SoulCalibur

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Soul Calibur)
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg SoulCalibur é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Marisa Kirisame lhe lança mais um Master Spark em Touhou 4


Excalibur
Sou Calibur.png
Logotipo da série
Gênero porradaria com peixeira
Desenvolvedor Project Soul
Publicador Bandai Namco
Plataforma de origem Arcade
Primeiro lançamento Soul Edge 1 (1996)
Último lançamento Soulcalibur VI (2018)
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...que o Banheiro do Pedrinho é um estágio secreto em todos os SoulCalibur? Só que você não pode destrancá-los, porque ELES é que destrancam VOCÊ! Então nem tente!
Espada Putaqueparivelmente Grande com um Olho no Meio
Picolé de Gelo com uma Bolha no Meio
E a viadagem rola até entre as espadas.

Cquote1.png Welcome! Cquote2.png
Lynette sobre Você visitar essa página
Cquote1.png Falta sangue jorrando e cabeças sendo atiradas. Cquote2.png
Criador de Mortal Kombat sobre Soul Calibur
Cquote1.png O quê?! Ah.. "Sou Escalibúr".. Toma aí fera, déi real!. Cquote2.png
Tio da loja de jogo pirata sobre Soul Calibur
Cquote1.png Fiz um combo de 40 hits outro dia com a Xianghua que tirou 90% de vida do Cervantes hahaha!! Cquote2.png
Nerd retardado sobre Soul Calibur
Cquote1.png Xin o quê? 90% de Cerveja?? Como assim?! Cquote2.png
Seu pai sobre comentário acima
Cquote1.png É xixi com 90% de conservantes, menino! Cquote2.png
Carla Perez sobre Noob
Cquote1.png Well then, let us dance! Cquote2.png
Raphael sobre Carla Perez
Cquote1.png Nossa, esse jogo é muito bom! Só tem gostosa!! Cquote2.png
Punheteiro desocupado sobre Soul Calibur
Cquote1.png Hmm, I like that. Cquote2.png
Ivy sobre Punheteiro desocupado
Cquote1.png Um arraso! Só tem bofe sarado! Cquote2.png
Uma bixinha qualquer sobre Soul Calibur
Cquote1.png Kyyyyyhhhsssshhhhhh!! Cquote2.png
Voldo sobre bixinha qualquer
Cquote1.png Caralho, porra! Vou fazer um filme baseado nesse jogo! Cquote2.png
John Stagliano (Dono da Buttman) sobre Soul Calibur
Cquote1.png I can't wait to see you in pieces Cquote2.png
Tira sobre John Stagliano
Cquote1.png Eu escolho o Mitsurugi e o Rock só pra bater siririca pra eles Cquote2.png
Japinha tarada sobre Soul Calibur
Cquote1.png No one can stand against my "blade" Cquote2.png
Mitsurugi sobre Japinha tarada
Cquote1.png Bangooo, Did you see that? Cquote2.png
Rock sobre Japinha tarada
Cquote1.png Ah Cahxahndrah é mihnhah meguhxenhah fohfix, eoh amuhl ehlah Cquote2.png
Emocore sobre Cassandra
Cquote1.png You're pissing me off. Cquote2.png
Spawn sobre Emocore
Cquote1.png Tenho medo!! Cquote2.png
Regina Duarte sobre Abyss
Cquote1.png Fear me, for I am a demon! Cquote2.png
Setsuka sobre Regina Duarte
Cquote1.png Isso non ecziste! Cquote2.png
Padre Quevedo sobre Night Terror

SoulCalibur, ou melhor dizendo, Tekken com armas, é uma série de jogos feitos pela Namco no Paraguai baseado em documentos dos séculos XV e XVI encontrados na Casa do Caralho sobre como eram os combates do mundo antigo. Os personagens são basicamente mulheres vestindo lycra apertada, metrossexuais sem camisa e lagartos sem roupas. Havia um jogo antes chamado Soul Edge, mas ninguém se importa e agora chamam de SoulCalibur.

