Venezuela

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Klaus Noel.jpg VIVA LA REVOLUCIÓN!!!

Este artigo é comunista, e portanto, foi escrito por um Comunista, ou por um torcedor do Liverpool, ou do Manchester United, ou de qualquer torcedor de um time vermelho ou ainda, por fãs da Ferrari.
Se você vier com piadinha de iPhone, levará uma picaretada.


Venezuela
República Boliviariana Soviética da Verguenuzuela
Venezuela
Bandeira da Venezuela
Brasão da Venezuela
Bandeira Brasão
Lema: "¡Morte a todos los hijos da puta delos estadunidenses!"
Hino nacional: Lá vem o Chaves

Localização de Venezuela

Capital Caracas no suvaco
Cidade mais populosa Vila do Chaves
Língua Espanhol, Portunhol, Rede Globês e Comunismoês
Religião oficial Anti-Americanismo, Gramscismo
Governo República Comunista Bolivarista
 - El Presidente El Chavo, Hugo Chávez Nicolas Maluco
Heróis Nacionais Fidel Castro e Simon Bolívar
Área  
 - Total O dobro do que era antes, após ter englobado metade da Colômbia. km² 
 - Água (%) 6
Analfabetismo 75 
População Muchas Cucarachas, mi hermano! 
PIB per Capita 05 
IDH ??? (intriga da oposição) 
Moeda PD$ (Petrodólares, para o exterior), C$ (Chavecos, para o interior) e sanduíches de presunto para as camadas probes.
Fuso horário AZT (Acre's Zone Time)
Clima Muito Quente
Website governamental www.cia.gov [1]


Cquote1.png Você quis dizer: Vuvuzela Cquote2.png
Google sobre Venezuela
Cquote1.png Você quis dizer: Venezueira Cquote2.png
Google sobre Venezuela
Cquote1.png Você quis dizer: O maior exportador de prostitutas para o Brasil Cquote2.png
Google sobre Venezuela
Cquote1.png O futebol venezuelano vem evoluindo muito. Cquote2.png
Dunga sobre a primeira derrota brasileira para a seleção da Venezuela
Cquote1.png Lá vem o Chávez, Chávez, Chávez, com historinha gostosa de se ver Cquote2.png
TV sobre Hugo Chávez entrando no ar para um pronunciamento
Cquote1.png Isso, isso, isso Cquote2.png
Hugo Chávez concordando com a afirmação cima
Cquote1.png Vamos invadir a Venezuela!!! Cquote2.png
Bolsonaro sobre sobre Venezuela
Cquote1.png Espera, não era bem isso que eu queria dizer não, taokey? Cquote2.png
Bolsonaro alguns minutos depois da Rússia ter enviado os seus jatinhos para Caracas
Cquote1.png Quem é Venezuela contra os Estados Unidos??? Cquote2.png
Donald J. Trump sobre sobre Venezuela
Cquote1.png Você quis dizer: Cu do mundo Cquote2.png
Google sobre Venezuela

Venezuela ou Verguenzuela é uma piada pronta com território, povo e soberania. Qualquer cidade ou departamento do país tem nome engraçado: Carabobo, Caracas, Barinas, Portuguesa, Maracaibo, Pauemnuestroscús, Socorro, Estamosmuertos, Estamosfudidos, MandemPapelHigienico. Só conseguiu ser "relevante" quando se lançou no socialismo, graças às fanfarronices do Grande Líder Chavo del Peido Cocho.

História[editar]

Descobrimento[editar]

A paixão nacional venezuelana é a mesma estadunidense... A quem eles pensam que enganam?

A Venezuela foi descoberta por Gengis Khan, que após sua campanha vitoriosa na Europa e invadir o norte da África, só precisava de mais um continente para cumprir seu objetivo e vencer o War versão 1.0. Ao mesmo tempo em que Átila, o Fiat Uno reunia 50 exércitos no Oriente Médio, Gengis disparou um ataque aéreo fulminante sobre o Brasil e conseguiu invadir a América do Sul, encontrando a Venezuela no meio do caminho.

