Sued (Ibrahim)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de (Ibrahim) Sued)
Ir para navegação Ir para pesquisar

Sued é um desciclope que debandou para a criminalidade devido a sua criação problemática. Desde pequenino a brincadeira favorita de Sued era roleta russa, mas como ele não era tão corajoso assim, atirava só na perna esquerda para não matar. Mas tomando muito cuidado para não fuder aquela veia desgraçada que tem na perna que se romper fudeo. Devido a essa questão Sued ficou meio manco da perna esquerda.

Infância[editar]

gatinho azarado prestes a ser cheirado pelo grupo

Sued nasceu na Aibéris, sua origem é incerta, já que foi encontrado quando bebê em uma caçamba por uma tribo de ratos budistas. Os ratos educaram-lhe e o introduziram (ui) no mundo do crime, mais tarde descobriu que era adotado e fugiu de casa. Assim começou a cheirar gatinhos e tornou-se um criminoso autônomo, que mais tarde fundaria a gangue "os enrabados os rejeitados".

Certa vez, Sued estava indo comprar gatinhos para cheirar, eis que ele encontrou uma criança autista plagiando um certo ninja aí, o rapaz então tentou vender o garoto para o traficante, o traficante não aceitou e mandou Sued ir se fuder. O garotinho sofria de esquizofrenia, ele achava que possuía o poder de atirar ossos tirados do cu, ou algo do tipo. O nome desse garotinho era Kimimaro, ele usava um osso de galinha afiado na ponta como arma. Sued, que na época tinha cerca de 16 anos decidiu formar uma dupla de noias com Kimimaro, que na época possuía 11 anos.

Eles começaram assaltando lotéricas e roubando bicicletas de escolas, até o dia que foram pegos pelo segurança da escola, que espancou Sued e estuprou Kimimaro. O segurança era nada mais nada menos do que Peter Petrelli, Peter ficou viciado em comer o cu do esquizofrênico, decidindo então se juntar ao grupo de Sued. Ao longo do tempo Sued conseguiu fazer com que Petrelli parasse de comer o cu de Kimimaro, acadêmicos debatem até hoje se teria sido encontrada a cura gay pelo grupo.

Logo após este episódio terrível, (ou não), Peter chamou a sua prima vagabunda Lia Russi, e Kimimaro chamou seu amigo virjão viciado em CS:GO, N00b. Formando assim a gangue "os estuprados os rejeitados". Eles inicialmente assaltavam o caminhão de gás e o caminhão das casas bahia, depois vendiam os itens adquiridos para algum contrabandista. Faziam isso afim de sustentar o vício que possuíam em viagra genérico e cheirar gatinhos. Sendo por algum tempo a quadrilha mais procurada pelo Inspetor Didi.

Os negócios iam muito bem para o grupo, até que certo dia:

Cquote1.svg POLICE! PUT YOUR HANDS UP! Cquote2.svg
Equipe da KGB
Cquote1.svg Que porra é essa??!! Cquote2.svg
Sued sobre KGB
Cquote1.svg Aí, não!!! Nos pegaram! Faça alguma coisa Sued!! Cquote2.svg
Lia sobre comentários acima

Cquote1.svg Deixe que eu cuido disso Cquote2.svg
Kimimaro sobre comentário da Lia

Kimimaro-2.jpg
Kimimaru usando a sua famosa técnica de pompoarismo para expelir ossos de galinha pontiagudos pelo cu em alta velocidade.

Cquote1.svg Caralho!! Cquote2.svg
Todos que não morreram

Todos os agentes da KGB morreram, mas o que eles não sabiam é que haviam cercado o prédio e que, mesmo com vários gatinhos para fazer suborno, rapidamente ficaram sem gatinhos, e foram presos e mandados para Katmandu.

Na Prisão[editar]

Infelizmente, ou não, Lia morreu por resistir à prisão e Kimimaro por ter matado os agentes da KGB foi setenciado à morte por apedrejamento. Peter acabou sendo encurralado no chuveiro da prisão e acabou encontrando o seu destino. Sued estava sozinho novamente, assim como nos tempos em que recém abandonara a tribo de ratos budistas para se dedicar a arte do roubo e do cheiramento de gatinhos. Sued descobriu que haviam um guarda que possuía o cu muito largo, pois ele costumava enfiar smartphones no cu para trazer ao presídio e vender aos presos. Com toda a sua sagacidade Sued esgueirou-se e adentrou no cu do guarda, que nem percebeu de tão afrouxado que o buraco se encontrava. Sued passou quatro dias tendo que comer bosta para sobreviver, no quinto dia Sued conseguiu finalmente escapar, pois era o dia de folga do agente penitenciário.

Não se sabe ao certo que fim Sued levou, mas rumores dizem que atualmente ele encontra-se desempregado e vivendo de auxílio emergencial em Botucatu.

Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Sued (Ibrahim) no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg