Timor-Leste

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Repúblika Demokrátika Tumor Lorosa'e
República Guerrilheira de Tumor-Leste
Timor da direita
Bandeira de Timor da direita
Brasão de Timor da direita
Bandeira Brasão
Lema: Sim, nós existimos.
Hino nacional: A Portuguesa Timorense

Localização de Timor da direita

Capital Díli
Cidade mais populosa Díli
Religião oficial Macumba
Governo Hein? Governo?
 - Salvador do Povo Seu Juca da Cocada
Independência  
 - 2001 tonhão da budega deu uns tiros pra cima e disse que aquela bagaça era dele agora 
Heróis Nacionais Seu Nilto, que teve coragem de ficar lá por mais de dois minutos
Área  
 - Total 1m por habitante quadrado km² 
 - Água (%) Salgada
Analfabetismo 0,27 
População tonhão da budega, zé buchudo e Tua mãe 
PIB per Capita
IDH 000 
Moeda lá tem dinheiro?
Fuso horário Meridiano do nada
Clima Confuso, todo mundo quer sair de lá
Website governamental www.google.pt


Cquote1.png Como? Cquote2.png
Oscar Wilde sobre a existência do Tumor-Leste
Cquote1.png Olôco meu! Cquote2.png
Faustão sobre a existência do Tumor-Leste

Tumor-Leste é um(a) tumor colônia portuguesa que fica na Ásia.

História[editar]

Antiguidade[editar]

Haviam alguns fenos por lá.

Colonização[editar]

Quando os portugueses se perderam no meio do mar, não sabiam o caminho de volta, aliás, não sabiam de nada, só sabiam que se meteram no mar com 300 marinheiros e 50 putas (todas travecos) para aliviar o ganso de vez em quando. Não tinham muito o que fazer lá mesmo, tanto é que a população da embarcação dobrou para 600 de maneira assexuada.

Após 2 anos de viadagem, os portugueses tiveram seu navio cortado ao meio e levado por um furacão, uma parte caiu no norte da ilha de Timor, e outra no sul, não haviam muitos mortos.

Eles resolveram explorar a ilha misteriosa, estavam num local estranho, onde ursos polares passeavam e uma fumaça preta comia as putas e uns malucos comiam as criancinhas (liderados por Michael Jackson). Logo viram que não estava sozinhos, mas demoraram 2 meses pra sacar, achavam que os retardados tinham ido o banheiro. Após achar uma grande instalação com o nome Dharma, viram que estava totalmente lost, sozinhos, não havia ninguém nas instalações, e se houvesse, eles saiam correndo feito umas bailarinas.

Sendo assim, os portugueses não tiveram nenhum tipo de resgate, e pelo desenvolvimento de um tumor na cabeça do capitão da expedição, decidiram: "A gente estava indo para o leste e o capitão morreu, Tumor-Leste, será o nome disto daqui!"

Invasão da Indonésia[editar]

Após a invenção do Google Earth a pedidos do ditador indonésio Shurato, a existência do Timor-Leste se comprova cientificamente, e a ilha é invadida e tomada pelos indonésios em 1976. O fato é que os indonésios não queriam porra nenhuma com essa ilha porque não tem nada lá, só encher o saco mesmo.

Plebiscito[editar]

Jackie Chan visita o Timor-Leste para ensinar kung fu a alguns timorenses para que eles possam se defender dos indonésios e australianos.

Quando Shurato renuncia o trono da Indonésia em 1999, em meio ao caos que se instaurou pela possibilidade de surgir uma democracia de verdade na Indonésia, os timorenses rapidamente se reunem na capital Díli e o pajé da tribo perguntou em voz alta "Quem quer ser independente levanta a mão!", e aproximadamente 75% dos timorenses levantaram a mão, os demais talvez não escutaram ou ficaram com vergonha do cheiro do sovaco.

E assim, o Timor-Leste conquistava sua independência.

Fatos recentes[editar]

Atualmente o Timor-Leste é um dos países mais fodidos do mundo, ninguém entende o motivo deles terem se separado. Governo corrupto e crise econômica fazem desse país ter inveja até do pior dos países africanos.

Geografia[editar]

Cidadã prestes a fazer a prática sagrada.

Tumor-Leste possui um território de 18 mil km², ou será 18 mil km³? Ocupando a parte oriental da ilha de Tumor. O país é muito montanhoso e tem um clima tropical. Com chuvas a toda hora a cada momento que as coisas ficam com clima de suspense. Também sofre de presença de misteriosas névoas escuras que aparecerem acabando com a horta dos pobres tugas.

