Wallex Guimarães

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Nova Bandeira da Bahia-Desciclopédia.PNG Colé moral, essi negoçaqui é da terra do dendê. O tio qui feiz issáqui é cuncerteza baiano, intõ, sinhá disgraça de lá do sul da minha caceta, num méxi nas porra daqui nã, vu? Ô vô rumaladsgraça e inda chamo a barrêra pá ti pancá, seu comédia.
Apoiador de Wallex Guimarães.

Wallex Guimarães, conhecido como Führer Baiano, é um rebelde político nacional-socialista nascido no chiqueiro de Canavieiras, Bahia. A data de nascimento do articulador de ideias análogas às de Adolfinho é desconhecida, mas estima-se, através de sua mocidade e aparência avantajada, que tenha cerca de 20 anos. Uma ampla quantidade dos habitantes de Canavieiras dizem que o líder revolucionário é a própria reencarnação de Hitler, fato confirmado pelos testemunhos de Joseph Goebbels em suas anotações conhecidas como "O Quarto Reich: A Ressureição do Reich nas Terras Brasilescas". O fato de Wallex aparentar ser pardo nada significa, de acordo com Goebbels, que explica que o corpo de Wallex é a câmara perfeita para o abrigo da alma de Adolfinho. Logo, em virtude de sua excelência moral e vigor físico, é ariano puro. Os trabalhos de Wallex inspiraram seus apoiadores a fundar o Wallexismo, movimento político que une elementos do nacionalismo, nacional-bolchevismo, nacional-stalinismo, comunismo, judaísmo e keynesianismo trotskista. O "Führer Baiano", como chamam Wallex os feirantes de frutas em Canavieiras, está ainda escrevendo sua principal obra, Reich Baiano. De acordo com o próprio Wallex, o livro fala sobre a idealização de um grande Estado ao qual atribuiu o nome de "Grande Bahia" (Zona Vital Baiana), comportando em seu território toda a Região Nordeste. O livro possui fortes referências antiliberais, antidireitistas, antipernambucanas, antiemigração, anti-reacionárias, antitransumanistas, radicalistas, nacionalistas e keynesianas. Grande parte das anotações já foram lidas por membros do círculo interno do Führer Baiano, tendo sido realizada até mesmo uma tentativa de destruição do quartel-general dos seguidores de Wallex pelos inimigos mais notáveis do movimento de revitalização da Bahia, sendo estes a URSENE e todos os seus integrantes, com destaque específico para Cabo Daciolo e o Lênin Mineiro.

A ascenção de Wallex Guimarães, compreendido pelo mundo até então como um simples e fodido baiano, se deve às suas manifestações políticas em páginas nacionalistas do Facebook sobre suas vívidas propostas para o paudurecimento do Brasil e o Continente Americano, defendendo a união entre todos os países do continente para combater a "Ameaça Europeia, a Ameaça Russa e a Ameaça Chinesa. Houve também a defesa convicta da militarização e industrialização imediata de todo o continente americano. Tal coquetel de grandes considerações e propostas gerou nos internautas a necessidade de ação, resultando ultimamente na criação da União das Nações do Continente Americano (UNACOAM). Alguns traçam paralelos entre o modus operandi da UNACOAM com o adotado pela URSENE, mas os Wallexistas negam essa sugestão veementemente, até mesmo espancando diversas vezes Supla, à quem foi atribuída responsabilidade por diversas tentativas de disseminação em massa de informações falsas sobre a vida e as ideias do Führer Baiano.

No fim de 2018, Wallex publicou fotos utilizando a famigerada braçadeira wallexista, a qual na época era composta por um um raio com fundo branco e contorno azul. A mudança das cores foi justificada pelo Führer Baiano como uma necessidade de rebranding do nacional-socialismo. Na época se supôs que Wallex Guimarães fosse judeu, mas semanas depois fora provado que ele não o era através de uma pasta vazada pela organização terrorista WikiLeaks que continha uma série de fotos do Führer Baiano au naturel. No final do primeiro trimestre de 2019, várias páginas e personalidades do Facebook começaram a compartilhar as fotos de perfil de Wallex, o que lhe rendeu diversos novos apoiadores. A sua fama crescente, acompanhada por sua alta capacidade de condução das palavras, culminou no anúncio da candidatura do Führer Baiano para a Câmara Municipal de Canavieiras, mas um tremendo esforço coletivo realizado pelo establishment de Canavieiras fez com que os sonhos do movimento Wallexista caíssem por terra.

Durante o ano de 2019 uma série de indivíduos popularizaram Wallex através da Internet para normies, resultando em fama nacional para o Führer Baiano'. Apesar disso, a disseminação de conteúdo foi mais volumosa do que desejável, e fez com que o espírito de Adolfinho fosse instantaneamente reconhecido por Vladimir Putin, a câmara que abriga a alma de Josef Stalin. Esse fato fez com que fosse necessária a evacuação de Wallex de sua cidade natal, Canavieiras. Ainda não se sabe exatamente onde está o Führer Baiano, mas há alguns relatos de aparições do líder político do Wallexismo na Casa Branca. Entre seus principais rivais políticos está toda a liderança da URSENE, sobretudo Lenin Mineiro e Stalin Capixaba (de quem já foram levantadas diversas denúncias de falsidade ideológica). Outros desafetos do Führer Baiano são Henrique o Horrível (líder fascista português que ainda considera Angola, Moçambique, Brasil e diversos outros territórios como províncias rebeldes do Império Lusitano) e Artemis Mitz, umx transsexual que sonha em estabelecer o Ancapistão no Nordeste e acabar com todos os estados do mundo e a Igreja através de uma ditadura ancap-transumanista mundial. De todos esses, o que mais tende a se alinhar com Wallex é dito "Stalin Capixaba", que defende salvar o mundo do transumanismo e do microchipismo com as forças do extrafisicismo, vibracionalismo-psiônico, cineticismo e psionicismo). Um dos principais colaboradores de Stalin Capixaba é o polêmico Milhouse Tupiniquim, que defende a criação da URSAL, a libertação do presidente Lula e a criação de um Politburo Latino-Americano liderado pelo Lenin Mineiro e Stalin Capixaba, além da criação da União das Repúblicas Socialistas da América e a restauração da URSS. A existência de Milhouse, de acordo com especialistas, é fonte de diversos desacordos entre o Führer Baiano e o líder capixaba, sendo para muitos a única prova de existência de fato tanto do Stalin Capixaba quanto da possibilidade de diálogo e paz entre os integrantes do Wallexismo e os seguidores da URSENE.