Aldine Müller

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA EX-GOSTOSA!!

Se você acha que ela está enrugada, gorda ou morta e enterrada, é porque o Tempo, o grande comedor, também traçou esta. Respeite os veteranos e não vandalize este artigo! Gerações passadas já homenagearam na intimidade do banheiro esta

EX-GOSTOSA

Kim Basinger Playboy.jpg
Aldina Rodrigues Raspini
Aldine muller.jpg
Rindo de você.
Nascimento 8 de outubro de 1953
São José dos Ausentes Bandeira do Brasil Brasil
Ocupação Atriz pornô
Altura 1,64 m
Signo Libra
Olhos Castanhos
Cabelo Loira
Aparência física Ex-Gostosa

Cquote1.svg Foi a melhor aluna da minha escolinha! Cquote2.svg
Professor Raimundo sobre Aldine Müller
Cquote1.svg Guardo ótimas lembranças! Cquote2.svg
Nuno Leal Maia sobre Aldine Müller
Cquote1.svg Minha mãe! Cquote2.svg
Renata Dominguez sobre Aldine Müller
Cquote1.svg Minha também Cquote2.svg
Letícia Navas sobre Aldine Müller
Cquote1.svg Já tá fazenso papel de mãe? Cquote2.svg
Tu sobre Aldine Müller
Cquote1.svg Esse é o único papel que ganhamos depois dos 40 Cquote2.svg
Aldine Müller sobre pergunta acima
Aldine Müller (o sobrenome pronuncia-se "Míler") é uma atriz que consagrou-se na profissão atuando em várias pornochanchadas, isso se não tiver atuado em todas. Ao lado de Helena Ramos e Matilde Mastrangi, ela é considerada uma das grandes musas do gênero, mas diferentemente de suas miguxas, ela teve mais sorte na carreira com o passar dos anos.

Um pouco sobre ela[editar]

Do jeitinho que seu pai amava.
Müller atualmente.

Nasceu em uma cidade ridiculamente minúscula do Rio Grande do Sul chamada São José dos Ausentes, que faz jus ao nome e é praticamente ausente de habitantes. Logo, não é de se estranhar que ela tenha se mudado dali, pois quem é que vai querer ficar morando em uma porcaria de lugar desses? Embora tenha nascido no Brasil, Müller não é filha de brasileiros, pois sua mãe é portuguesa e seu pai é italiano.

Nos anos 70, foi morar em São Paulo, e como dinheiro nenhum cai do céu, ela precisava arranjar um jeito de conseguir algum para seu próprio sustento. Como era uma mulher gostosa, logo chamou atenção do pessoal da Boca do Lixo, região paulista famosa por suas produções cinematográficas de altíssimo nível para a época. Para aqueles burros que não conseguem entender sarcasmo, eram filmes de pornochanchada.

Müller fez mais de 50 filmes de putaria, mas suas cenas tinham um diferencial em relação às de suas colegas putas: a buceta jamais era mostrada. Isso deixava os homens curiosos e ainda mais loucos por ela, até que chegaram os anos 80 e apareceu Roberta Close, deixando todo mundo apavorado por ser uma mulher com um bilau. Então, começaram especulações de que Müller também seria assim. Na altura em que surgiram esses boatos de que seria travesti, ela já estava largando as pornochanchadas e começando a fazer novela, então o jeito de provar sua feminilidade foi escancarando as pernas na Revista Playboy.

Em 2000, quando já estava com mais de 40 anos no lombo, Müller quis mostrar que ainda dava um caldo e posou novamente pelada, desta vez na Revista Sexy. Parecia meio caída, mas com certeza estava melhor que a vaca da tua mãe. Em 2004 foi pra Record fazer a novela A Escrava Isaura interpretando Estela Vilela, uma dondoca metida e racista. Sua última aparição foi na novela Chiquititas em 2013, como Vera, a mãe da gostosinha da Clarita (Letícia Navas), sendo par com Mateus Carrieri; juntos protagonizaram a maior orgia da TV brasileira, afinal, não podia acabar em outra coisa juntando uma atriz de pornochanchada e um ator pornô.