Zero (Megaman Zero)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

{{#logotipo:http://images.uncyc.org/pt/b/b7/Capcompédia.png}}

Sonic Maneiro.jpg Este artigo é sobre alguém que usa o correr pra caralho!

Tome cuidado para ele(a) não te atropelar!


PokeRyu.PNG Este artigo é sobre um(a) lutador(a)!
Se você ofender este fodão estragando este artigo, ele te enche de porrada!
Knux Smash.jpg


Megaman grafitti.jpg WARNING! WARNING!

Esta página se trata do universo de Mega Man!

Se você não foi capaz de derrotar o Dr. Wily em nenhum jogo dele você é um tremendo fracassado!

PROCURADO

Zero Mug.PNG

Zero (Megaman Zero) é procurado por crimes contra
a sociedade e é extremamente perigoso.

Procurado vivo ou morto (de preferência morto).
Recompensa: 1 milhão de E-Crystals e Cheat Codes de vidas infinitas


Zero(O apelão)
Zero Standing.jpg
Nascimento 20XX(em algum ano do século 21)
Iraque(Bem no meio da sanguinolera mesmo)
Idade 400 anos de idade(ele é um robõ então não envelhece seu noob)
Altura 1,30
Peso 80
Estilo de luta Jedi
Arma preferida Z-Saber
Técnica Máxima Secreta Round House Kick copy
Religião CAPCOM
Profissão Matador
Característica marcante Não deixar de ser muito macho apesar de um visual pra lá de feminino
Comida favorita Leviathan com Ciel de sobremesa
Frase favorita "Me desafiar? Você e mais qual exército?"
Esporte Luta-livre
Mania Ser desconfiado de tudo alem de ser muito convencido.

Cquote1.png Você quis dizer: Barbie de Armadura Cquote2.png
Google sobre Zero (Megaman Zero)
Cquote1.png Experimente também: Menininha de Cuecas Cquote2.png
Sugestão do Google para Zero (Megaman Zero)
Cquote1.png Menininha de Cuecas é a tua mãe! Cquote2.png
Zero sobre sugestão acima
Cquote1.png M****, ele virou mulher de vez! Cquote2.png
Noob sobre Zero
Cquote1.png Eba ,um personagem novo! Cquote2.png
alguém que sempre jogou Mega-man x sobre zero

Cquote1.png Esse aí me dá lucro pra caramba! Quando vem com aquelas duas loirinhas então... Cquote2.png
Vendedor de shampoo sobre Zero, Ciel e Alouette
Cquote1.png Pô, Luana, não precisava botar essa fantasia estranha pra me manter longe... Peraí, você não é a Luana? Quem é... AI!!! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre Zero
Cquote1.png Você traiu o moviment... ARGH!!! Cquote2.png
Dado Dolabella, de novo, sobre Zero
Cquote1.png Pode num parecê, mas esse aí é cabra ômi sim! Já picotô mais de mil! Cquote2.png
Jeremias sobre Zero
Cquote1.png Mas que Barbie mais feia, heim?! Cquote2.png
Carla Perez sobre Zero
Cquote1.png ZzzzZZzzzz... Er, vocês falaram alguma coisa? Cquote2.png
Zero sobre todos os comentários acima
Cquote1.png Você é meu oponente? Não me faça rir... Cquote2.png
Zero sobre chefão que ocupa mais da metade da tela
Cquote1.png Pra quem é burro o suficiente eu tive uma vida longa e foda, deveriam me ver quando era mais novo e lutava lado-a-lado com o X. Cquote2.png
Zero sobre jogadores noobs que nem sabem que ele é o mesmo Zero de MegaMan X e aproveitando pra fazer propaganda dos jogos de Mega Man X.
Cquote1.png Vocês da Desciclopédia erraram, eu tava fazendo propaganda de mim mesmo, sem ofensas X. Cquote2.png
Zero sobre citação acima
Cquote1.png Tudo bem, eu já to acostumado com isso desde que você ganhou o seu primeiro game-solo. Cquote2.png
MegaManX sobre citação acima

Zero.gif

Zero é o protagonista de uma das mais loucas séries de toda franquia de Megaman, a série Megaman Zero. Depois de tempos sendo coadjuvante da Série X, ele manda todo mundo se F........ e passa a ser o astro da vez. Ele é baixinho, parece uma menina e têm cabelo loiro. Mas ele não liga nem um pouco pra isso. Tudo o que ele faz na vida se resume a três coisas: Detonar, humilhar... e pegar mulher.

Servido Mal-Passado[editar]

Assim era Zero, antes de ser esculhambado pela ancestral da Ciel e pelo Dr. Velho Weil. Nota: Nessa foto, ele só ficou de costas porque um pessoalzinho safado zoou das suas maminhas redomas verdes, o que o deixou com vergonha.

Todo mundo que já jogou a Série X já sabe mais ou menos como era o passado dele (Quem não sabe, deixa de ser preguiçoso e vá pesquisar): Ele era um excêntrico playboy de peitinhos verdes que adorava quebrar uma boa fuça, ficar "se achando" e levar bons leros com a mulherada. Mas, um dia, o cara percebeu que não era mais tão querido quanto antes, principalmente pelas mulheres. Ele culpou o seu demônio vírus interior por deixá-lo repulsivo e resolveu tomar medidas drásticas: Pagou uns doutores de plantão para fazer um check-up completo e darem uma geral nele e, logo em seguida, tomou 8 caixas de Diazepan e caiu num profundo sono de beleza. Mesmo com essa enorme precaução, esses doutores resolveram tirar a mente dele fora, pra que não sucedesse algum imprevisto do tipo, morrerem sem saber o que os atingiram.

Uma lição pra não esquecer: Não irrite o Zero. Ele pode apelar.

Uma das doutoras que foram pagas pra analisá-lo era fã roxa do Zero e, quando ele a pagou pelos seus serviços, ficou cheia de segundas intenções. Tirou toda a armadura dele e ficou "analisando" o cara durante um booooooooooom tempo. Depois, sim, começou o trabalho pra valer. Só que tinha um problema: Essa cientista era loira; por isso, cometeu uma série de bobagens durante o trabalho; por exemplo, conseguiu, não se sabe como, perder a armadura do Zero, além de alguns componentes mecânicos do corpo dele (fazer coisas inexplicáveis é coisa típica de loira). Por outro lado, ela fez um negócio maneiro: Deu uma analisada legal no vírus dele e, com base nesse vírus, fez um antivirus, o qual poderia sossegar de vez o facho dos chatos dos Mavericks (aqueles robôs seguidores do Sigma que insistiam em quebrar as três leis da robótica) que rodavam o mundo inteiro fazendo bandalha. Esse antivírus era nada menos que a Mother Elf, o primeiro Cyber Elf. E a cientista em questão era ninguém menos que a tatatatatatata()ravó da nossa querida retardada, Ciel.

Mas, nesse time de doutores, também havia um cientista maconheiro, cujo nome era Dr. Velho Weil. O velho não ia com a cara da tal cientista mencionada anteriormente e não gostava do que ela fazia pois era tudo tão... Kawaii. E um dia, ficou estressado de vez, resolveu tragar uns baseados feitos com Skank (supermaconha) e resolveu que queria dominar o mundo. Pra isso, ele fez duas coisas. Primeiro: Catou a Mother Elf e a "amaldiçoou", isto é, enfiou maconha acesa direto na goela dela e os gases liberados, ao invadirem o corpo da coitada, fez ela ficar doidona, virando assim, a Dark Elf. Ssegundo: Pegou o corpo do loirinho pra ele e aproveitou que a sua "colega" o deixou um caco para dar uma recauchutada nele com o que tinha no seu laboratório mal-acabado: Botou uma sunguinha sem-vergonha nele, um colete vagabundo (que, pelo menos, não tinha peitinhos), umas botas pequenas e chinfrim (As botas "patas de elefante" da Série X eram meio inconvenientes e já estavam fora de moda, ou por acaso você vê alguem da série Zero usando esse tipo de bota) e um capacete esdrúxulo, que o fazia parecer um capetinha; sem contar que ele teve que dar uma remodelada externa, por causa da ausência daqueles componentes mecânicos que aquela cientista cabeça-de-vento perdeu. Já o cabelo, ele deixou quieto, pois ele era um cientista, não um cabelereiro. Assim, surgiu o corpo do Zero estilo capetinha que vemos nesse jogo (ou, para os mais engraçadinhos, uma menininha de cuecas ou Barbie de armadura). Weil ainda pôs um HD virgem turbinado com DNA de Cannabis nele. Então, o velho pôs esse novo corpo num outro diferente, BEM maior. Ao ser ativado, o Reploid gigante ganhou o nome de Omega e, junto com a Dark Elf, saiu acabando com todo mundo (Incidente conhecido como a "Guerra dos Elfos").

Uma possível inspiração que usaram pra designar o novo corpo do Zero. Ou talvez, um possível parente distante dele.

Só que pra surpresa de todos, Zero reaparece pronto pra acabar com a farra. Weil, quando viu a cena, não entendeu nada! Como ele podia estar lá, se o corpo dele estava guardado dentro do grandalhão do Omega?! Não demorou muito pra ele descobrir o que houve: Aquela cientista piradona resolveu dar o troco e fez um novo corpo pro Zero, igualzinho ao que Weil fez (que, ironicamente, ela achou muito Kawaii) e pôs nele o seu HD original (Pelo menos, isso ela não teve o descuido de perder). O velho ficou furioso. Tão furioso que nem percebeu que o loirinho tava debaixo do nariz dele, roubando a Dark Elf do seu laboratório.

Zero tentou outros modos de se livrar do seu demônio vírus interior antes de ir tirar as suas sonequinhas de Gata Borralheira. Desnecessário dizer que nada deu certo.

Zero então deu uma enrolada na Dark Elf e fez com que ela mandasse todos os Reploids sob seu domínio se voltarem contra o Dr. Velho. Mas o feioso não deixou por menos e botou Omega pra trazer a Dark Elf de volta e ferrar com o resto. Zero estava pronto pra detonar com ele. X também. E os dois foram pra cima dele e botaram ele pra beijar a lona, usando um poderoso ataque chamado de Final Strike.

Já com a vitória em mãos e mais nenhuma ameaça, a cientista de antes chamou o povão que sobreviveu pra linchar o Dr. Velho. Depois da surra, ele foi levado a julgamento, no qual ele foi condenado a viver pra sempre no espaço junto com a carcaça ferrada do Omega. Foi aí que o Velho foi operado e fizeram um corpo mecênico pra ele (pois o cara ficou bem acabado depois do linchamento), empacotaram as coisas dele, incluindo a carcaça do Omega, jogaram tudo numa nave e foi mandado embora pra nunca mais voltar (ou melhor, era isso que eles acharam que fosse acontecer). Enquanto isso, Zero sentia os efeitos do contato com a Dark Elf. O cheiro de maconha tornou o seu demônio vírus interior instável de novo. Com medo dos efeitos que isso iria causar (vícios, bater em mulher, trepar com homem etc.), resolveu fazer outro sono de beleza forçado, mas dessa vez, sem ajuda de doutor algum pra não suceder outra desgraça como a que ele acabou de passar. Então, se trancafiou numa câmara especial, armou uma proteção (para que ninguém, especialmente os indivíduos de sexualidade duvidosa se aproveitasse dele durante o sono), e tomou 16 caixas de Diazepan de uma vez só. X bem que tentou impedir o processo, mas era tarde: O loirinho apagou. Só que o trouxa esqueceu de armar o alarme. Resultado: Ele não conseguiu acordar mais. Ficou fadado a cochilar pra sempre... Não fosse pela interferência, um século depois, de outra certa cientista: A própria Ciel...

