Mario Balotelli

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Putin Gay.jpg Este artigo trata de uma personalidade mortalmente,
putaqueparivelmente e filhadaputamente odiada!
Que não sai na rua para não sofrer linchamento.

Conheça outros filhos da puta clicando aqui.

Mario Balotelli
Mario Balotelli Manchester City.jpg
Nada como uma eterna promessa para substituir outra, no caso o Robinho
Apelidos Super Mario
Nascimento 12 de Agosto de 1990
Nacionalidade Bandeira da Itália Itália
Altura Sei lá
Peso Na média
Posição Atacante que não sabe finalizar
Tanto faz, ele vai errar o gol mesmo
Clubes Vários, ele é um jogador cigano
Estilo de Jogo Mais mídia do que futebol
Gols Em falta
Prêmios "Melhor não-comemoração de gol"
Influências Obina

Cquote1.svg Meu aprendiz Cquote2.svg
Obina sobre Balotelli
Cquote1.svg Balotelli, figlio di puttana Cquote2.svg
Torcida da Internazionale demonstrando todo seu amor a Mario Balotelli
Cquote1.svg E existe italiano negro? Cquote2.svg
Você sobre Mario Balotelli
Cquote1.svg Ai, meu joelho! Cquote2.svg
Rival que o xingou
Cquote1.svg Um merda! Cquote2.svg
Silvio Lancelotti, grande fã do jogador em transmissão da ESPN sobre Mario Balotelli
Cquote1.svg Agora vai! Cquote2.svg
Noel Gallagher sobre Mario Balotelli no Oasis FCManchester City
Cquote1.svg Agora vai! Cquote2.svg
Liam Gallagher sobre Mario Balotelli no Oasis FCManchester City
Cquote1.svg And I'm staring down the barrel of a 45, swimming through the ashes of another life, no real reason to accept the way things have changed, staring down the barrel of a 45 Cquote2.svg
Shinedown sobre o número favorito de Mario Balotelli

Balotelli em sua melhor personificação do Abobo de Double Dragon

Mario Barwuah Batolete Balotelli foi enviado por Jesus Negão à Terra após o relacionamento relâmpago entre Tua mãe e Bengalelê Motumbo, que se conheceram num baile na Sicília. Conversaram, riram, se divertiram e, 9 meses depois, em 12 de agosto de 1990, na cidade dos Palermas em Palermo, ele nasce e Bengalelê Motumbo foge da Sicília, pois estava sendo procurado pela Cosa Nostra, deixando tua mãe na merda.

Virou modismo no Facebook uma imagem que mostra que ele doa 50% dos seus vencimentos para as crianças da África, e, com o moralismo barato de que ainda sim nós zoamos ele. A Linha Editorial da Desciclopédia, através deste artigo, se posiciona sobre: sim, nós podemos zoar, porque a gente já sabia disso antes de essa imagem circular (já que 95% dos que compartilham só descobriram a partir dessa imagem) e porque odiamos moralismo barato de Facebook...

Antes de ser adotado

Após ser deixada por Bengalelê Motumbo, tua mãe teve que aturar o moleque sozinha e com pouco dinheiro. Após uns anos, chegou a pedir dinheiro pra Cosa Nostra, que veio cobrar logo em breve, mas, como ela não tinha dinheiro, fugiu pro Brasil e deixou o menino Balotelli na casa de um casal de missionários.

Após a adoção

O casal de missionários acharam que teria vida fácil com aquele moleque, mas, a bagaça não foi assim: no garoto gritava, quebrava as coisas, espancou a Super Nanny italiana, escondia o controle remoto, enchia o saco dos seus pais adotivos, que não sabiam mais o que fazer, então, no chute, compraram uma bola pra ele extravasar a raiva do fato de seus pais terem o abandonado, ali começando uma paixão de um menino-problema com o futebol.

Enquanto jogava nas ruas de Palermo, mostrava ser meio hooligan, quebrando seus rivais, principalmente se o chamassem de “macaco”. Enquanto jogava, um olheiro do Lumezzane, um timeco de... preciso dizer mesmo?

