Máel Brigte

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(dif) ← Edição anterior | ver versão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para navegação Ir para pesquisar

Cquote1.svg Ey, ey, ey Máel, um dentucinho cuzão! Cquote2.svg
Sigurd, o Poderoso sobre cabeça de Mael Brigte

O crânio de Mael Brigte encontrado engatado nos ossos da perna de Sigurd, o rei viking que o matou e decapitou

Máel Brigte, o Dentuço também conhecido pelas alcunhas o Dentão, a Presa, o Dente de Mamute e o Dente de Coelho, foi um antigo rei celta das ilhas Órcades, no norte da Escócia, antes de virar adereço de Sigurd, o Poderoso.

História[editar]

Máel Brigte era um pacífico guerreiro celta, que era chefe dos chefes das aldeias das ilhas Órcades, que só queria viver em paz, tomando conta de seu reino e fazendo suas coisas de chefe sem nada a fazer a não ser sexo com várias vadias. A merda é que este local ficava bem perto do Reino Unido, onde tinha uma infestação de vikings baitolas com seus capacetes com chifre de gazela. Máel sabia que logo teria que enfrentar algum desses.

A última batalha de Máel, que acabaria com a vida de seu assassino

Logo pela manhã de domingo de um equinócio, data comemorativa celta, Máel, o Dentuço, recebeu as más notícias que um pau no cu nórdico estava chegando às Órcades para uma batalha justa e o vencedor viraria o rei da porra toda. Máel era homem e não corria de brigas e aceitou o duelo.

Batalha, morte e vitória póstuma[editar]

Era pra ser uma batalha justa mas os vikings nunca lutavam justamente. Sigurd levou mais gente pra batalha, o que acabou sendo um cheat, uma trapaça. Máel até lutou bravamente, como um guerreiro Mormont, mas pereceu dados os números da batalha: quarenta guerreiros para o lado de Máel e quatrocentos para o lado de Sigurd. O babaca viking disse que era ruim de conta, pensou ter falado quarenta, e Máel, inocentemente, aceitou a batalha pra mostrar sua hombridade, mas obviamente não sobrou nenhum cidadão celta na região pois Sigurd passou o trator. De quebra ainda cortou a cabeça de Máel e colocou como adereço em seu cavalo. Sigurd se tornava rei do local.

Apesar de tudo, a vida ainda pode ser justa, e quem faz paunocuzice sofre o karma; foi o que ocorreu com Sigurd. Levando a cabeça cortada e apodrecida de Máel por todos os cantos em seu cavalo, amarrado à crina do cavalo, Sigurd foi mordido por Máel. Sim, a cabeça decepada sem vida semicadavérica sorridente e já fedendo a cadáver afogado deu uma puta mordida na perna de Sigurd.

Cquote1.svg Eu sei quem me matou! Cquote2.svg
Cabeça decepada de Máel Brigte

Máel tinha a fama de Nosferatu e Luis Suárez, aproveitando sua arma natural - seus dentes enormes e dilaceradores - mordendo seus inimigos em vida em batalha como se fosse um golpe de ancinho, e a última dessas suas mordidas foi em morte já, no maior de seus inimigos, e ainda causou-lhe seu perecimento e falecimento. Máel estava morto mas ainda conseguiu eliminar seu algoz. Quem ri por último ri melhor e Máel deu a última risada e última mordida. Pior pra Sigurd que teve uma morte horrível, sofrendo uma necrose profunda já que mordida de zumbi corrompe até a alma.

Viking.jpg
v d e h
Os bárbaros vêm aí... Olê olê olá!