Técnicas[editar]

Desde os tempos de Megaman X, o Zero já era um cara que batia pra danar. Não foi à toa que foi classificado com o maior rank entre os reploids na época. Já o novo Zero não era muito diferente. A única diferença é que ele batia muito mais, apanhava menos e fazia tudo quase sempre sem dizer praticamente uma palavra (E se dizia alguma, era pra esculachar meio mundo).

Voltando ao assunto, durante toda a Série Zero, o loirinho contava com um pequeno mas excelente arsenal. Isso sem contar que ele aprendia uma porrada de técnicas (Ex-Skills) com o passar do jogo (que não vou mencionar aqui, pois é muita coisa e o artigo já é grande pra burro), ganhava acessórios, como chips, formas especias e as pequeninas criaturas suicidas conhecidas como Cyber-Elfos. Segue abaixo uma lista resumida dos brinquedinhos:

  • Z-Saber: É a arma de estimação do loirinho. Serve tanto para cortar, picar, fatiar, furar, perfurar, triturar, dilacerar, decapitar ou fazer sei-lá-mais-o-quê com os seus oponentes ou seja mais o que for como também funciona como um atrativo para as mulheres (já que a aparência de menininha dele não ajuda muito). Mesmo depois de acordar sem lembrar de porcaria nenhuma, ele conseguiu, depois de um pouco de treino, executar o clássico 3-hit combo que fazia antes de hibernar (Mas esqueceu do "HU-HA-HOU", que levava todo mundo à loucura).
    Zero em seu treinamento de rotina.
    Mas com o tempo, ele desenvolveu novas, como o golpe com o sabre carregado, que explode o chão e quem estiver por perto e os golpes giratórios, que eram meio inúteis, mas faziam o loirinho parecer mais maneiro. Dentre as técnicas executadas com o Z-Saber mais comuns que se via na série toda era um Shoryuken (ele fazia isso nos tempos em que X era protagonista), uma punhalada pra baixo, um onda de energia que ia pra frente e o Gatotsu, o qual ele aprendeu num DVD do Samurai X antes de vendê-lo pro Phantom.

Cquote1.png Eu usei e recomendo. Esse sabre é bom demais! Cquote2.png
Megaman.EXE sobre Z-Saber

  • Z-Buster: Ela engana pelo tamanho, mas é potente. Quando foi hibernar, Zero guardou essa pistolinha com ele para usar em uma eventual emergência (por exemplo, acordar com um cara em cima dele etc.) Depois que acordou, ele teve que usá-la pra salvar a sua própria pele e a da Ciel. Além obviamente do tiro comum, o Z-Buster podia disparar tiros carregados (que tinham o triplo de tamanho da própria pistola) e esses tiros podiam variar de forma dependendo do chip elemental a ser usado e/ou da técnica adquirida. É uma boa arma, mas ele não é bobo; quando se trata de mulher, especialmente a Levi, ele prefere utilizar a sua outra "pistola"...
  • Lança Triple Rod: Esta arma é a primeira de um conjunto especial de armas criadas pelo biruta do Cerveau, o "conjunto de báculos" (Rod = Báculo). Na verdade, essa porcaria não passa de uma lança extensível, mas o lesado do Cerveau, querendo se achar o tal, deu o nome de Triple Rod (Báculo Triplo). Como dito antes, é uma lança (de aparência relativamente comum) que podia atacar em todas as direções disponíveis e possui três níveis de expansão, podendo com isso perfurar o oponente quase que repentinamente. É possível carregar a energia do Triple Rod, cujo golpe resultante é um giro intenso da lança erguida por cima da cabeça, liqüidificando quem estiver por perto. Há indícios de que servia não só como um atrativo sexual como até mesmo um atrativo infantil, pois, por incrível que pareça, dava pra brincar de pula-pula com ele. O que piorava a sua fama de criança por causa da aparência...
Uma demonstração bem sucedida do Z Knuckle.
Outra demonstração, desta vez não tão bem sucedida, do Z Knuckle.
  • Corrente de Andrômeda Chain Rod: É a segunda arma do "conjunto de báculos". O "Báculo-Corrente" não é propriamente um báculo, mas a gente finge que acredita. Trata-se de uma corrente com ponta de lança que pode ser lançada e fincada em qualquer coisa. Fincada num teto, Zero pode sair brincando de cipó que nem o Tarzan. Também pode pegar um engraçadinho numa tentativa de fuga e puxá-lo de volta pra lhe descer a porrada; ainda pode pegar objetos, seja de acessos difíceis, seja da mão de outro lazarento. Quanto ao golpe carregado é igual ao do Triple Rod. Prova de que a criatividade de um cientista pode ser bastante limitada.

Nota: Existem uns poucos engraçadinhos que associam Zero e o Chain Rod ao Shun e a sua corrente. Até que tem um pouco a ver, afinal Zero parece uma menina e o Chain Rod é basicamente uma corrente. Mas, pelo menos, ele não é gay e não perde tempo de perninhas juntas, rodando aquela droga em volta dele mesmo pra porcaria nenhuma; ele ataca e mata, fim de papo.

  • Tonfa Recoil Rod: A terceira arma do "conjunto de báculos", o "Báculo de Recuo", é disparado o melhor deste conjunto (pois dessa vez, houve a participação do Doigt na confecção). Na verdade, é um tonfa (cassetete com cabo transversal), mas o que ele faz não lembra quase nada do tonfa comum. Com ele, Zero pode dar golpe rápidos e lacerantes nos seus oponentes (as extremidades do Recoil Rod são pontiagudas). Já o golpe carregado faz jus ao nome da arma: O loirinho bate no oponente com tamanha força que não só arruina com o pobre coitado como o manda lá pra onde Judas perdeu as botas. E não só isso, como também consegue mover ou quebrar objetos maciços e/ou pesados e se lançar ao uma boa altura ao direcionar o golpe contra o chão. Até os chefes tinham problemas com essa arma, pois não precisava nem usar chips elementais e já perdiam a noção de espaço por causa da porrada, além, é claro, de serem carimbados na parede.

Cquote1.png Oi, você viu minhas botas por aí? Não consigo achar... Cquote2.png
Judas, pra qualquer um que aparecia na frente dele depois de tomar uma porrada de Recoil Rod.

  • Shield Boomerang: Escudo Bumerangue pros noobs que não sabem inglês. Esta é outra criação do Cerveau. Como o nome já diz, essa arma age tanto como um escudo ou como um bumerangue. Como um escudo, ele consegue bloquear tiros simples e como um bumerangue (golpe carregado), parte em dois qualquer trouxa que estiver no caminho por onde a arma passar.

Cquote1.png Ah, seu burro! Tu erro... ARGH!!! Cquote2.png
Phantom, ao ser atingido pela Shield Boomerang.

  • Z-Knuckle: Sem dúvida nenhuma, essa é a obra-prima do Cerveau. Não é bem uma arma; o que acontece é que Cerveau implantou chips nas palmas das mãos do Zero. Esse chips deram não só uma força extra ao loirinho, como também lhe ofereceram a habilidade de roubar armas utilizadas pelos inimigos para então serem utilizadas pelo próprio Zero. Só que Zero não é bobo e acabou extendendo as suas utilidades a um patamar, digamos, mais intrigante. A Ciel, especialmente, ficou acometida de enxaquecas terríveis, pois o safado deu de puxar fora a roupa das mulheres; mais especificamente, roupa íntima. E tinha quem gostasse...

Cquote1.png Ué, eu podia jurar que tava usando calcinha! ZERO! CADÊ A MINHA CALCINHA?! Cquote2.png
Ciel, vítima do Z-Knuckle.

Aparições em jogos[editar]

Série X[editar]

A amizade é uma coisa muito bela, vocês não acham?

Como dito antes, Zero era um playboy metido a besta antes de confusão com o Dr. Velho. Tinha a síndrome do "sese" (se sentindo), embora não demonstrasse muito; adorava dar umas porradas e pegar umas boas gatinhas, como a Iris. O cara era Reploid classe SA, uma das maiores classificações (senão a maior) dos Reploids e comandava a chamada Unidade Especial Zero. Apesar disso, ele era boa praça e vivia quase como uma sombra do X, procurando dar uma ajudinha e, por várias vezes se arrebentando todinho por isso. Mas ele tinha um trunfo na manga que o permitia sempre voltar a vida: Cheat Codes para vidas infinitas. Por isso, ele nem ligava em morrer, ele podia voltar sempre que quisesse.

Cquote1.png Que vida boa eu tinha naquela época , era só espancar os Mavericks do Sigma com meus amigos e voltar pra base, agora é fim do mundo pra lá , desastre pra lá, um velho chato e o filho dele e ainda tenho que ouvir a reclamações da Ciel, que saudade daquela época. Cquote2.png
Zero sobre Série X

Que mais eu digo aqui? Mais nada! Se quiser ver mais sobre o Zero da série X, vá ver o artigo dele, seu preguiçoso!






Megaman Zero 1 (O Retorno de Zero)[editar]

O famigerado holograma!

Aqui, começa a bandalha toda do jogo. tava Zero lá Depressivo sossegado batendo punheta com a foto da Iris de bikini(aquela imagem dele todo destroçado era apenas um holograma para não acharem que ele é punheteiro). Porém, um belo dia, alguém arrombou a porta do local onde ele "dormia". Tava rolando um baita tiroteio! Um grupo de guerreiros da Resistência tava correndo de uma cambada vinda de Neo Arcadia, mas caiam feito moscas pelo caminho. A líder do grupo da Resistência, Ciel, seguindo algumas instruções deixadas pela sua tatatatata... Er... Enfim, sua ancestral, estava procurando por Zero e acabou se metendo nessa confusão. Mas voltando ao que interessa, a garota entrou na câmara onde Zero estava e ao ver Zero, ficou admirada. Apesar dele estar batendo punheta estar meio carcomido, achou ele um gato. Mas ela não teve muito tempo pra isso, pois a cambada de Neo Arcadia tava fechando o cerco. Quando o último guarda-costas dela esticou as canelas, Ciel entrou em desespero. Foi então que a Cyber Elfa dela, Passy, resolveu dar uma de Kamikaze e desativou a proteção que envolvia Zero.

Então, o improvável aconteceu: Zero estraçalhou a pequena Passy tão rapido que a Ciel (e eu)achou que ela tinha usado seus poderes.ele desativou,então,o holograma e apareceu na sua verdadeira forma, mais imponente que nunca... E furioso: Queria saber quem foi o palhaço que se atreveu a acordá-lo durante uma punheta tão boa... Mas antes que ele pusesse fazer qualquer coisa, uma voz meiga e delicada sussurra para ele...