Junto com a Venezuela foram descobertas doenças horrorosas que sempre causam diarréia, como o cólera, dengue, malária e a Febre Amarela e Vermelha Bolivariana.

Colonização[editar]

A Espanha comprou a Venezuela de Gengis Khan, mas o mongolóide nem entregou o país, que já estava vendido aos jedis do lado negro da força e à APAE, que instauraram uma ditadura de mulas sem cabeça generais do exército sob o comando de Darth Vader e seu amigo imperador Adriano e seus comparsas do Flamengo.

Independência[editar]

Um dia, quando a Espanha estava completamente falida (tal qual está hoje e sempre esteve), um tal de Simón Bolívar(famoso homossexual senil-fetichista com tara em índios) se aproveitou e fundou um magnífico reino gay de loucos, a Gran Colômbia Bolivariana independente. Mas infelizmente dissidentes do oeste eram capitalistas (tinham notas mais altas, eram mais fortes, pegavam as gurias mais bonitas, andavam pelas próprias pernas) e assim surgiu a Colômbia, os demais atrasados (feiosos, fracassados, gordos, burros, nanicos, panacas, malandros, estelionatários, vagabundos, bagaceiros, estupradores, pedófilos, incapazes e alcóolatras) fundaram a República da Venezuela com os moldes socialistóides do fracasso que não funcionaram no século -II, -I, 0, I, V, X, XIII, XVI.

Venezuela de Hugo Cháves[editar]

Os presidentes da Venezuela e Argentina se encotram na reunião do Eixo do Mal.

El Chavo tentou dar um golpe em 1992, mas como caiu de para-quedas acidentalmente no Paraguai, jogaram-no na cadeia. Nesse meio tempo, ele leu (na verdade alguém leu pra ele, pois tal como é o rato cachaceiro verme Lula, não teve capacidade de ser "humanamente" alfabetizado)as obras de outro espertalhão da cadeia, Gramsci, que deu a base ideológica do Projetu di Nassão (nação). Dessa forma, Chávez criou o "sossealismo bolivareano" (socialismo bolivariano) considerado atualmente o modelo base da atual resistência aos Império do Lado Negro da Força, e á vida de bem-estar, pois para sua ideologia infantil delirante e louca, a vida de TODOS deveria ser tal qual era a SUA: fracassada, infeliz, frustrada, recalcada, gay, reprimida, estuprada, rebelde-sem-causa, mimada, estúpida, burra, sem sentido, depressiva, odiosa, tediosa, preguiçosa, porca e maldita. Por ser uma nação sub-desenvolvida (graças às exportações secretas de petróleo para seu maior inimigo, o Império do Lado Negro da Força), e pela localização privilegiada como o primeiro país da América do Sul, os seus habitantes imaginam que possuem, ao mesmo tempo, as vantagens do primeiro e do terceiro mundos. Seus habitantes fazem a festa comendo o mais puro capim comprado de fazendas do Texas adubados com cocô de americanos gorduchos.

Reinou na Venezuela o patético governo de Sua Majestade Revolucionária homossexual delirante don Hugo Primeiro & Único Chaves. Ele conquistou esse título após "livrar" o país da corja imperialista, e decidiu que eletricidade, água encanada, hospitais, escola e internet eram coisas anti-revolucionária, expulsou tudo isso de lá, e passou a fornecer capim grátis à sua população de seres com o QI mais baixo do planeta, tendo QI's inferiores ao QI de uma porta.

Don Hugo tem um passado demente ainda desconhecido, mas menciona-se como determinantes em sua atividade política patética, podre, imbecil, burra e gay, o fato de ter crescido pobre, homossexual, coroinha, sendo estuprado por todos os sacerdotes da paróquia da região (cardeais, bispos, arcebispos, zeladores, frades, freis, freiras taradas, coveiros, capelões, coroinhas-mor, tenentes-de-paróquia, capitães-de-congregação, irmãos maristas terroristas, carrascos-catequistas, inquisidores-sagrados, padres, párocos, pastores, xamãs e líderes espirituais) em uma pequena vila, sempre explorado pelo macabro Don Barriga e discriminado por Don Quico del Catorze, filho de uma rica dama da alta sociedade bolivariana, digo, venezuelana (Dª Dulcinéia del Toboso) - tarada por cerimônias sexuais sagradas regadas à hóstias, água benta e vinho abençoado pelo cú de sacerdotes doentes.

