Angell Summers

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Angell Summers
Angellsummers.jpg
Foto aleatória pra punheta de mais tarde
Nascimento 29 de Maio de 1987
Bandeira da França França
Ocupação Puta paga
Altura 1,63m
Signo Gêmeos
Cabelo Castanho

Angell Summers (29 de Maio de 1987) é uma puta paga francesa que aparece em vários vídeos de putaria na internet dando o toba e gritando aquelas frases em francês que excitam qualquer macho que esteja batendo aquela gloriosa da madrugada. É uma das atrizes pornô mais famosas de seu país, apesar de não significar muita coisa, já que a maioria dos bronheiros não pensam fora da caixinha, e só ficam restritos as recomendações de vídeo dos sites pornô, que recomendam os vídeos das já batidas mas não menos gostosas putas americanas.

História[editar]

Nasceu na França, ou seja, provavelmente iria morrer virgem, já que os caras de lá não são muito ligados em um bacalhau. Entrar para o convento seria uma opção plausível.

Porém, ignorando as possibilidades, na adolescência, percebendo que se ficasse naquele país não seria comida por ninguém mesmo, mudou-se para os Estados Unidos, onde fez um teste pornô para a Brazzers, feito pessoalmente pelo Careca da Brazzers. Passou com honra ao mérito, ao liberar o fiofó logo em sua primeira vez.

Summers passando mal e sendo socorrida por um enfermeiro do SAMU.

Agora empregada na área que mais gostava, porém reconhecendo as dificuldades enfrentadas por suas conterrâneas que apenas querem dar o cu sem precisar sair de seu país de origem, Angell tornou-se uma militante contra a viadagem em território francês, lutando por melhores condições de vida para as potenciais meretrizes.

Carreira[editar]

Iniciou sua carreira como a maioria das atrizes pornô, enfiando pepinos com camisinha na buceta, para pegar experiência e expandir seu material de trabalho para que o mesmo pudesse receber futuramente as rolas que aparecem nos principais filmes pornográficos.

Após um pequeno período de softcores, Angell passou a fazer alguns lesbians, e tornou-se especialista na arte da chave de buceta.

Não demorou muito para que a mesma iniciasse os trabalhos nas produções hétero, onde foi comida por um monte de cara aleatório e por aquele moleque que eu esqueci o nome que só come MILFs.

Atualmente, voltou para seu país de origem, onde grava aqueles filmes com visual vintage, que lembram os da saudosa Emanuelle.

Ligações externas[editar]