Cquote1.png Me ajuda... Por favor... Cquote2.png
Ciel

Ao ouvir isso,perdeu a memoria e ficou completamente imóvel, com uma feição quase tão séria quanto a de Kimi Räikkönen. Imediatamente, uma reação escatológica ocorria dentro dele: Era o seu espírito Assassino possuindo a ele mesmo. Ele pegou uma pistolinha (não "aquela" Penis, era uma de verdade) que já tava com ele e foi atirando em tudo que via (e Ciel indo atrás dele, toda encantada). Até chegar num beco, o loirinho derrubou... Vejamos... Ah, só uns 150 idiotas no caminho.

Então, nesse beco, o chão se parte e Ciel cai, mas Zero a salva. A garota ficou corada. Mas se conteve e entrou junto com ele num corredor a frente. Pro azar deles, o corredor estava obstruído. Pior: Uma mão gigante pega Ciel. Era de um Golem. Zero se vê forçado a lutar contra ele, mas com uma pistolinha ficaria difícil. Mesmo assim, ele foi pra cima. Mas aí, ocorre uma coisa curiosa: Um monitor começou a brilhar de forma esquisita e dele sai um coisa. Era um sabre de luz. E uma voz partiu do monitor, falando pra ele usar. Zero não entendeu nada, mas obedeceu. E com um golpe, partiu a cara do Golem ao meio e o mandou pro saco.

Ciel acabou sendo salva outra vez. Isso a deixou ainda mais derretida. Estava muito contente que tinha encontrado ele. Só tinha um porém: Nesse lero, o Zero, que já estava com o facho um pouco mais sossegado, começou a estranhar, pois não lembrava de porcaria nenhuma. Ele chegou até a alertá-la sobre a possibilidade dele não ser o próprio. Mas ela tava convencida de que era ele. Então, a garota chamou o loirinho pra ir pra Resistência, que nada mais era que um prédio subterrâneo mal-acabado, caindo aos pedaços e entupido de Reploids pé-rapados e sem-tetos que ganhavam a vida atazanando o governo de Neo Arcadia.

Lá, Ciel explicou sobre a presepada em que estava metidos: O mundo tava passando por uma crise energética global por causa da farra da humanidade e; como se não pudesse piorar, X, o antigo colega de porrada do Zero, deu uma de Fidel Castro e virou ditador da Cidade de Neo Arcadia, mandando matar todo mundo pra conseguir energia na mão grande (parte dela era usada na fabricação de seus próprios Cookies, que saiam horríveis,gosto de porra,o qual ele apreciava muito). Ela então pediu pra que Zero a ajudasse a Resistência a dar uma de Che Guevara e lutar contra o governo. Bom, Zero não sabia quem era, não tinha teto, mulher, quase nenhum pertence e nenhum teto pra morar... Ele, não sendo bobo, aceitou a parada e foi ajudar a Ciel, realizando as missões que ela passava e no meio delas óbviamente, descendo a porrada em quem estivesse na frente.

Se teve uma coisa que Zero não conseguia vencer de jeito nenhum era a tentação de agarrar esse peixão aqui, a Leviathan, que olhava quase como se dissesse "Vem me fazer feliz". Bom, falando a verdade, ele não fazia a menor questão de vencer essa tentação. Nem ele nem ninguém.

Nesse interim, ele conhece as maiores aberrações estrelas do jogo e talvez alguns dos mais infames famosos da franquia Megaman: Os 4 Guardiões de Neo Arcadia ou apenas Shitennou. Estes eram um quarteto de birutas guerreiros que foram encarregados de proteger a cidade de Neo Arcadia. O grupo era composto pelo líder Harpuia, um Reploid voador com Tendências Gays Ocultas e que adora Sailor Moon; Fefnir, um parrudo marrento metido a Chapolin Colorado e que vivia tendo crises de paralisia; Leviathan, uma nadadora, ninfomaníaca assumida e que já posou para a revista mega-playboy; e Phantom, um ninja otaku que vive fazendo firulas e é fã roxo de Naruto e tokusatsu. Eles eram melhores de briga do que os outros lazarentos comuns que o Zero tinha matado até aí, mas se ferraram do mesmo jeito (exceto a Leviathan, que foi ferrada - no mau sentido mesmo - já que ela "deu" pro Zero). Só que eles sobreviveram, não que o Zero tenha sido piedoso (porque ele não é), mas a excentricidade de todos eles caiu no gosto do povo do mundo real, tanto que eles sobreviveram por mais um tempo (com exceção do Phantom, que, já adiantando, pelo fato de ser um mala sem alça e sem rodinha, ele mesmo "rodou" mais cedo que os demais).

Bom, depois de muita porrada e de sucessivas perdas, a turma de Neo Arcadia perdeu as estribeiras e organizaram uma invasão à Resistência. Não foi muito bem sucedida (adivinhem o porquê) mas eles conseguiram causar alguns estragos. Ciel ficou toda xororô e acabou disparando que foi ela que criou o X que estava governando Neo Arcadia no momento a partir de partes do X original; em outras palavras, era MÃE do ditadorzinho safado de Neo Arcadia. O loirinho não chegou a querer dar bronca nela, pois não suportava vê-la chorando (embora não demonstrasse). O cara se ofereceu pra ir atrás do Hugo Chavez Neo Arcadiano, mas não podia ir pelo fato de não terem dinheiro de passagem pra Neo Arcadia e Ciel teve os bens confiscados em Neo Arcadia logo depois que ela deu no pé de lá. Foi então que apareceu de novo aquela luzinha esquisita que brilhou naquele monitor onde o Zero matou o Golem que tinha seqüestrado a Ciel. Essa luzinha era ninguém menos que X original. Sim, o bom e velho X virou um vagalume Gay (Sempre achei ele suspeito). Bom, o fato é que ele era ainda miguxinho do Zero (embora o próprio Zero não achava porcaria nenhuma), por isso, deu uma ajudinha porreta: Deu um passe livre pro Zero ir e voltar quantas vezes quiser pra Neo Arcadia.

Via de regra, o anjinho devia vencer o capetinha. Mas como esse anjinho era santo de pau oco e o capetinha não era lá mesmo um capeta, então não havia problema dos papeis se inverterem...

Era tudo o que o loirinho queria. E não deu em outra: Invadiu Neo Arcadia. E foi uma aula de invasão: Enquanto a invasão de Neo Arcadia à Resistência resultou em praticamente nada, Zero, sozinho, acabava com todo mundo que via pela frente, como sempre faz. Neo Arcadia entrou em alerta e intensificou as defesas, o que não adiantou muito. Por fim, chegando ao centro de Neo Arcadia, o loirinho teve que encarar de novo alguns dos indivíduos que ele já tinha derrotado nas suas missões anteriores. A coisa não terminou diferente. E em seguida, foi se ver com os Guardiões de novo. Foi uma zorra: Harpuia levou outro "balde de água fria", Fefnir acabou com outra crise de paralisia e Leviathan levou outro pé na bunda (além de levar outra coisa lá também que prefiro não comentar). Já o Phantom lutou e perdeu não só a batalha como a calma: Se explodiu numa tentativa de acabar com Zero, mas o loirinho escapou a tempo.

Escracha!

Zero então chegou finalmente a sala X, onde os três guardiões restantes, meio atordoados, o esperavam para detê-lo, numa tentativa desesperada. Foi quando Copy X, o soberano dos Cookies, finalmente apareceu e mandou os três de castigo pros quartinhos deles. Depois de uma troca de farpas, começaram a batalha por vias de fato. O ditador pentelhinho até que saiu bem, mas Zero não deu trégua e detonou o cara. Copy X não se deu por vencido e resolveu apelar, se transformando em um anjinho fajuto, afundou o chão ao redor dos dois e mandou tudo quanto é tipo de ataque, mas levou outro pau na moleira e caiu despedaçado no chão. Meio choroso, resolveu apelar a autodestruição, como geralmente os vilões fazem com suas fortalezas no fim dos filmes.

Zero escapou com a ajuda do vaga-lume X original. Foi então que ele contou o que ele fez enquanto o outro fazia o seu sono de beleza: Tentou seguir o ritmo de pancadaria dele. Mas não fez o sucesso com as mulheres da mesma forma que o seu companheiro fazia. Bom, ele não deixou isso explícito, isso foi perceptível através da mostra da sua forma holográfica: Pruma fadinha, faltava só a varinha de condão. O gosto dele por coisinha kawaii não mudou nada. Ele então pediu pra que Zero desse conta do resto enquanto ele ia descansar um pouquinho. Zero aceitou a parada. Ou era isso, ou era voltar pra base pra lavar roupa suja (à base do rolo de macarrão) com a Ciel. O porquê vcs já sabem...

Megaman Zero 2 (A purpurinada batalha contra Elpizo, a bicha que matou o Megaman X)[editar]

Zero, depois da sua visitinha em Neo Arcadia.

Depois de acabar com a raça do Copy X, Zero resolveu não voltar pra Resistência (Megaman Zero), pra não apanhar da Ciel, pois ele havia catado a Leviathan não uma, mas duas vezes (isso, pelo menos, é até onde a gente sabe). Durante um ano ele ficou vagando pelos desertos fazendo o que sabe fazer melhor: Dar porrada. Mas como ele não era nenhuma Brastemp Chuck Norris, ele ficou bastante deteriorado, vindo a cair de exausto depois de detonar um robô escorpião de quase 5 metros de altura (Encara essa, Escorpião-Rei!). Mas antes que os urubus sequer pensassem em lanchá-lo, uma figura verde cruza os céus, cavalgando (no bom sentido) num pássaro-robô. Era Harpuia, que tinha saído pra tomar um ar fresco com Aztec Falcon, depois de tanto trabalhar (pois ele foi posto como líder de Neo Arcadia depois que o imperador dos Cookies se foi). Harpuia até queria acabar com ele, mas as Tendências Gays Ocultas desse indivíduo fizeram com que ele o poupasse. O voador deixou o loirinho na porta da resistência e se mandou.

Ah, e também existe o Zero do Mundo do contra.

Um tempo depois, Zero nem acorda direito e a louca da Ciel já cola nele, dando beijinho, abraço e juras de amor (E olha que ele e a Leviathan tinham posto chifre na cabeça da loira - O tempo realmente cicatriza qualquer ferida mesmo). Se não fosse o Cerveau, a loirinha ficaria grudada nele pelo resto do dia. O primo do Scott Summers pediu pro Zero descansar, mas depois do tratamento intensivo do cara, o loirinho já tava em ponto de bala de novo. Nisso, ele saiu pra dar uma volta na Base da Resistência, que passou por uma enorme reforma e definitivamente perdeu a aparência caquética de antes. Nessa circulada, ele passa pela sala de comando e conhece a maior abominação da série: Elpizo. Ciel tinha posto essa criatura esdrúxula pra tomar conta da Resistência, enquanto a própria continuava as suas pesquisas (dentre elas, a descoberta do número resultante da equação 2 + 2). Zero definivamente não foi com a cara da bicha; já ela deu a entender que já tava a fim. Mas, depois da conversa, ele voi ver Ciel de novo pra levar um lero com ela. Nesse lero, ela mostrou os seus dois tubos. Er... Melhor, ela mostrou uma máquina que tinha dois tubos. Um deles tinha um bolinha brilhante flutuando no seu interior: Um Cyber Elf bebê, ou Baby Elf.

