12 Stones

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
LuzMão.png
12 Stones surgiu da luz!!!

Vamos iluminar o mundo?

Luz de Cristo.jpg
Doze pedras de crack
12-stones.jpg
Glória deuxxx
Origem Mandeville, Louisiana
País Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
Período 2000 - atualmente
Gênero(s) Cú metal, post grunge, rock cristão, Hard Rock,
Gravadora(s) Wind Up
Cleópatra
Integrante(s) Paul McCoy
Eric Weaver
Sean Dunaway
Ex-integrante(s) Mais de 8000
Site oficial 12stones.com


Cquote1.svg Minha banda favorita. Cquote2.svg
Cabo Dacíolo sobre 12 Stones
Cquote1.svg A minha também. Cquote2.svg
Silas Malafaia sobre citação acima
Cquote1.svg A minha também. Cquote2.svg
Edir Macedo sobre citações acima
Cquote1.svg Isso nón ecziste! Cquote2.svg
Padre Quevedo sobre rock cristão

12 Stones, ou traduzindo, Doze pedras de crack é uma banda de rock cristão (sim, é isso mesmo que você ouviu) que surgiu no começo do século por quatro jovens que cantavam na Igreja Universal do Reino de Deus, e decidiram formar uma banda se inspirando nas porcarias bandas que estavam fazendo sucesso naquela época, como por exemplo o cú metal e o pós grunge, mas, como eles não queriam que os pais deles achassem que eles estavam se desviando da igreja para as coisas mundanas, eles disfarçaram isso rotulando a banda como sendo de Cquote1.svg rock cristão Cquote2.svg, o que não faz nenhum sentido.


Um pouco mais sobre eles[editar]

Como citado anteriormente, os membros cantavam na Igreja Universal do Roubo de Dinheiro reino de Deus, mas eles não se conheciam ainda, quando se conheceram, formaram uma banda, e apenas um ano depois assinaram um contrato com a gravadora Wind Up (wind = vento, up = acima, logo, vento acima, ou seja, o nome da gravadora é uma referência a um peido), e logo começaram a trabalhar no primeiro álbum de estúdio, que saiu em 2002, ano em que muitas bandas do mesmo estilo lançaram o primeiro álbum de estréia (primeiro álbum de estréia? O RLY?)

Fama pelo mundo[editar]

A banda fazendo uma apresentação ao vivo no programa Show da Fé

Como você pode imaginar, eles não são muito famosos, não são aquele tipo de bandas com fama internacional, como o Metallica e etc, mas o que importa é que eles possuem o seu nicho de fãs (pequeno, mas o que importa é que ele existe, acredite se quiser), eles são aquele tipo de banda que tem um único hit de sucesso, e que depois as pessoas dão zero fodas para o que eles fazem depois. uma pena.
Atualmente a banda faz shows na mesma região onde surgiram, em Louisiana, e a estimativa média de público dos shows é de 18 a 35 pessoas, sendo que, dessas pessoas, 13 são pastores que usam o dinheiro arrecadado dos shows como dízimo.

Discografia[editar]

Álbuns normais[editar]

Não temos muita coisa a se falar aqui, então primeiramente vamos colocar os nomes dos álbuns, uma sugestão para você passar longe ouvir.

EPs[editar]

  • The Only Good Day Was Yesterday - O único dia bom (dia bom = dia bão = diabão, outra mensagem subliminar) foi ontem (2010)
  • Smoke and Mirrors vol. 1 (Fumaça e espelhos 1, fumaça é mais uma mensagem subliminar, onde eles revelam ser usuários de maconha, mas grande coisa, o próprio título da banda já mostra que eles são drogados) (2020)


PS: Caso você não saiba o que é um EP, não seja burro, vai pesquisar eu explico. É a mesma coisa que um álbum, mas com menos faixas. Ou seja, se um álbum tem mais de 10 faixas, o EP normalmente tem quatro ou cinco apenas. Entendeu agora?
Caso não tenha entendido, foda-se. Você é burro mesmo.