Ainda que algumas pessoas irresponsáveis, obviamente a serviço do imperialismo Jedi brazuca, insistam em espalhar boatos sobre insegurança, sucateamento da infra-estrutura, desabamentos e fome em massa, na verdade toda essa baboseira tupiniquim é parte de um engenhoso plano de Sua Majestade para preparar a população para a iminente invasão chileno-argentino-japonesa-senegalesa-queniana-haitiana-ianque-brasileira-colombiana. Assim possibilita ao "bravo" povo venezuélico armar-se com paus e pedras contra o inimigo que vem roubar-lhe o petróleo e a soberania patética sobre o pasto sagrado que eles diariamente ruminam heróicamente.

Todos os movimentos de D. Hugo Chaves são friamente calculados, e quando os invasores sanguinários finalmente chegarem, todo o povo já estará tão acostumado com a desgraça e a destruição que não se preocupará em entrar em uma guerra suicida defender seu território contra agressores liderados por Barack Obama.

Venezuela de Maduro[editar]

Incrível variedade de produtos em um supermercado da Venezuela.

Após a morte muitíssimo bem-vinda e hilária de Hugo Chaves, vítima de um câncer, que espera-se que ele tenha sofrido muito, que conforme ele foi implantado nele pela CIA com uma tecnologia ultra-secreta, a Venezuela, por ser um "país" (na verdade um quintal latrino-americano) pseudo-monárquico-anarquista falido, fracassado e perdido, teve seu poder assumido por seu sucessor Nicolás Maduro, um idiota ainda maior que o lixo Hugo Chávez, pois conseguiu superá-lo na burrice: repetiu 40 vezes a pré-escola, sendo que apenas depois de um decreto comunista à escola, foi que recebeu seu diplominha, ele com 45 anos junto aos seus coleguinhas de 5 anos de idade. Houve uma grande festa comunista, como de costume, com os temas tradicionais: zoofilia, homossexualismo exacerbado, campeonato de caganeira, de começão de capim e roleta russa com uma pistola carregada, tudo isso regado à água das privadas de banheiros públicos comunistas. Se já era ruim, o pseudo-país de merda ficou ainda pior com as políticas revolucionárias hilárias do novo "presidente". A primeira lei que ele fez foi garantir que ele fique como "presidente" até morrer, a segunda lei que criou foi a de prender Leopoldo López, seu opositor, e a terceira lei foi proibir que os mercados do país tivessem mais do que meia-dúzia de produtos nas prateleiras, e sim, mesmo Maduro sendo supostamente do executivo ele pode criar leis, e também pode julgar caso quiser.

Economia[editar]

Algo comum em lojas de brinquedos na Venezuela. O preço médio é pouco menos de 300,000 BsF.

As relações comerciais entre os dois países eram excelentes, havia tráfego intenso de grandes caminhões carregados de éter e acetona, que voltavam vazios ou carregando coisas enormes com interior oco, como sofás. A Venezuela era uma das maiores compradoras dos sofás colombianos, por razões ainda desconhecidas. Em troca, o governo de Don Huguito enviava paramilitares, subversivos e imigrantes ilegais ao vizinho, mas com a incorporação da Colômbia ao território Venezuelo e Andino, agora é um comércio inter-provincial, não mais inter-paísal. Vale a pena lembrar que é fácil ficar rico por lá: é só traficar papel higiênico, pois até isso falta por lá!

Ocupação Principal[editar]

Devido a inflação desenfreada, corrupção generalizada de estado, ditador vitalício, debandada geral da população para outros países, a unica atividade econômica restante para os que não puderem se escafeder da Venezuela foi vender a ruela para os estrangeiros que erram o caminho e aparecem por lá; aceita-se um cafezinho em troca.

Geografia[editar]

Praias ao norte, mato ao sul, montanhas e Colômbia a oeste, amazônia a leste, petróleo no porão e em cima um monte de plebiscitos para decidir mais uma prolongação do mandato presidencial.