Depois da conversa, Zero voltou a passar pela sala de comando e vê Elpizo mandando a cambada da Resistência irem se organizarem pra executar a operação Ataque Certeiro, que não passava de um enorme ataque suicida frontal contra Neo Arcadia (Pelo menos, a nossa polícia trava operações mais inteligentes e com nomes mais legais, como Navalha na Carne, que se aplicaria muito bem ao Zero). Zero chegou a criticar Elpizo por mandar gente demais nessa operação, mas tomou uma dura da bicha. O loirinho até ficou com vontade de cobrir a bicha de tabefes, mas preferiu deixar essa passar pra não causar alvoroço. Elpizo pediu desculpas e perguntou se ele podia ajudar nessa operação, realizando algumas missões. Bem, Zero não tinha nada pra fazer no momento e já tava cheio de dar porrada sem motivo... Topou a parada. O cara simplesmente pintou e bordou: Saqueou um trem, esculhambou uma fábrica de Pantheons, vandalizou uma Lan House de esquimós lá no ártico, resgatou soldados idiotas perdidos numa floresta, trouxe outro Baby Elf pra alegria da Ciel e da Alouette (que adora Cyber Elfs, assim como adora cheirar gatinhos) e, de praxe, sentou a espada em quem viesse pela frente. Ele ainda reencontrou Gasparzinho X, que veio alertar que os Baby Elves estavam querendo a mamãe. A essa altura, Harpuia já estava se remoendo de remorso por ter resgatado o loirinho da morte certa no deserto.

Depois de concluidas as missões, Elpizo finalmente começou a sua operação. E foi sob protesto. Ciel queria terminar suas pesquisas para tentar fazer Neo Arcadia sossegar o facho e assim evitar perdas inúteis, mas Elpizo tava cheio de ódio no coração e partiu pro ataque. Não precisava ser muito esperto pra saber que isso ia acabar numa tremenda furada, até pq, Cerveau e Ciel já previram que isso ia acontecer. E enquanto Ciel ia pra salinha dela fula da vida, Cerveau pediu pra que o loirinho fosse atrás dele. Ele foi. A contragosto, mas foi.

Zero chegou ao campo de batalha, que era um prédio. O lugar tava uma zorra, com uma porrada de "cadáveres" pra tudo quanto é canto, além de uns mechaniloids que estavam de guarda lá. Bom, estavam. Zero deu uma folguinha eterna pra eles. Depois de destroçar trocentos robôs, além de 3 golems, Zero chega a sala central do prédio e dá de cara com os 3 Guardiões de Neo Arcadia, além do Elpizo que tava estirado no chão. A cena a seguir merece um pequeno destaque...

Leviathan: Ai, Zero! por que demorou tanto? Eu tava com tanto vontade de trep... Digo, de brigar que
tive que matar todos esses fracotes só pra passar o tempo, exceto esse bambi aí...

Fefnir: É isso aí, Zero! Essa cambada da resistência é tudo pra maricas que nem esse aí no chão!
É hoje que a gente resolve essa parada e não vai ter crise de paralisia que me pare! Vamos lá!

Harpuia: Pare!

Fefnir: Que... (Seu frango de padaria!)

Harpuia: ... (Filho da p#%@, eu salvo você e é assim que me agradece...)

Zero: ...

Harpuia: (Deixa quieto...) Zero... Você vai mesmo salvar esse cara?

Zero: Vou...

Harpuia: Me diz, pra quê? Esse... Esse cara é uma bicha! E você é um cara muito... Macho!

Fefnir/Leviathan: (Tendências Gays Ocultas...)

Harpuia: E além do mais, se você manter esse cara vivo, mais gente vai morrer por causa dele!

Zero: Eu vou salvar esse cara, porque eu TENHO que salvar. E não vou deixar que mais gente morra.

Harpuia: Como assim, você TEM que salvar? Não tô entendendo!

Zero: O dia que você arrumar uma namorada, o que eu acho dificílimo, que te espere em casa com um
pau de macarrão na mão pra acertá-lo na sua cabeça assim que você voltar, você então vai entender.

Fefnir/Leviathan: (OWNED!!!) XD

Harpuia: Legal, Zero, muito bom, mas será que você realmente consegue dar conta de tudo sozinho?

Operadora: Atenção! Chamada de emergência para Zero! Um OVNI está se aproximando da Base da
Resistência em alta velocidade! Retorne à base imediatamente!

Zero: Um OVNI?!

Operadora: Sim! Objeto Voador Não-identinficado! Eu não sei o que pode ser! Pode ser uma nave
alienígena, o Super-Homem, a Equipe Rocket... Sei lá!

Zero: Quem tá falando, é a operadora loirinha?

Operadora: Sim, como você soube?

Zero: ...

Leviathan: Uuh, ouviu essa, Zero? Essa nave que tá indo pra sua base tá levando uma linda bomba
feita especialmente pra vocês! ^^

Zero: Ah!

Fefnir: Bom, eu não sou muito chegado a usar bombas, mas no amor e na guerra, vale tudo! ^^

Harpuia: Vocês cometeram um erro que não iremos perdoar. Neo Arcadia, ou devo dizer, a sociedade
humana não é algo que os Reploids possam se rebelar. Do contrário, eles serão exterminados.

Zero: (Que metido...) Operadora! Nos transfira de volta à base! *É transferido de volta, junto com
Elpizo*

Harpuia: Zero... Eu não acho que destruir forças rebeldes seja algo justo, mas se elas continuarem
desobedecendo os humanos, destruí-las é o meu objetivo.

Fefnir/Leviathan: (Aff...)

Bom, Zero acabou que foi atrás da tal nave com a tal bomba. Ele pulou de uma nave da resistência em pleno voo no meio de um monte de nuvem preta (Só ele mesmo...) e parou em cima de uma joaninha gigante voadora (Coisa de Neo Arcadia, não tente entender). Essa joaninha era uma de um monte que tavam escoltando a nave Neo Arcadiana. Ele foi pulando de uma em uma, chegou na nave e detonou meio mundo. Chegando à cabine do piloto, que tava aparentemente vazia, ele chama Ciel pra ir até lá via Transerver Portátil. Zero teve que dar cobertura pra loirinha, pois a cabine não estava vazia como aparentava. Vários robôs de guarda apareceram para pegar os dois, mas nada que o Zero não desse conta. Depois de desarmada a bomba, Ciel voltou a base, Zero detonou outro meio mundo e saiu da nave, ainda matando um Reploid inseto na volta.

Já de volta à base, Zero e Ciel descobrem que a bicha do Elpizo começou a soltar a franga e saiu da base, levando os dois Baby Elves que estavam nos tubos do cafofo da Ciel com o intendo de encontrar a mãe deles, uma Cyber Elfa gigante enpacotada de maconha chamada Dark Elf, e usá-la pra destruir Neo Arcadia. A loirinha mandou Zero pra ir atrás dele, que ficou fulo por ter ir que atrás dele de novo, mas não disse nada pra não levar pau de macarrão na moleira. O loirinho foi pra todo canto procurando por ele. Nessa pequena jornada, ele saiu acabando com todo mundo como sempre e ainda teve que dar conta de um Reploid sapo e sossegar o facho dos três Guardiões de Neo Arcadia (especialmente o da Leviathan, que só sossega com o Zero e muita sacanagem) que foram atrás da bicha, a quem Zero chegou a encontrar algumas vezes. Mas, no fim das contas, ninguém conseguiu deter o bambi, que acabou por conseguir todos os itens necessários para invadir o centro de Neo Arcadia.

Zero caçando em Neo Arcadia, mais uma vez.

Elpizo, de fato, conseguiu invadir Neo Arcadia, mas sofreu um atraso: X, de alguma forma, conseguiu pentelhar a biba e os dois Baby Elves. Mas o fantasminha camarada não pode segurá-lo por muito tempo. E ele resolveu apelar pela ajuda do loirinho. Zero, então, foi atrás da bicha lazarenta, mas dessa vez, quis mesmo ir, pois já estava louco de vontade de dar um fim nela. Ele teve que perambular pela capital de Neo Arcadia e passar por três templos antes de poder liberar a entrada para o centro. Em cada um desses templos, estava um Guardião de Neo Arcadia. Bom, tudo parecia que as coisas iam correr da forma de sempre, mas dessa vez a coisa não ficou tão simples como antes, pois Elpizo botou os Baby Elves pra fazer estripulias. Eles não só deixaram os Guardiões bastante fumados, mas também os modificaram, deixando-os tunados e mais loucos do que nunca pra fulminar o loirinho. No primeiro templo, o Templo do Fogo, Zero encontrou Fefnir, que virou um Monster Truck, mas acabou pifando depois de levar porrada demais seguido de uma tremenda crise de paralisia, o que deixou o Chapolin louco de raiva. Depois, no Templo do Gelo, Zero encontrou Leviathan, que virou uma espécie de sereia com um corpo de arraia no lugar das pernas; a coitada também tomou uns sopapos e dessa vez não "deu" pro Zero por estar exausta demais. Por último, no Templo do Vento, Zero acha Elpizo descendo o cacete no Harpuia e a bicha ainda faz os Baby Elves entrarem no voador, que se transforma num jato columbino, que solta merda de pombo mísseis pela retaguarda. O voador foi derrubado e, depois de voltar ao normal, implorou pro Zero ir atrás da biba pra dar um fim nela, pedido que Zero se prontificou a realizar.

Finalmente, chegando a torre central de Neo Arcadia, Zero saiu fulminando todo mundo como de costume e, no topo da torre, encontra Elpizo fazendo a zorra. Lá, havia um globo gigante e embaixo dele, X, ou melhor, o corpo original de X jazia lá, servindo de selo para a Dark Elf, que estava dentro do globo. Zero partiu pra cima da biba, mas ela conseguiu paralisa-lo antes do loirinho sequer chegasse perto. Então, enquanto Zero ficava imóvel, Elpizo destruiu o corpo do X, liberou a Dark Elf e absorveu a ela e os seus dois filhinhos, se transformando num milico esgrimista cheia de purpurina maconhada. Então, livrou Zero da paralisia, pois queria travar uma luta com ele antes de "possuí-lo" pra todo sempre. Pra quê! Zero não perdeu a chance e sentou a mão na criança, mesmo ela estando super-poderosa. Elpizo, arrebentado, resolveu apelar: Pediu mais força e, de súbito, virou uma alegoria viva de carnaval e se tornou o Dark Carnavalesco Man, mais entupida de purpurina do que nunca. Mas, quando Zero tá na vontade, não há quem o detenha: Massacrou Elpizo, botou ele no chão e, finalmente, o lazarento pediu arrego. Ela tava pra morrer, mas de repente, a Dark Elf teve um surto, ficou boazinha (acabou espantando os Baby Elves no processo, pois pestinhas não gostam de gente direitinha) e fez com que o velho ditado se cumprisse: "Bicha não morre, vira purpurina". Ao virar purpurina, Elpizo foi embora, desapareceu e, graças a Inafune, não voltou a incomodar muito até hoje.

