Edmundo Braço de Ferro

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(dif) ← Edição anterior | ver versão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para navegação Ir para pesquisar
Este artigo é relacionado à história.

E não foi descoberto, foi achado.

Batmanhieroglifo.jpg
Edmundo comemora vitória contra as tropas de Canuto. Nesse dia, o time do Braço de Ferro venceu por 5 a 1.

Edmundo II, mais conhecido como Edmundo Lado de Ferro ou Braço de Ferro por sua lendária invencibilidade nos campeonatos de queda de braço e punheta, foi um rei da Inglaterra na época do 1000 e lá vai machadada. Além do cognome famoso, também ganhou a fama de Ænimal pela habilidade nas quatro linhas de batalha, onde era tido como matador por seus inimigos, e pela rixa histórica com os exércitos rubro-negros de Canuto, o Grande, seu maior rival.

História[editar]

Nascido Edmund Ironside, primo de terceiro grau do ator Michael Ironside (que seria mais famoso como o sub-vilão que fica sem os dois braços lutando contra Arno Suasnegas em O Vingador do Futuro), Edmundo Braço de Ferro a princípio sonhava também com a vida nas telonas. Também batia uma bolinha nas categorias de base do Vasco, enquanto seus pais cuidavam do trono.

Porém um belo dia o imponente e impotente rei inglês Etelredo, o Despreparado, de tão despreparado que era, peidou pra muzenga mudando completamente a vida do pequeno Edmundo. Este, vendo que teria de assumir o trono, passou a malhar o bíceps. Ganhou assim o cognome Braço de Ferro, por não perder uma única queda de braço com os colegas da academia.

Caiu em seu colo então uma treta diplomática com a vizinha Dinamarca, resultando de um truco valendo a Inglaterra com o bárbaro Svend Barba-Bifurcada, que logo também tratou de sair da vida pra entrar na história. Estava pavimentado assim o caminho para uma das rivalidades mais marcantes a dividir os gramados, e planícies, da Europa medieval: Edmundo Braço de Ferro vs. Canuto, o Grande.

Guerras contra Canuto[editar]

Canuto e Edmundo indo pro pau

Assumindo as cores de São Januário, Edmundo, conhecido artilheiro desde os tempos de Palmeiras (que naquela época já não tinha mundial) e notável pelo temperamento forte e imprevisível dentro e fora das quatro linhas, entrou em campo sem medo do rival.

Edmundo com seu braço de ferro era a maior aposta do time inglês. Entretanto, frente ao melhor que a Seleção Dinamarquesa de Futebol da época poderia oferecer, ele não foi páreo para Canuto e sua Dinamáquina. Após alguns bons resultados, os ingleses foram atropelados pelos vermelhos, que foram pilhando a maior parte da Grã-Bretanha.

Canuto porém, levando em conta a reputação de guerreiro animal e temendo a dedada de ferro que viria depois, aceitou dividir a Inglaterra em uma fatia de bolo pra cada. Edmundo ficou com o sul e o dinamarquês com o norte mais 6 territórios. A rivalidade ferrenha viria a ser retratada em Canuto, o Grande, fracasso de bilheteria onde o Braço de Ferro foi vivido por Keanu Reeves.

Precedido por
Etelredo, o Despreparado
Jaja.jpg
Rei da Inglaterra

1016
Sucedido por
Canuto, o Grande


Viking.jpg
v d e h
Os bárbaros vêm aí... Olê olê olá!