Com praias para o Mar do Caribe, basta subir um pouco para chegarmos ao paraíso venezuélico: Cuba, lar doce lar do amante militar secreto de D. Hugo Chapolim. Periodicamente este visita Cuba para reiterar suas juras de amor e oferecer a nacionalidade venezuelana a Fidel Castro, o que ocorrerá quando o curral de Chavez a Assembléia Nacional dos Deputados do Povo aprovar o projeto de lei que permite o casamento entre presidentes militares revolucionários do mesmo sexo.

Política[editar]

Típica mulher venezuelana feia demais para ganhar o Miss Venezuela.

A capital do reino é Caracas, que produz trocadilhos ridículos sobre a sede do governo, a Casa de Caracas. Para trabalhar no palácio é necessário professar por completo a arte da massagem escrotal oral no infante don Hugo Primeiro.

Cultura[editar]

O grande evento anual que mexe com as paixões do povo bolivariano é a final do campeonato de chupação de pênis, ou de quem aguenta mais anos passando fome, o grande plebiscito anual para decidir aprovar mais uma reeleição para o ditador homossexual com deficiência de QI "presidente" Necobilau Hucus Jascinto Banana Aquino Rego Madhuroh.

População[editar]

Os venezuelanos seguem a linha do lixo presidente: são descendentes de Lhamas, vacas, cadelas e porcas, que nos primeiros tempos se estabeleceram na região que ainda não sei exatamente, a que fim, mas acredita-se atraídos pelas bucetas indígenas. Qualquer um que descesse naquelas terras estuprava em média 80 mulhereres por dia, dando origem ao bastardo e CORNO povo venezuelano que LAMENTAVELMENTE ocupa lugar no planeta. Toda mulher venezuelana tem o dom de ser uma cadela, se bem que chamá-las de cadelas é um elogio... aos "homens" venezuelanos, podemos pensar em adjetivos mais próximos: cornos, frouxos, panacas, tapados, burros, chimpanzés, ignorantes, bastardos, filhos-de-putas, aberrações. Um típico adolescente venezuelano chega a fazer calo do diminuto órgão genital pensando em sua mãe sendo estuprada por brasileiros.

Costume tradicional é matar uns aos outros com facões para as questões mais triviais, ou sem razão, como se você estivesse jogando Doom.

Subdivisões[editar]


Mulheres venezuelanas[editar]

A mulher venezuelana é conhecida internacionalmente por sua grande beleza artificial, o que rendeu-lhe inúmeros títulos comprados de miss universo. O fato é que elas são como qualquer brasileira de origem hispânica.

Na foz do Rio Orinoco, em plena selva amazônica, nos deparamos com um grupo de vorazes e insaciáveis piranhas. Felizmente, a única parte do corpo atacada pelas predadoras de água doce é o bolso.
Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Venezuela no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg
Flag-map Venezuela.png
Venezuela
HistóriaPolíticaSubdivisõesGeografia
EconomiaCulturaTurismo
Gordos.jpg
América
v d e h

Países: Antígua e Barbuda | Argentina | Bahamas | Barbados | Belize | Bolívia | Brasil | Canadá | Chile | Colômbia | Costa Rica | Cuba | Dominica | Equador | El Salvador | Estados Unidos | Granada | Guatemala | Guiana | Haiti | Honduras | Jamaica | México | Nicarágua | Panamá | Paraguai | Peru | República Dominicana | Santa Lúcia | São Cristóvão e Nevis | São Vicente e Granadinas | Suriname | Trinidad e Tobago | Uruguai | Venezuela

Territórios: Alasca | Anguilla | Aruba | Bermudas | Bonaire | Curaçao | Groenlândia | Guadalupe | Guiana Francesa | Ilhas Cayman | Ilhas Falkland | Ilhas Geórgia do Sul e Sandwich do Sul | Ilhas Turcas e Caicos | Ilhas Virgens Americanas | Ilhas Virgens Britânicas | Martinica | Montserrat | Porto Rico | Saint-Barthélemy | Saint Martin | Saint-Pierre e Miquelon | Sint Maarten