Megaman Zero 3 (A terrivel batalha contra Omega, o Reploid anti-cristo)[editar]

Geralmente é a Ciel que perde as estribeiras, mas Zero também costuma perder a paciência quando ela pentelha além da conta.

Dois meses depois da confusão que a bicha do Elpizo causou, a cambada da Resistência detectou uma leitura da Dark Elf num fim de mundo Neo Arcadiano: Uma região montanhosa e coberta de neve. Zero, Ciel e outros dois indivíduos da Resistência foram pra lá dar uma checada. Até chegar ao local, Ciel e esses dois indivíduos tavam batendo papo e eles estavam comentando sobre o sistema de energia substituta que Ciel plagiou fez, sobre o e-mail que mandaram pra Neo Arcadia e a expectativa daquela guerra estúpida acabar. Zero, que não curte muito um falatório, fez o que dificilmente um cara que vive sob ameaça constante de um pau de macarrão da namorada faria: Mandou ela (incluindo os outros dois bisonhos) calar a boca. Ela teve que obedecer, pois o loirinho deixou claro que eles estavam no meio de uma missão. Foi então que Ciel pegou uma leitura de um rastro de maconha idêntico ao da Dark Elf. Só que ela vinha de uma gigantesca nave espacial em forma de espada que não estava muito loge dali. Eles estranharam pois a leitura da Dark Elf era uma leitura única e a nave havia caído há pouco tempo.

Mete bronca!

Zero então se prontificou a ir até a nave e deixou o resto do pessoal lá mesmo por segurança. Saiu matando o que vinha pela frente, como sempre, até chegar a uma entrada da nave. E antes que ele pudesse entrar, Ciel tem um surto de carência e resolve pentelhá-lo pelo rádio, ganhando logo em seguida em "SILÊNCIO, IMBECIL!" por parte do Zero. De repente, os guarda-costas dela começam um tiroteio. Ela solta um berro. Zero começa a se preocupar um pouco... Quando uma velha e conhecida figura andrógina verde aparece: Harpuia. Ele disse que eram só os Pantheons enxotando a cambada de lá e mandou o loirinho se mandar também. Harpuia tinha deixado implícito que ele queria levar aquele "lero" de novo com Zero, mas do jeito que ele estava naquela hora, o loirinho entendeu que a coisa tava realmente muito feia por ali. Depois, o voador foi embora. Zero não deu a menor bola pra ele, mas mandou a sua turma cair fora de lá também, pois como sempre queria resolver tudo sozinho, do jeito dele. Antes porém, um alto grunhido vindo da nave ecoou pelos arredores. Parecia que alguém estava chamando pelo Zero (Ou, pelo menos, era uma desculpa inventada por ele só pra justificar sua entrada na nave). De qualquer jeito, ele entrou.

Zero pentelhando Omega pela primeira vez.

Como sempre, Zero saiu detonando todo mundo que via pela frente. Então, ao chegar a entrada do deck principal, ele ouve ruídos de uma briga bem feia. Eram Fefnir e Leviathan, que estavam apanhando muito, além de uns Pantheons, que tinham virado farelo. O adversário tinha o triplo do tamanho deles, braços teleguiados, só soltava grunhidos e tinha um cheiro insuportável de maconha emanando pelo corpo todo. O nome dele era Omega. O fim deles parecia quase certo, quando Zero entrou, pra desgosto do Fefnir e tesão da Leviathan. Os dois queriam continuar, mas ela não tava mais achando graça da luta (só achava graça com Zero, claro), além de ter apanhado um bocado e Fefnir teve outra crise de paralisia, pra ainda mais desgosto dele; os dois então se mandaram, deixando Zero sozinho com o grandalhão. Não deu noutra: Os dois travaram uma luta. E, sem nenhuma grande novidade, Zero ganhou. Só que uma coisa estranha aconteceu: O tronco e a cabeça do Omega começaram a emitir umas luzes estranhas. Eram os compartimentos de maconha do cara reinjetando energia nas veias do grandão. Zero tava pronto pra outra batalha, mas então um monte de raios caiu na cabeça do Omega, deixando Omega abatido de novo. Como dificilmente dois raios caem no mesmo lugar, então só havia uma explicação: Harpuia, de novo. Quando finalmente ele tava pra roubar a cena, uma risada horrorosa ecoou pelo local. Então, surge uma figura que parecia um lápis de saias, não tinha pés e o seu "capacete" não passava de um aquário cheio de formol com infusão de marijuana. Sim, senhores, vocês conhecem essa aberração: Dr. Velho Weil. Ele já chegou querendo se aliar ao alto escalão de Neo Arcadia. Harpuia tomou um susto, não só por causa da cara feia do velho, mas pelo simples fato dele estar de volta depois de toda a bandalha que fez. Foi quando outra figura se revelou, dizendo que o trouxe até lá: Era Copy X. O miserável voltou à vida pelas mãos do Dr. Velho. Harpuia nem podia acreditar; seu mestre havia voltado (melhor, era o que ele achava). Só que o mais engraçado MESMO... É que o metidinho a Fidel Castro tava gago, talvez por daados corrompidos (Agora vocês sabe o porquê das letras repetidas dos comentários dele nos artigos relacionados ao jogo). Baboseiras de lado, eles revelaram os seus objetivos: Ir no encalço da Dark Elf. Harpuia se pôs contra, pelo fato da crise de energia estar quase solucionada e pelo outro fato de Omega e o Velho serem uma dupla de desgraçados que acabou com o mundo quase por completo. Mas o velho filho duma égua apelou pro sentimento patriótico do voador, que ficou fulo, mas ficou quieto pra não pagar mico. Antes do Velho & Cia. caírem fora, Copy X propôs uma disputa com a Resistência pra pegar a Dark Elf e o Dr. Velho lançou cometário esquisito pro Zero...

Cquote1.png Vamos ver até você vai com este corpo... Hehehehehe... Cquote2.png
Dr. Velho Weil sobre Zero

Aqui está Ciel se pesando. E Zero tentando passar despercebido depois de outra "festinha".

Zero ficou meio pasmo com aquela reunião de loucos e não entendeu quase porcaria nenhuma, mas deixou isso quieto (por enquanto) e voltou pra resistência. Lá, eles resolveram topar a aposta do Copy X e traçaram rotas pra procurar a Dark Elf. Depois de tudo pronto, Zero foi à luta: Arregaçou uma fábrica de mísseis; foi passear num viaduto submerso, onde a Dark Elf armou a maior presepada; entrou num sucateiro esquisito e bisbilhotou uma cidade abandonada coberta de plantas, onde aqueles pentelhinhos dos Baby Elves estavam procurando a mamãe e acabaram encontrando o Velho, que os adotou como netos e eles ficaram felizes da vida. Em cada um desses locais, ele encontrou uns sujeitos esquisitos, que se declaravam os números de Weil. Eles na verdade, formavam uma espécie de júri em Neo Arcadia, sendo por isso chamado de Juízes Gentis (Que baitolice), mas sofreram lavagem cerebral expressa do Dr. Velho. Pareciam Reploids humanóides normais, mas viravam uns bichões horrendos para poder lutar: Um que tinha um tufozinho ridículo na cabeça virava um lagartõ de capelo, em pirralhinho virava um troço feio que dizem ser um coelho, um metido a inglês de alta sociedade que virava um morcego com uma cara parecida com aquela máscara de Hannibal e um verdadeiro palito que virava um louva-deus que com Deus não tinha nada a ver de fato. Todos eles tiveram uma aula de "gentileza" com Zero.

É, não se pode escapar de todas, né, Zero?
Zero: MMMmmmmmmMMMmmmph!

Depois disso tudo, o alarme soou na Resistência: Era Neo Arcadia que resolveu apelar. Eles localizaram a Dark Elf num distrito residêncial. Aí, eles prepararam um míssil daquela fábrica que o Zero esculhambou pra fulminar com o local, só pra que ninguém metesse a mão grande na criatura. Só pra ter uma pequena ideia do apelação, bastava saber o viajante ilustre que embarcaria nele: Ninguém menos que Omega. Óbvio que a Resistência não deixaria essa passar essa em branco. Então, lá foi Zero pra plataforma de lançamento do míssil. Bom, como vocês sabem, rolou aquela carnificina rotineira até Zero chegar ao míssil. Foi aí que a coisa complicou: O míssil tava pra decolar. Zero subiu no míssil e conseguiu entrar pela propulsão do foguete. Foi correndo foguete adentro pra não ficar em nenhuma parte destacada pra não virar patê de ferro no chão. Depois de muita correria, conseguiu entrar numa parte fixa do foguete. Só que os Baby Elves, os filinhos desnaturados da Dark Elf, agora com Zerofobia assumida, estavam esperando por ele. Eles acabaram travando uma luta lá mesmo. Quem disse que pirralhos não sabem bater? EU DIGO! O loirinho desceu um sarrafo que nem Supernanny teria coragem de dar!

Só que os Baby Elfes estavam mesmo era ganhando tempo até que o míssil atingisse o alvo. É, eles conseguiram! Zero saiu vivo, mas meio ferrado, não tendo como reagir. Não pode fazer nada pra impedir Omega de absorver a Dark Elf e virar Super Sayajin... Er... Bom, ele ficou dourado, só isso. Ele então partiu pra cima do Zero, sob festejo dos malditos Baby Elves, quando Harpuia apareceu, fulo por ter perdido o emprego de Guardião de Neo Arcadia e pronto pra descontar no grandão. Só que dessa vez, foi o voador que levou a pior. Vendo isso, Zero foi ao ataque mesmo ferrado, mas Ciel, já não aguentando ver Zero se meter em mais fria, transportou o loirinho e o Voador pra Base.

Já recuperado e tinindo pra descer a porrada nos Neo Arcadianos pela frustração que passou, Zero foi pra outras missões a fim de evitar possíveis ataques a Resistência resultantes da alegria do metidinho a Adolf Hitler. O que ele não esperava é que ele voltaria a ver uns velhos "amigos" de Megaman Zero 1 nessas missões, uma coisa muito bela: um mico, uma mula e uma cadela. Lutaram como sempre. Perderam também. Depois deles, foi a vez do Copy X. Depois de inavadir Neo Arcádia pela zilionésima, Zero foi atrás do gaguinho. Vindo com novos golpes e o mesmo idealismo. Lutou como nunca, mas da mesma forma que os três idiotas mencionados anteriormente, perdeu como sempre. Então, outro velho amigo apareceu. Agora é sério, esse era amigo mesmo: Era o X original, isto é, o Gasparzinho de Camisola para os mais engraçadinhos. Ele foi falar pro seu piratão que Weil passou a perna nele, mas o gaguinho ficou tão fulo que tentou acessar a sua forma de anjinho fajuto, mas ao invés disso acontecer, o cara se explodiu! Weil tinha metido uma bomba especial no corpo dele pra explodir assim que tentasse acessar a sua forma final. Depois disso, X ainda levou um lero com Zero. O cabeçudo tava tentando dar uma força pro loirinho, que não entendeu nada. Mas ficou por isso mesmo e cada um foi pro seu canto.

