Mudanças entre as edições de "Bernardo Küster"

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Etiquetas: Edição móvel Edição feita através de conexão mobile Edição móvel avançada
Linha 30: Linha 30:
 
Magicamente ele apareceu com um carro novinho.
 
Magicamente ele apareceu com um carro novinho.
 
Tirem suas conclusões.
 
Tirem suas conclusões.
  +
  +
== Ligações externas ==
  +
A única coisa boa que o [[George Soros]] fez para a [[humanidade]].
  +
<YouTube>https://youtu.be/9yLfvZwexx8</YouTube>
   
 
==Ver também==
 
==Ver também==

Edição das 02h30min de 21 de setembro de 2021

Jesuszoeira.jpg Bernardo Küster é Católico(a)!

Isto significa que ele(a) acredita em Jesus, em Deus e no Papa, pois tem medo de ser mandado para o inferno, apesar de praticamente não seguir NADA que está escrito na Bíblia. Clique aqui para encontrar outros cristãos.

Stfu teller.gif Este artigo pretende ser ofensivo!

Se você não se sentiu ofendido, edite-o até se ofender.

E se se sentiu ofendido, VÁ A MERDA, PORRA!!!
Bernardo Küster passeando pelos Campos Elísios num sonho homoerótico com Ernesto Araújo, que felizmente não aparece na imagem.

Cquote1.svg Você quis dizer: Marquês de Rabicó Cquote2.svg
Google sobre Bernardo Küster
Cquote1.svg Você quis dizer: BerGADO Cüster Cquote2.svg
Google sobre Bernardo Küster
Cquote1.svg Faço brotheragem com ele, talkey? Cquote2.svg
Jair Bolsonaro sobre Bernardo Küster.
Cquote1.svg Meu MAIOR aprendiz! Cquote2.svg
Olavo de Carvalho sobre Bernardo Küster.
Cquote1.svg You did not listen to me? Cquote2.svg
Mestre de Yale sobre Bernardo Küster.
Cquote1.svg E o Cristákens??? Cquote2.svg
Nando Moura sobre Bernardo Küster.
Cquote1.svg Êêêêêêê... Oooo, vida de gado... Cquote2.svg
Zé Ramalho sobre Bernardo Küster.
Cquote1.svg Não conheço esse cara. Cquote2.svg
Maicon Küster sobre Bernardo Küster.

Bernardo Küster é um youtuber, pseudo comentarista político, escritor de merda e chupador de saco de Jair Bolsonaro. Apesar de se dizer católico, Bernardo frequentemente comete o pecado da idolatria e segue cegamente seu grandioso e inquestionável líder, o qual ele vê como sendo mais poderoso e superior que Deus.

Para esse mamador de teta profissional, se Bolsonaro pedir para ele comer bosta, ele vai comer. Se Bolsonaro dizer para ele emprestar a esposa dele por um dia, enquanto a Michele brinca de médico com o Osmar Terra, ele vai emprestar... no dia em que arrumar uma doida sem padrões desesperada e com herpes capaz de enxergar algo que preste nesse completo imbecil.

Uma ironicamente leve biografia

Bernardo Küster nasceu e foi criado em uma família protestante luterana, mas acabou decidindo se converter ao catolicismo, fingindo acreditar que é a versão correta do cristianismo, só pra pagar de criança rebelde e porque ele tinha tesão por padres pedófilos.

Küster sempre foi um João Ninguém sem qualquer personalidade própria e que necessita de alguém para cultuar e massagear os bagos com a língua, de preferência mais velho, e como ele não via isso na religião, pelo menos não desde que começou a crescer uma barba hipster de feministo, ele decidiu venerar outro Messias.

Até 2015, ninguém sequer sabia da existência desse indigesto indigente, até que Nando Moura e Olavo de Carvalho começaram a promover e divulgar seu canal medíocre e ele acabou se tornando famoso da noite para outra noite, consequentemente ajudando a promover Jair Bolsonaro de ídolo teen de anarcocapitalistas e tiozões a fucking presidente do Brasil eleito, levando a nação a uma situação inevitavelmente mais desgraçada que a anterior.

Com a vitória de seu macho gostoso, Bernardo Küster decidiu promover a chupação de saco pro governo Bolsonaro em cultos normalmente realizados em Barretos, e frequentemente convoca punhetaços para apoiar o governo, defendendo-o independente da situação, quando sente que esquerdopatas conspiram contra o mesmo através do sexo anal contra o capital e a inveja.

Seus projetos cinematográficos

Além de seus recorrentes vídeos de babação de ovo de personalidades de extrema direita, Bernardo planejava fazer um filme em que narrava como padres (supostamente) malvadões implantavam o comunismo nas igrejas. Com esse projeto, ele recorreu então aos seus fãs, com lágrimas nos olhos, um terço na mão e dois terços na boca a fim de angariar fundos para seu filmeco, que contava com participações de "grandes nomes da filosofia e religião", mas era só ele (90% do peso do filme) e o Olavo mesmo. No fim, o dinheiro simplesmente sumiu junto com o projeto do filme e ele nem toca mais no assunto. Magicamente ele apareceu com um carro novinho. Tirem suas conclusões.

Ligações externas

A única coisa boa que o George Soros fez para a humanidade.

Ver também