Carreira futebolística

Mais uma da série: Negros que não perceberam que ficam ridículos loiros (sem preconceito)
Na Internazionale, quebrando um pé de um Vecchio Signore
Dedicação e amor à Internazionale, tanta que lhe rendeu um contrato após ser escurraçado por Carlo Ancelotti do City

Abandonando as peladas e rumo ao estrelato, Mario ingressou no Lumezzane, um time da, da, da... ah, sei lá que divisão joga, só sei que abaixo da 3ª, onde passou a base jogando e metendo medo nos rivais com seu estilo depressivo não-emo com raiva do mundo, um comportamento daqueles que, quando menos se espera, o cara pode começar uma guerra só com um telefonema. Anos e joelhos quebrados nos jogos das divisões de base depois, ele sobe pro time profissional aos 15 anos de idade. Na véspera do seu 1º jogo, contra o Vendetta FC, ainda sem número fixo, Mario estava ouvindo rádio e ouviu uma música que ele gostou muito de uma música chamada “45” da banda Shinedown, e, assim, escolheu seu número fixo pra jogar.

Em 2006, vendo que não tinham jogadores italianos, a Internazionale o contrata pra poder ter um italiano no elenco, coisa que era rara por lá. O italiano, que acredita ser o homem mais próximo de Jesus Negão, chegou conquistando a torcida do seu jeito, fazendo gols, brigando com quem arranja picuinha com ele, xingando torcedores racistas, se metendo em encrencas e, por aí vai... Mudança de treinador, mudança de vida: José Mourinho assume a Internazionale e não queria saber de Hooligans jogando no time dele, o afastando após ele promover uma suruba em Barcelona após enfrentar o time local mais famoso.

Zezé ficou puto porque não foi convidado. Quando Ibra saiu da Internazionale pra namorar com o Piqué no Barcelona, Deus, o mundo e o próprio acreditariam que ele seria o titular absoluto, o Fucking Bastard do time, o carregador de piano mas, José Mourinho não queira jogadores italianos no time dele, então, traz o não-italiano Eto'o pra completar o time titular com 0 jogadores italianos.

Na merda, Mario vê uma nova chance num time que tem a fama que tem graças a uma banda de Rock. Enojado daquela Itália racista, vai para a Inglaterra pra tirar o PhD de Hooligan, pois é lá onde eles são mais famosos, e aproveitou pra assinar um contrato pra jogar no Oasis FC Manchester City, o “primo pobre” de Manchester, onde está alegrando seus únicos torcedores: Noel e Liam.

Após alguns anos e de ter feito o gol mais bonito de 2011 contra o Norwich (Messi contra o Getafe? Tá por fora!!), fez mais uma de suas Balotellices e Carlo Ancelotti, guardião da moral e dos bons costumes, o escurraça do time de futebol, pedindo para ser infrenizado pelos Gallaghers. Assim, após aquela foto dele com a camisa do Milan, o time do outro lado de Milão.

Enquanto ele fazia competição com El Shaarawy e Niang para ver quem tem o cabelo mais ridículo de Milão, foi de conhecimento do mundo que Ancelotti o expulsou do City porque ele colocou sua vida nas mãos de uma banda de rock, que a jogou fora...

Umas montagens


Flag of Italy.svg
Flag of Italy.svg

Goleiros: ZoffZengaGigi BuffonLorenzo BuffonToldoCombi
Zagueiros/Laterais: AbateAstoriBaresiBonucciGentileCannavaroMaldini paiMaldini filhoNestaScireaCostacurtaMaterazziChielliniGiuseppe BergomiZambrottaFacchetti
Meio-campistas: AquilaniContiTardelliDiamantiPirloVerrattiTottiMontolivoGattusoDino BaggioCamoranesiMarchisioRiveraDe RossiZolaMeroniBenetti
Atacantes: MeazzaRoberto BaggioBonipertiDel PieroFilóInzaghiBalotelliPaolo RossiPiolaBettegaMatriGigi RivaDi NataleImmobileJosé AltafiniGilardinoValentino MazzolaToniSandro MazzolaVieriVialliManciniTotò Schilacci