Até aqui, Weil tava indo por cima da carne seca: Conseguiu a Dark Elf e a colaboração dos Baby Elves, fez Copy X integrá-lo no alto escalão de Neo Arcadia, demitir os Guardiões e deixar o próprio velho no lugar de todos eles, depois fez o próprio se explodir. Pronto. Era tudo que ele precisava pra virar o grande senhor de Neo Arcadia. Mas ainda precisava se impor um pouco mais: Realizar uma produção mais maciça de energia, pentelhar um pouco mais os inimigos e por aí vai... Só que a Resistência não ficou parada, muito menos Zero. Lá foi ele pentelhar as paciências do Dr. Velho à sua moda: Invadiu uma usina, foi socorrer alguns colegas num fim de mundo coberto de neve, deu uma de detetive ao bisbilhotar uma biblioteca submersa e foi encher o saco do pessoal que tava transportando armamentos num elevador gigante. Nesses locais ele encarou os 4 Números de Weil que restavam: Uma raposa de sexualidade duvidosa, um cacto ambulante obeso que lança lascas de gelo (vai entender), uma enguia retardada com complexo de felicidade excessiva e um vira-latas gigante de três cabeças. Também tiveram um excelente aula de "gentileza".

Passam os séculos e esses dois continuam como arroz frio: Unidos até debaixo de porrada.

Depois disso tudo, Zero e Ciel se meteram a detetives e foram tentar desvendar o passado de Weil e Omega. Quando terminaram, veio a surpresa: Os Reploids começaram a ficar sob controle de Weil através de Omega, inclusive os da Resistência (exceto Zero por não ser modelo atual), que cercaram os dois loirinhos e se prepararam pra fuzilar os dois. Mas X chegou e soltou um facho de luz "sossega leão" e botou todo mundo na Resistência pra dormir. X então indicou onde Weil estava: Uma área subterrânea de Neo Arcadia, conhecida como Sub Arcadia. Zero foi pra lá, detonou todo mundo de novo (Tá ficando chato, não?) e ainda encoontrou a alma penada do Phantom e, só por força de hábito, desceu a porrada nele também. Zero, então, encontrou o Dr. Velho, mas ele se mandou e botou os Baby Elves pra lutar com o loirinho de novo. Mas dessa vez, Zero não teve mais o resquício de compaixão de Supernanny que teve antes: Mandou os dois não pro cantinho da disciplina mas, sim, pro raio que os partam.

Por fim, Zero conseguiu invadir o laboratório do Velho e, depois de mandar os 8 Números de Weil novamente pro saco e acabar com meio mundo, foi encarar Omega na forma dourada, depois de Weil o pentelhar através um monitor. Mas a coisa agora foi diferente. Zero tava inteiro e deixou o Omega não tão inteiro assim. Mas Weil tava apelão no momento e mandou Omega liberar geral a força da maconha enfiada na Dark Elf e o cara virou uma aberração, um monstro de três cabeças, sendo que uma delas parecia a do X, outra, a do próprio Zero e a terceira, pequena, ficava meio escondida entre as outras duas. Só que Zero já tinha um certo costume de enfrentar criaturas astronomicamente grandes, por isso não se intimidou e mandou a ver. Aquela cabecinha levou tanta porrada que o choque fez o monstro se explodir todo.

Quando Zero foi ver, ele tinha voltado ao lugar onde acordou do seu sono secular de beleza. Foi então que Weil revelou a última surpresa: O corpo original de Zero, usado por Omega (leia o início do artigo, seu preguiçoso). Claro que Zero não entendeu nada, ele não lembrava de nada do que houve antes de dormir. Nessa hora, Weil aproveitou pra pisotear a moral do loirinho, dizendo coisas do tipo "Eu tenho, você não tem". Zero ficou fulo com isso mas conseguiu manter a cabeça fria. Foi o bastante pra enfrentar Omega. Muito mais apelão do que antes, provou que era um oponente à altura, pois usava os mesmos golpes do Zero, só mais fortes que do Zero. Mas Zero sabia o que fazer. Ele tava lutando com praticamente ele mesmo. O seu espírito porradeiro não deixou ele na mão e ele conseguiu derrubar o cara.

Mas não acabou ainda. A Dark Elf saiu do corpo do Omega e começou a curá-lo. Zero tentou impedir mas foi repelido pela própria bolota roxa e já estava pouco se aguentando. E Weil ainda lembrou que estava controlando os Reploids. Mas como era fim de jogo, a sorte tinha que mudar de alguma forma e terminar tudo bem, não é? Pois é. Foi quando as estrelas dos 3 Guardiões de Neo Arcadia volaram a brilhar: Harpuia, Fefnir e Leviathan voltaram, entraram na parada e lincharam Omega bonito. Harpuia ainda bancou o dedo-duro e revelou que Weil não tava controlando porcaria nenhuma. Como se nada disso bastasse, o efeito da maconha no corpo da Dark Elf finalmente começou a desaparecer. E pra completar a humilhação, X chegou e revelou o que ele e Zero fizeram com Omega, antes do loirinho apagar. Então, o cabeçudo, na sua vivência, deu aquela forcinha moral básica pro Zero. Aí, o espírito porradeiro dele voltou com força total. Weil ainda tentou apelar, reclamando que ele ia destruir o seu corpo original, mas ele não tava nem aí. Partiu pra cima do Omega e acabou com a raça dele. Nisso, o Omega explodiu e acabou com tudo ao redor, incluindo os três Guardiões.

Zero, porém, escapou milagrosamente, mas ficou desacordado. X ainda deu uma cochichada na cabeça dele antes de ir embora pra sempre, pois já não aguentava mais viver no mundo real. Então, veio aquela vozinha melosa familiar e assim Zero acordou e viu que era Ciel, aliviada por ele estar bem, além de Cerveau, um outro idiota lá e a Mother Elf. É, o efeito da moconha nela se foi e voltou a ser quem era. E foi ela quem trouxe Zero de volta a Resistência. Aí, a parte melosa: Ciel disse que X falou pra ela o que aconteceu e que, pra ela, o Zero é o Zero. Essa, por milagre, conseguiu deixar Zero meio derretido, o bastante pra ele soltar um "Obrigado", o que deixou Ciel com coração saculejando. Aí, o cara se encheu de moral e falou: "Eu sou Zero". E não tem mais ninguém que contrarie isso agora. Fim de papo.

Megaman Zero 4 (A Morte de Zero, agora é pra valer)[editar]

Weil tinha tomado controle total de Neo Arcadia e, como Elpizo faria, mudou tudo lá. A diferença é que, se fosse mesmo Elpizo, tudo lá ficaria no estilo Fashion, mas, como era o Dr. Weil, tudo ficou no estilo Inferno mesmo. Humanos e Reploids, todo mundo era tratado como Maverick e atazanados dia e noite. Até os Pantheons, aquelas clones estúpidos do X, não escaparam do sadismo do velho e foram depostos, sendo substituídos pelos Valiants, robôs designados pelo próprio Weil, mais ágeis, mais obedientes e aparentemente mais inteligentes. É, a coisa ficou insuportável por lá. Tanto que muita gente por lá queria dar no pé de qualquer jeito.

Nesse interim, um grupo de humanos, liderado por uma jornalista maluca chamada Neige, pegou uma frota de caminhões, vazou de Neo Arcadia e foi atravessar um belo fim de mundo. Weil não gostou nem um pouco disso, isso porque ele precisava de alvos pro seu sadismo e, há quem diga, de uma menininha pra traçar, pois nenhuma em sua sã consciência iria chegar perto dele. Então ele mandou seus Valiants irem atrás dos fugitivos. Eles alcançaram um dos caminhões, mas antes que pudessem fazer algo, Zero aparece praticamente do nada e fulmina alguns deles. Sob orientação da Ciel, ele vai por cima dos caminhões, detonando todo mundo como sempre e, de quebra, dando a Neige a oportunidade de ter uma vista panorâmica do seu traseiro. Pra terminar o passeio, Zero ainda teve que derrubar uma nave que saiu de dentro da terra.

Neige, sendo a jornalista biruta que é, não perde tempo mesmo: Assim que viu, ela tirou uma foto da retaguarda do Zero. Mas, como ela tava dirigindo um caminhão a toda, a foto saiu borrada. Lembrem-se, crianças: Tirar foto enquanto dirige é infração grave, dá multa e 40 pontos; cinco na carteira e 35 na cabeça.

Depois do susto, a caravana maluca deu uma paradinha pra respirar aliviado. Então Zero e Ciel aparecem e levam um lero com a Neige, que informa o que aconteceu em Neo Arcadia e a sua pretensão de ir a um lugar chamado de Area Zero, um lugar florido e bonito que teve a natureza restaurada graças ao sistema modificador de clima de uma colônia espacial que caiu na terra a séculos atrás blá blá blá whiskas sachê... Enfim, os humanos só queriam um cantinho sossegado pra ficar e, de preferência, sem Reploids. Os humanos simplesmente os detestavam por causa das diversas desgraças ocorridas no passado, só pra lembrar : os reploids se rebelaram contra eles com a liderança de um Carecão, depois eles foram tapeados por um cientista chamado Dr.Doppler (que era um reploid), deixaram duas colonias espaciais cair no planeta, espalharam um vírus de computador pela Terra umas trocentas vezes, quase foram extintos pelos Mavericks (que só pra lembrar são reploids), quase foram todos dessa para melhor por causa de Omega (que é um reploid), foram feitos de trouxa durante anos pelo governo de Neo Arcadia (que só tinha reploids no comando!!!)... emfim os humanos só guardavam boas memorias dos reploids.

Cquote1.png Por mim eu pegava uma máquina do tempo e matava o Dr.Light e o Dr.Wily antes deles criarem os primeiros reploid deles, foram esses filhos da puta que criaram esses ferro-velhos Cquote2.png
Humano da Caravana

Bom, a pequena turma da Resistência que tinha ido lá no fim de mundo estacionou o trailer que ganhou numa rifa e arrumou as coisas. Ciel ficou com receio de alguma coisa acontecer com a caravana e pediu pra que Zero procurar o acamapamento dela só por precaução. Mas antes que ele pudesse ir, a operadora que foi com eles, Rouge alertou sobre múltiplos de sinais de Reploids. E eram Reploids de Weil. Sem perder tempo, Zero foi transportado e foi parar numa bela floresta, a qual Ciel ficou olhando abisonhada pelo monitor do trailer, deixando o loirinho a esperar instruções. Problema resolvido, lá foi ele pela floresta e acabou por entrar na colônia espacial caída. Lá, depois de acabar com um robô gigante atirador de mísseis, ele avança colônia adentro e ouve um ruído horrendo.

Esculacha mesmo!

Era um Reploid galo escandaloso, que tava tentando ferrar com o sistema modificador de clima. Ele entra na sala e, querendo melhorar um pouco o seu humor, debocha do bicho, deixando ele fulo. Mas antes que começassem uma luta, mais sete reploids esquisitos aparecem tirando onda do loirinho: Um lobo firulento, um jabuti com mentalidade militar, uma borboleta otaku, um pégaso baitola, Lula Molusco Reloaded, um boi de cara roxo e uma mandrágora cabeça-de-repolho. Zero avança um pouco, mesmo com receio de encarar oito reploids. Mas um cara parrudão se põe no meio: Kraft, um soldado Neo Arcadiano com um imenso trabuco engatado nas costas, líder do extinto BOPE de Neo Arcadia e, na ocasião, das oito aberrações que se denominava Einherjarra e o encarregado da operação Ragnarök (Capcom merece um prêmio pela imensa criativiade), que consista em destruir a Area Zero. Ele menosprezou o loirinho, dizendo que ele não era ameaça e que podia acabar com ele mais tarde. Coisa da qual ele viria a se arrepender mais tarde...

