Virtual Boy

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Night creature.JPG Virtual Boy surgiu das trevas!!

E está aqui pra puxar seu pé!

Puro osso.gif


Isso é um videogame ou um daqueles visores de visão noturna da SWAT?

Cquote1.png Você quis dizer: Trambolho Cquote2.png
Google sobre Virtual Boy

Cquote1.png Você quis dizer: Virtual Bosta Cquote2.png
Google sobre Virtual Boy

Cquote1.png Hã? Quê? Não sei do que você tá falando... Cquote2.png
Funcionário da Nintendo sobre Virtual Boy

Cquote1.png Não sei de nada não! Cquote2.png
Shigeru Miyamoto sobre Virtual Boy

Cquote1.png Não fui eu quem fiz! Cquote2.png
Paulo Maluf sobre Virtual Boy

Cquote1.png Ahhhhhhhh, meus olhos... Cquote2.png
Jogador desprevinido sobre Virtual Boy

Cquote1.png É uma cilada, Bino! Cquote2.png
Pedro sobre Virtual Boy

O Virtual Boy é o filho renegado da Nintendo. O staff da Nintendo jura até a morte que não foram eles que “cometeram” esse aparelho. Um trambolho que nem uma joint entre Tectoy, Gradiente, Dynavision e CCE teriam capacidade de fazer.

História[editar]

Cansado de jogar em preto e verde no Game Boy? Experimente jogar em preto e vermelho Tetris 3D no Virtual Boy.
Gráficos tão avançados que curam o câncer.

Vindos da década de 90. A Nintendo comemorava seus lucros monstruosos com o Super Nintendo e o Game Boy. O alto escalão da empresa então prepara uma super festança com todos os funcionários. Todos vão a festa, exceto o Shigeru Miyamoto, pois esse havia descoberto que o Mário estava pegando a mulher dele atrás do armário. A festa rola solta madrugada adentro, com muita bebida, sexo e drogas. Nem é preciso dizer que ficou todo mundo chapado.

Após toda a orgia, bebedeira e truco valendo o toba, um funcionário aleatório, no meio de suas alucinações, cismou que iria fazer um videogame de realidade virtual. Outro funcionário alucinado levou essa ideia a sério e construiu um puta aparelho a partir da ideia.

Apenas cinco pessoas compraram o aparelho, sendo que três devolveram no outro dia e as outras duas foram internadas com ataque epilético, após jogar por uma hora seguida. Os dois funcionários (o que teve a ideia e o que fez o aparelho) foram demitidos por justa causa e sofreram processo indenizatório por parte da Nintendo pelos danos causados à imagem da empresa, o qual a Nintendo ganhou. O autor da ideia acabou internado num hospício, enquanto o que concebeu o aparelho foi à falência, acabando por virar mendigo e morar embaixo de um viaduto.

Ambos não podem se aproximar a um quilômetro da sede da empresa, devido a uma ordem de restrição imposta pela justiça japonesa, e por via das dúvidas a Nintendo contratou um franco-atirador profissional que está sempre no telhado da sede, caso algum deles se aproxime. Pelo menos ele tem um penis de plastico escondido dentro, quem ai é interessado em algo diferente, é extremamente recomendado (pela TecToy), caso você queira também fuder a sua visão.

O bagulho, digo, aparelho[editar]

Visualizando uma lâmina de bactérias no microscópio Fazendo contorcionismo para jogar no Virtual Boy
Virtual Boy no modo multiplayer.

O Virtual Boy é um aparelho absurdamente estranho, constituído de um capacete parecido com o do Jaspion, um controle e um pedestal para apoiar o trambolho. O capacete possuía um visor, que era a tela do jogo, que por ficar na cara do jogador era excelente para fritar a retina do trouxa que caiu na armadilha. O aparelho precisava ficar carregando por 42 horas ininterruptas, o que garantia mais ou menos 5 horas de jogo. Sem falar que o capacete era pesado pra cacete, obrigando o jogador a usar um suporte enorme para se apoiar, suporte esse em que o console propriamente dito ficava. Resumindo, o jogador ou ficava com a coluna torta, ou ficava cego.

Agora você deve estar se perguntando, “Quais jogos saíram para essa bagaça?”. Apenas uma meia-dúzia de jogos foram feitos para essa atrocidade, dentre os quais se destacam:

E o prinicpal game de todos é:

Wiki.png Desciclopédia has a problem


Sorry! This site is experiencing technical difficulties.

Try waiting a few minutes and reloading.

(Can't contact the database server: Can't connect to local MySQL server through socket '/var/lib/mysql/mysql.sock' (11) (localhost))

Ver também[editar]

Zeebo.jpg

Virtual Boy foi uma invenção que fracassou.
FAIL