Velhas sindicalistas que protestam contra a exploração infantil

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Velhadaslu.jpg Velhas sindicalistas que protestam contra a exploração infantil é uma velharia!

Este artigo é sobre algo da época em que os Beatles estavam na moda e sua avó era gostosa. Se vandalizar este artigo, você será forçado a ouvir discos de vinil num gramofone!

Primeiro-celular-do-mundo2.JPG

Lideradas por Dona Neves, as velhas sindicalistas que protestam contra a exploração infantil são velhas reumáticas, antigas sindicalistas que, como estão sem nada pra fazer, como sempre estiveram, ocuparam o Restaurante da Dona Florinda, protestando contra o inexistente salário recebido pelo garoto Chaves para trabalhar no botequim, digo, digo, no restaurante como garçom, carregando a placa de seus respectivos sindicatos.

História[editar]

As 3 irmãs paleolíticas protestando no Restaurante da Dona Florinda.

Nascidas na Cidade do México, as três irmãs sindicalistas sempre foram engajadas nas causas sociais, lutando contra a influência do capital na cultura contemporânea.

Na adolescência, filiaram-se ao PCO, onde foram apresentadas aos escritos de Karl Marx, o discípulo prodígio do Filósofo Píton. Agora cientes dos perigos que os patrões malvados representam para a classe operária, as mesmas passaram a entrar em manifestações com fuzis, exigindo que o controle das empresas privadas passassem para os seus trabalhadores.

Ainda adolescentes, levaram muita porrada da polícia, além de uma quantidade enorme de spray de pimenta nos olhos, o que justifica as suas aparências de múmias do Egito.

Após muitos anos de lutas, borrachadas e de menos de 1% de votos nas eleições, as velhas sindicalistas que protestam contra a exploração infantil ficaram sabendo que um jovem da periferia estava sendo explorado por uma malvada empresária capitalista dona de um botequim. Não podendo permitir que esta exploração fosse adiante, as 3, sob o comando de Neves, foram ao tal boteco, reivindicar salários dignos, além de todos os benefícios trabalhistas.

Por fim, por incrível que pareça, conseguiram mesmo, e depois disso, voltaram para o limbo, de onde nunca mais saíram, assim como o partido o qual fazem parte.

Atualmente[editar]

Estão em algum lugar do México, comemorando a vitória contra Florinda fazendo o que sempre fizeram, nada.