Os oito esquisitos saíram e puseram a se espalhar para criar ataques diferentes contra Area Zero, que não é um lugar criado em homenagem ao loirinho e sim, a área restaurada pelo sistema modificador de clima. Zero e Ciel bem que tentaram alertar o pessoal da caravana, mas eles foram tão paranóicos com Zero que o loirinho nem quis gastar mais saliva de Reploid com eles. Então, lá foi Zero resolver tudo à moda antiga: Na porrada.

Depois de pulverizar quatro daqueles Reploids execráveis, um alarme de invasão soou no trailer. A cambada de Neo Arcadia invadiu o acampamento da caravana. Zero correu pra lá e não só sentou a mão em meio mundo como apagou incêndios e salvou alguns caravaneiros bastante ingratos. Zero prosseguiu e encontrou o invasor: Kraft. Pouco lero, muita porrada. A grande maioria foi no soldado, que ficou de joelhos. Zero tentou levar uma palavra com ele, mas ele se pôs de pé, querendo mais e Zero se preparou outra vez. Porém, antes deles começarem de novo, Neige se mete no meio e dá uma reprimenda nos dois, especialmente no Kraft, dando a entender que eles eram velhos conhecidos. Mas aquilo foi um erro. O que Kraft realmente queria não era causar um alvoroço no acampamento e sim capturar a jornalista! E assim aconteceu. E antes de Zero ir se preparar pra ir atrás deles, ele teve que dar uma bela reprimenda no pessoal da caravana, que tava pra virar as costas pra Neige por ela ser amiga do Kraft.

Cquote1.png Olhem só para vocês, cobertos de medo! Seus covardes, mariquinhas, franguinhos! Bando de Elpizos! Cquote2.png
Zero sobre Caravana

Faz a consciência doer mesmo!

A caravana ficou pianinho e finalmente começou a largar da maldita paranoia deles, pedindo pro Zero ir salvar Neige. E ele foi. Pra prisão. Não como prisioneiro, claro, mas como o invasor que sempre é. Depois de acabar com a segurança do local e com um carcereiro do tamanho da língua de uma sogra, Zero encontra Neige, que tava esperando Kraft pra discutir a relação. Sim, Neige e Kraft eram namorados; melhor, ex-namorados... Aí, o grandão apareceu, levou outra reprimenda, ele não ligou muito e por aí vai... Bom, o clima que já não era muito bom piorou demais depois que Dr. Velho apareceu na área, rindo da cara de todo mundo como de costume. Sob ordem do ancião da miséria, Kraft se pôs a acabar com o loirinho e a ruivinha, mas ninguém contava com a astúcia dela: Ela lançou uma bomba de luz pro ar e Zero aproveitou a brecha pra quebrar o chão e fugir pelo subterrâneo. Lá, Neige foi transportada de volta, mas antes que Zero pudesse ir, o alarme disparou e interferiu no sinal de transferência. Ele teve que se virar, né... Coisa de praxe: Revirou a fuça de uns Valiants, quebrou uns robôs e outros... Enfim, ele conseguiu e se mandou.

Passou o tempo... E os outros quatro idiotas do Einherjar eventualmente foram pra cucuia. Aí, todo mundo respirou aliviado achando que a ameaça acabou...


Acabou uma ova, isso sim! Tudo tem que dar errado de uma hora pra outra! A outra operadora da Resistência que ficou na base começou a dar chilique, falando de um troço imenso que surgiu no espaço. Nesse momento, um outro sinal fura a fila e intefere no sinal da Resistência.

Zero sentando a mão no Kraft. Hã? Axl? Sei lá, vai ver que é algum lapso de memória...

Era o Velho, de deboche de novo, dizendo que aqueles oito estúpidos só estavam ganhando tempo pra ele construir um canhão espacial... Adivinhem o nome dele! Hã? Ragnarök? Como é que você soube?!

Idiotices a parte, Weil tava a um passo de mandar a Área Zero pro ares. Tava. Kraft, que tava enfiado lá no satélite, passou a perna do velho e quebrou a recepção do controle remoto do ancião da desgraça, passando com isso a ser o controlador o satélite. Tudo porque os sentimentos pela Neige e a sede de vingança por tudo que o velho aprontou com ele já estavam mais do que insuportáveis. Então, ao invés de detonar Área Zero, ele iria explodir o local onde estava o Velho: Neo Arcadia. Ciel quase teve um ataque ao saber disso e mandou aos urros que toda a cambada da Resistência mexesse seus traseiros gordos pra tirar todo mundo de Neo Arcadia. Quanto a Zero, ele fez uma transeferência forçada até o canhão espacial a fim de evitar que Kraft desse o tiro. O loirinho bem que tentou; correu o quanto pôde, mas essa ele não conseguiu; Kraft fez o disparo antes que pudesse entrar na sala de controle. Mas o loirinho não esmoreceu: Entrou lá e encheu o parrudo de porrada de novo e com ainda menos piedade, mesmo depois do grandão ter vindo mais apelão do que antes. Kraft, antes de ir pra conta do Papa, sentiu vergonha por tudo o que fez, especialmente com a Neige, e pediu pro Zero cuidar do resto.

De volta ao trailer, Ciel recebeu um relatório de Colbor (um inútil que apareceu em Megaman Zero 1), informando que eles conseguiram tirar todo mundo de Neo Arcadia, deixando a loirinha aliviada. Bom, mais uma vez as coisas pareciam voltar a ficar calmas e todo mundo ficaria feliz, exceto Neige que perdeu seu macho e os Neo Arcadianos que perderam a sua cidade. É, parecia que tudo ia ficar bem...


As pessoas simplesmente não aprendem que não se canta vitória antes do fim. Quem deu essa lição foi o próprio Ragnarök. Ele deu um tiro num local próximo da Área Zero e, pior, se pôs numa órbita em que ele se chocaria com o local referido. Como ele fez isso? Sozinho? Do nada? Talvez. Zero foi posto pra voltar pra lá justamente pra averiguar isso. Mas como a área do canhão espacial onde Zero entrou antes foi posta de quarentena justamente por ter sido infectado pelo próprio, a cambada da Resistência teve de arrumar uma outra maneira de fazer Zero entrar no canhão de novo. Começava assim a viagem mais maluca da série inteira.

Primeiro, por dica da Neige, Zero invadiu uma base de transferência em massa e, além de colocar todo mundo pra dormir, tentou liberar a função de transferência, mas nisso, ele ativou uma trava de segurança muito louca e apelona, que se rebatia em tudo quanto é canto; o loirinho acabou tendo que parti-la em dois. Depois, vejam vocês, ele foi transportado, com ajuda da Ciel, para dentro do circuito de transefrência do canhão, um lugar tecnologicamente surreal. Lá, Zero teve de dar um jeito numa bolota brilhante, que era nada menos que o programa de proteção do circuito. Depois de dar cabo dela, finalmente Zero pôde entrar de novo em Raganarök.

Já lá dentro, depois de fazer aquele genocídio rotineiro e de quebrar as fuças de todos os idiotas do Einherjar de novo, Zero entrou na sala do núcleo. Ele tinha que desativar o núcleo do canhão espacial antes dele entrar na atmosfera.


Zero na sua última e mais emocionante batalha!

Antes que o loirinho fizesse algo, aquela horrenda risada familiar soou no local. Sim, senhores descíclopes, o Dr. Velho ainda estava vivo! Bem arrebentado e muito fumadão, mas vivo. Ele sobreviveu ao desastre em Neo Arcadia graças (além da maconha, pra relaxar um cadinho do susto) ao corpo mecânico que tinha funções de ressurreição - eu disse FUNÇÕES DE RESSURREIÇÃO - que o povão, na sua imensa burrice, fez pra ele antes de mandá-lo pro espaço, inocentemente achando que um psicopata como ele iria se arrepender de toda a desgraça que ele fez. Pior: O velho, depois que sobreviveu ao ataque, deu umas tragadas, foi pro Ragnarök, deu um tiro e mudou a orbita dele, crente que sairia vivo mesmo depois do impacto na Area Zero, só pra apreciar a cena e ficar mais fumado ainda com a fumaça que iria subir depois do desastre. Ele tava mesmo tão fumado confiante que resolveu encarar Zero. Isso aí. Ele se fundiu ao núcleo do Ragnarök, de um jeito parecido como Seiya veste sua armadura e ficou pronto pra apanhar do Zero. E apanhou mesmo.

Mas não acabou ainda. O teto do canhão espacial explodiu e Zero ficou praticamente exposto no espaço. Ragnarök já tava pra entrar em contato com a atmosfera da terra e Ciel já tava começando a dar chilique pro Zero sair de lá urgente antes que não desse mais pra tirá-lo de lá.


Parece que Zero recobrou um pouco a sua memória quando foi pro além. Se ele já tá fulo desse jeito, imagina só quando ele lembrar que tinha Cheat Codes...
Você: Peraí! Mas os Reploids, quando morrem, não vão pro Cyber Espaço?
Eu: Ainda bem que não são só os noobs que veem essa porcaria de artigo...

O lazarento do Weil saiu de dentro de Ragnarök ainda VIVO, nem Claro, nem Tim e tampouco Oi, mas VIVO! Ele queria provar que vaso ruim não quebra e resolveu apelar. Fez um monte de cabos do canhão empalarem a ele mesmo (se fosse Elpizo ali, nem queira imaginar como ele iria berrar), que injetaram maconha em tudo quanto é canto do corpo dele. E ele cresceu... Cresceu... Se inchou... E acabou virando um monstro, com a cabeça dentro de um aquário no meio do peito e um chifre enorme cheio de olhos vermelhos resultantes da maconha. O canhão se aproximava cada vez mais da terra e Ciel já tava ficando louca de tensão (Não é tesão, é tensão! Só seria tesão se fosse a Leviathan), implorando pro loirinho voltar. Mas Zero tava determinado a ir até o fim. Ele sabia que detonar o velho naquela hora faria o canhão espacial se despedaçar e os pedaços se queimariam na atmosfera.

Sim, ele morreu e virou um caco. Mas encarou com coragem duas das senhoras mais poderosas da terra: Srª Atmosfera e Srª Gravidade.

E ele sabia que já sairia tostado nessa história também. Por isso, ele levantou a cabeça, se preparou e foi mostrar pra ele quem era o Reploid que detona e humilha todo mundo. Na raça, ele quebrou o aquário onde tava o Dr. Velho, fez o velho se estoporar todinho e finalmente o mandou pro quinto dos infernos.

