Angel Witch

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Uma das poucas fotos da banda que a internet conseguiu localizar

Angel Witch é a banda mais injustiçada do mundo. Apesar de não serem ruins (mas a qualidade sonora é desqualificada), a banda, incrivelmente, não tem nenhum fã. Ninguém conhece a banda, ninguém fala da banda, ninguém contrata a banda, ninguém xinga a banda... É uma situação constrangedora para os integrantes da banda.

História[editar]

Surgida da Inglaterra, a banda Angel Witch tinha tudo para se dar bem no meio musical. Surgiu de um país onde as bandas estavam fazendo sucesso, seguia um estilo que estava em alta (NWOBHM), estava acompanhada de outras bandas (que fizeram sucesso), tinha roupas legais, tinha instrumentos musicais (este era o primeiro passo para ser uma banda) e um nome idiota (isto fazia sucesso com a mulherada e os fãs posers).

Da mesma época de bandas como Saxon, Iron Maiden, entre outras, Angel Witch tinha tudo para se tornar uma das maiores bandas do mundo. Todas as bandas da Inglaterra estavam tocando nos países da Europa, até uma banda formada por cachorros idosos de um beco sem saída de uma cidade pequena na parte mais pobre da Inglaterra. Por alguma razão especial, Angel Witch não conseguiu ficar conhecida. A banda terminou e voltou umas dez vezes em sua história. Nove delas foram para tentar chamar a atenção. Falharam.

Discografia[editar]

Pelo menos das capas dos álbuns deles não se pode reclamar, essa bruxa do diabo aí é foda
  • Angel Witch: O primeiro álbum da banda. Contava com a voz irritante Kevin Heybourne e uns chiados no fundo, provavelmente os instrumentos. Conta com as clássicas músicas Atlantis (com um grito maravilhosamente ruim na introdução), Angel Witch (com um vocal anasalado típico de candidato à Ídolos, no SBT) e Angel of Death (Não é cover do Slayer, mas a letra é parecida).
  • Screamin' n' Bleedin': Com um novo vocalista, Dave Tattum, a banda ficou menos infantil. O vocal de Tattum era, sem dúvidas, melhor do que o vocal de nariz de Kevin, mas, por obra do destino, este álbum ficou menos conhecido que o Angel Witch, apesar de ter melhor qualidade. Músicas clássicas como Evil Games (um refrão maravilhoso: EVIL GAMES, EVIL GAMES, EVIL GAMES, EVIL GAMES, e repete isso por mil anos), Fatal Kiss e Waltz The Night (uma fase deprê da banda, que estava de saco cheio de ficarem anônimos no mundo).
  • Frontal Assault: O álbum mais bem feito da banda. O vocal de Tattum superou todas as expectativas. Mas, por algum mistério, ficou mais esquecido que os dois primeiros. Foi aí que a banda descobriu o segredo do sucesso. Quanto mais ruim o som, mais ele vende. Eles já deveriam ter percebido isto antes, quando viram Madonna vender milhões de discos.
  • As Above, So Below: Esse aqui ninguém escutou, até acho que eles lançaram por engano.

Ver também[editar]