Ninguém consegue chegar lá, os redemoinhos formado por Kid Bengala pra evitar que os condenados saiam da ilha, levam tudo e todos que tentam chegar perto. Ninguém entra e ninguém sai.

Demografia[editar]

Por anos, Tumor-Leste viveu sob a opressão da Dharma, sem saber de nada (nunca sabem de nada mesmo) e tendo tugas sequestrados e fumaças pretas aparecendo por todo lado, com bunkers da Segunda Guerra Mundial abrigando os fi duma égua. A heterogeneidade étnico-cultural é evidenciada pelos seus dialetos, variadas línguas, materiais produzidos ou diferentes estilos arquitectónicos, ou seja, num dá em bosta nenhuma.

Subdivisões[editar]


Economia[editar]

A economia de Tumor-Leste não existe, desde seu descobrimento oficial (2005) ele não se comunica com nada, a única coisa que se sabe que movimenta a economia "dentro" do local são cocos e putas, as comunicações são feitas com copos descartáveis e barbantes. Mesmo estando ao lado da Indonésia, mas a Indonésia não pode ir até lá, o projeto Dharma tem um avançado sistema e segurança que não permite a entrada de nenhum filho da puta, só a tua mãe consegue entrar lá. A moeda oficial da economia de Tumor-Leste é o Coco (Cu$).

População[editar]

O povo sobrevive de cocos, javali assado na brasa e uns chocolates da Dharma, mas uma coisa lá é considerada uma honra, boquete, segundo eles, o boquete é a forma de atingir os céus e sair daquela porra de lugar que ninguém entende nada! Absolutamente nada!

Política[editar]

Tumor-Leste não tem governo, depois da morte do capitão em 1566, eles ficaram sem líder e é cada um por si desde que o lugar foi finalmente identificado por satélite.

Flag map Timor-Leste.png Timor-Leste
HistóriaPolíticaSubdivisõesGeografiaEconomiaCulturaTurismo
Boratasiacentral.jpg
Ásia
v d e h

Países: Afeganistão | Arábia Saudita | Armênia | Azerbaijão | Bahrein | Bangladesh | Brunei | Butão | Camboja | Cazaquistão | China | Chipre | Coreia do Norte | Coreia do Sul | Egito | Emirados Árabes | Filipinas | Geórgia | Iêmen | Índia | Indonésia | Irã | Iraque | Israel | Japão | Jordânia | Kuwait | Laos | Líbano | Malásia | Maldivas | Mongólia | Myanmar | Nepal | Omã | Paquistão | Qatar | Quirguistão | Rússia | Singapura | Síria | Sri Lanka | Tadjiquistão | Tailândia | Timor-Leste | Turcomenistão | Turquia | Uzbequistão | Vietnã

Territórios: Abecásia | Caracalpaquistão | Caxemira | Chipre do Norte | Coreia | Curdistão | Estado Islâmico | Goa | Hong Kong | Ilhas Spratly | Macau | Manchúria | Ossétia do Sul | Palestina (Cisjordânia e Faixa de Gaza) | República de Artsakh | Taiwan | Território Britânico do Oceano Índico | Tibete

Coqueiro.jpg
Oceania
v d e h

Países: Austrália | Estados Federados da Micronésia | Fiji | Ilhas Marshall | Ilhas Salomão | Indonésia | Kiribati | Nauru | Nova Zelândia | Palau | Papua-Nova Guiné | Samoa | Timor-Leste | Tonga | Tuvalu | Vanuatu

Territórios: Guam | Havaí | Ilhas Cook | Ilha Christmas | Ilhas Marianas do Norte | Ilha Norfolk | Ilha de Páscoa | Ilhas de Pitcairn | Ilha Wake | Niue | Nova Caledônia | Polinésia Francesa | Samoa Americana | Tokelau | Wallis e Futuna

Bandeira da CPLP
Conjunto dos Patetas de Língua Presa (CPLP)
v d e h

Países membros: Angola | Brasil | Cabo Verde | Dadrá e Nagar-Aveli | Damão e Diu | Goa | Guiné-Bissau | Guiné Equatorial | Macau | Maurício | Moçambique | Portugal | São Tomé e Príncipe | Timor-Leste

Intrometidos: Andorra | Croácia | Filipinas | Galiza | Indonésia | Malaca | Marrocos | Romênia | Ucrânia | Venezuela