Bom, sem mais surpresas aqui. Àquela altura, Zero não podia ser transportado de volta e ele não tinha os Cheat Codes de vidas infinitas com ele, até porque ele nem sabia mais que tinha. Não teve jeito: Junto com os pedaços de Ragnarök, ele virou torradinha gostosa ao entrar na terra, restando poucos pedaços dele que foram parar lá para os extremos do Acre. Todo mundo ficou inconsolável: O pessoal da Resistência, da caravana e também de Neo Arcadia, que já estavam começando a sentir saudades das constantes invasões do loirinho. Muitas garotas quase causaram um dilúvio com as tantas lágrimas que derramaram por ele. Muitos homens também choraram, mas de felicidade, porque o cara que fazia todas as garotas babarem por ele finalmente se foi. Já Ciel caiu num choro incessante, porque perdeu o namorado antes de perder a virgindade com ele e, futuramente, cairia numa longa depressão. E Alouette e Typhon (um pirralhinho da caravana) ganharam uma verruga no dedo por terem apontado pro Zero, mesmo sem saber, enquanto ele bancava a estrela cadente.


Sergiomalandro.jpg Haaaaa!!

Pegadinha do Mallandro!!

Produção! Produção!


Megaman Zero 5[editar]

Antes de falar qualquer coisa sobre essa parte, o Padre Quevedo tem algo importante a comunicar.

Non.png

Megaman Zero 5 non Ecziste!


Portanto, se você, noob de plantão, teve alguma esperança, por menor que seja, de que esse jogo existia ou que vai existir, PODE ESQUECER!!! Se continuar pentelhando os outros com essa palaçada, vamos te botar pra ouvir um dos sermões do convidado Padre Quevedo. Tá avisado!

... ou então o irmão do zero, Pablo Vittar.

Série ZX[editar]

Modelo Z

Zero foi pro beleléu; isso é fato. Mas Ciel, depois de anos de depressão e muita choradeira, ela lembrou que tinha um trunfo na manga: Cheat Codes! Não eram os de vidas infinitas, mas ainda assim, viria a ser muito útil! Ela descobriu que a mente de Dr. Weil se integrou aos pedaços de Ragnarök, dando origem ao Biometal Modelo W. Depois de muitas pesquisas e uso dos Cheat Codes, ela conseguiu criar os seus próprios biometais. E em um deles, estava o espírito porradeiro do Reploid que detona e humilha todo mundo. Este era o Biometal Modelo Z.

Ciel, antes de sumir das vistas de todos, deixou esse Biometal com um bebedor compulsivo de café cujo nome era Girouette. Giro, como era chamado, era um bom usuário do biometal, mas seu vício por café o impedia de extrair o poder total do seu espírito porradeiro, o que mais tarde ocasionaria em sua morte prematura depois de cair numa emboscada. Mas Modelo Z não ficou largado por aí. Dois pirralhos e capachos do Giro, Vent e Aile, tomaram o Modelo Z e executaram o Double Rock On com ele e o Modelo X, transformando-se em Megaman Modelo ZX. Nessa forma, os pirralhos tinham condições de usufruir da força máxima do espírito porradeiro do Modelo Z, justamente por estar ao lado do Modelo X (o biometal feito com base daquele Gasparzinho de Camisola) os quais, antes de virarem cabeças flutuantes, eram companheiros de porrada. Graças a isso, os dois pentelhos se mantiveram vivos por mais um bom tempo.

Este é Vent, um dos digiescolhidos do Biometal Modelo X. Ele pegou o Modelo Z na maior mão grande e ficou desse jeito, parecido com o Zero, ao usar os dois biometais. Para nós, uma vista constrangedora; para os inimigos, uma vista aterradora.

Depois dos pirralhos terem acabado com Serpent, o último chefão do primeiro jogo da série ZX, eles saíram mundo afora pra destruir os Modelos W, que ainda tinham aos montes. Quatro anos depois, Vent (que virou uma sósia do seu falecido opressor chefe) e Aile (que virou uma tremenda gostosa) tavam dentro de uma pedreira pra acabar com outro Modelo W, quando outros dois pivetes, Grey e Ashe, detentores de biometal pirralho chamado de Modelo A entraram na área. Os quatro babacas mal se encontraram pela primeira vez e já começaram a bater cabeça e acabaram se atacando lá. No fim das contas, quem diria, Vent e Aile perderam a luta, mas pelo menos não foi de lavada. O Modelo W caiu prum andar mais abaixo da pedreira que mais tarde os quatro acabariam destruindo. Então finalmente se acertaram.

Depois de um tempo, Vent e Aile viriam a dar mais uma mãozinha a Grey e Ashe, levando os dois e mais alguns caras para Ouroboros, uma nave esquisita formada pela fusão de vários Modelos W que mais parecia uma cobra fazendo sexo oral nela mesma; foi carinhosamente apelidada de Rosquinha Gigante do Apocalipse e era pilotada por outro cientista maluco que se dizia um deus, Mestre Albert. Grey e Ashe foram quebrando tudo lá dentro até encontrar os ladrões safados que roubaram 4 biometais de Vent e Aile, que eram Aeolus, emonerd neonazista com agravante filosófico; Atlas, sapatão militar; Thetis, bichinha militante do Greenpeace e Siarnaq, um biruta que fala como um operador de caça. Os dois mocinhos até iam lutar com eles, mas Vent e Ashe assumiram a parada. Grey e Ashe foram então atrás do Albert acertar as contas.

A luta pelo jeito tava feia. Mas o Modelo Z, vendo que a coisa não podia se prolongar mais, perdeu a paciência, saiu da transformação de Vent e Aile mandou os dois ir ajudarem os dois moreninhos. Ele queria resolver as coisas sozinho, como nos velhos tempos e estava certo de que não ia perder. Os dois relutaram em ir, mas concordaram. Os quatro megafalsetas já tavam no oba oba, mas Modelo Z os sacaneou ao paralisar os biometais deles, deixando eles muito fulos. No fim, Vent e Aile trouxeram os moreninhos de volta são e salvos e Ouroboros se explodiu, caindo no mar em seguida. Mais tarde, os quatro Megamen safados são vistos bem vivos no prédio da Legion, o mandachuva do mundo no jogo. Já o Modelo Z sumiu e ninguém sabe onde se meteu. Mas uma coisa é certa: Ele deixou claro que não ia morrer. Então deve estar perambulando por aí, esperando a hora certa de aparecer de novo...

Outros jogos[editar]

Zero tava com pressa, querendo agradar a Ciel, mas assim como ela, o loirinho também tinha uma cota para cumprir...
Um lembrete: Zero pode ter reações catastróficas na presença de gente bisonha.

Zero andou perambulando em outros jogos também: Foi encarar as cambadas de Street Fighter e King of Fighters, um ou outro de Samurai Showdown, uma bruxa também (não era a do 71), além de uma porrada de samurais em Onimusha Blade Warriors. Enfim, fez a festa mundo afora. E um belo estrago também, pois, por causa de sua aparência peculiar, todo mundo achava que ele era um moleque, uma menina, um palhaço, ou coisa do tipo; isso deixou ele estressado e o resto é desnecessário contar. Além disso, ele também tava estampado numa carta de luta ou card fighter, a qual, como habilidade especial, podia acabar com TODO MUNDO na arena, quer amigo ou inimigo, fazendo jus ao título de Reploid que detona e humilha todo mundo.

Cquote1.png É isso aí, Mai, sua ninja gostosa! Vamo matar mais um! Hã?! ZERO??? Não, não pode ser! Eu devo ter jogado demais... Cquote2.png
Phantom jogando


Comentários sobre Zero[editar]

  • Ciel: "Zero, porque você me faz de gato e sapato? Eu me sinto mau quando você faz isso comigo, me fazendo de boba por exemplo e não se importando comigo. Estou sofrendo de amor por você e estou aqui chorando muito por não me querer. Zero, quero te dizer uma coisa: Eu te amo.( Ciel falando isso e chorando,tadinha)
  • Iris: "Cala boca sua galinha.Eu vivi com ele primeiro e nem sequer passei pelo que você passou,tá legal?"
  • Colonel: "Irmãzinha.Nem ouse falar com a nova namorada dele desse jeito.E...Zero.Para com isso e dá uma chance pra ela.Vai,Cara.

E não se esqueça do que eu te falei naqueles dias,tá me ouvindo?"

  • Alouette: "Ah, é o meu papai! Eu amo ele!" ^_^
  • Harpuia: "Eu amo a dor... Não! Eu quis dizer que você é um amador! Er... O que você vai fazer com esse sabre?" Ah AHHHHHHHHHHHH!!! Ai estou com medo!!!!!!!! Ah ele me cortou!
  • Double: "Oh,coitado."
  • Fefnir: "GRRRR! Zero é pra maricas!" (Leva um pedala da Levi) "Qualé, ô garota?!"
  • Leviathan: "LINDO!!! TESÃO!!! BONITO E GOSTOSÃO!!!" XD
  • Layer: "Eu falo o mesmo, mas voçê tem sorte, a gente mal se pegou, ele ainda tava na "fase Iris"
  • Phantom: "Seu desgraçado, até no meu joguinho de luta você me aparece pra me chutar a bunda! Não perdoo! ESPADA OLÍMPICAAAAAA!!!"
  • X: "Grande guerreiro e meu companheiro. E nem desmemoriado deixa de ser mulherengo..." XD
  • Copy X: "Aquele b-bandido! Me chutou a b-bunda duas v-vezes! E destruiu os m-meus estoques de C-Cookies..." T_T
  • Neige: "Que furo! Tirei uma foto do bumbum dele! Já tá na primeira página!"
  • Kraft: "Achei que ele fosse um fanfarrão... Mas, não, aí! Ele é caveira!"
  • Omega: "GRRRRR!!! EU MATOOOOOOOOO!!!"
  • Dr. Weil: "É, ele conseguiu me deter dessa vez... Mas, na próxima, ele não me impedirá! Hehehehehe!" (Comentário típico de vilão...)
  • Elpizo: "LINDO!!! TESÃO!!! BONITO E GOSTOSÃO!!!" (Leva um pedala da Levi) "Ai, sua mocréia! Isso dói! UI!"
  • Dr. Wily: "NÃO... QUEM FOI QUE FEZ ESSA DESGRAÇA DE ARMADURA PARA A MINHA CRIAÇÃO!?!?!? QUEM!?!?!?!? EU NÃO MANDEI MEXER!!! ERA PARA ELE TÁ FERRANDO TODO MUNDO AGORA MESMO!!!"
  • Dr. Light: "No final, o Wily foi quem criou o Robô que salvou o mundo de vez? Bom, mas irônico." OO
  • Mega Man: "Não confio nele! Esse ai apesar de tudo, sempre foi e sempre será um Robot Master do Wily!!!!" (pior que é...)
  • Protoman: "O último dos primeiros... O fim do legado dos Robot Masters... Meu Brother!" *-*
  • Bass: "Opa Zero! Agora eu ri alto aqui! Já não bastava o cabelão e as "tetinhas" agora você tá com roupitxa di muié?? kkkkkkkkkkk.. peraí, o que é issAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAARGH!"(Z-saber corta o bass ao meio)
Kenny3.jpg
Zero (Megaman Zero) morreu...
E VOLTOU!!!

Ressuscitou no terceiro dia!

Clique aqui pra ver quem mais conseguiu tapear a Dona Morte.