxutos. Já foi dançarina do extinto (desde que surgiu) Programa do Jacaré e também dançarina de bordeis de luxo.

Atualmente Aninha Lopes não quer mais ser conhecida como Aninha Lopes, e largou seu nome fantasia, usando seu nome real, Cris, e variando o sobrenome fictício conforme a profissão.

No caso de disputar Miss Bumbum, ela vira Cris Souza; na vida real é Cris Hahn; sendo musa do Flamerda, é Cris Túpida.

Ver também[editar]