Jogabilidade[editar]

A série SoulCalibur é amplamente reconhecível por sua jogabilidade característica de sempre ser "cópia de Tekken". Soul Edge copiou Tekken 1, SoulCalibur I copiou Tekken 2, SoulCalibur II copiou Tekken 3, SoulCalibur III copiou Tekken 4, e assim sucessivamente, afinal é querer cobrar muita criatividade de uma empresa de fundo de quintal como a Namco, então eles apenas reaproveitam o que fazem na sua série principal, o Tekken, e recicla em SoulCalibur, apenas acrescentando armas variadas aos personagens.

Enredo[editar]

As putas lutadoras de SoulCalibur.

O objetivo nesses jogos de SoulCalibur é sempre basicamente a mesma coisa: Matar todos os outros caras e prostitutas e conseguir duas armas. Uma arma encapetada chamada Soul Edge, ou simplesmente Espada Putaqueparivelmente Grande Com Um Olho No Meio e a outra chamada Soul Calibur, ou simpelsmente Picolé Gigante com uma Bolha de Sabão no Meio (alguns acreditam que essa é a lendária arma da Umi Ryuuzaki das Guerreiras Mágicas de Rayearth). Muitos personagens querem adquirir essas duas espadas cada um por seus próprios motivos escusos, há aqueles que querem apenas se masturbar com esses objetos e aqueles que querem destruir a Soul Edge, uns são barraqueiros e o resto estava só de passagem e ficou preso na confusão.

Os supostos documentos históricos que narram essa saga épica existem! Um típico cheirador de gatinhos do século XVII acabou escrevendo um monte de bosta depois de ser chifrado pela sua mulher. Séculos depois seria criado um museu no lugar da sua casa e o documento seria encontrado e aproveitado pela Namco. Este documento, porém, não prova nada, prova só que o Coringa é um filho da puta!

A maioria dos homens de Soul Calibur são viadinhos, então estão ali só pra ficarem o máximo possível se esfregando nos machos musculosos do jogo, do mesmo modo que a maioria das mulheres são putas assumidas e se vestem feito piriguetes no cio, só esperando a oportunidade de alguém erguer a saia delas para "acidentalmente" pagar calcinha na frente de todo mundo.

Jogos[editar]

Série principal[editar]

Personagem portando a espada mais poderosa do jogo.
  • Soul Edge - O primeiro jogo da série, foi claramente criado de maneira absolutamente despretensiosa, como um passatempo dos estagiários da Namco que pegaram o Tekken 1 e deram uma adaptada criando o seu jogo próprio. Aquela porra acabou sendo lançada como jogo oficial, pois na época não existia ainda coisas como controle de qualidade para jogos de videogame, por isso este jogo nos passa a incômoda sensação de que controlamos bonecos de cera leprosos que sofreram fratura na bacia.
  • SoulCalibur I - Apesar de Soul Edge ter sido uma porra, a Namco viu potencial no projeto e decidiu investir na criação de um novo jogo, mas claro que renomeou o jogo e a série para fazer de conta que Soul Edge nunca existiu e que a série começava mesmo é em SoulCalibur I. É bem verdade que na prática esse jogo também ficou bem esquecido, afinal decidiu ser lançado para Dreamcast, um console fajuto e falido, ao contrário do Tekken 2 que não se sujeitou à esta desgraça e por isso é mais conhecido.
  • SoulCalibur II - O primeiro jogo realmente decente da série, e foi também o que começou essa mania idiota de SoulCalibur sempre trazer personagens especiais convidados e acabar com qualquer imersão na história do jogo, deixando claro que a ideia era só combates e putaria mesmo. A versão para GameCube trouxe o Link da Nintendo. A versão para PlayStation 2 era para trazer o Kratos, mas como ele não existia ainda tiveram que trazer alguém do Tekken mesmo. Já a versão de Xbox trouxe o Spawn, afinal a Microsoft é carente de personagens exclusivos carismáticos, então teve que ser essa bosta mesmo.
  • SoulCalibur III - Percebendo que na época só vendia-se jogos para PS2, um novo SoulCalibur foi feito exclusivamente para este console. Destacou-se por ter sido o primeiro jogo da série a trazer a possibilidade de visitar sex shops e vestir as personagens femininas em trajes ainda mais de putas, algo que fica ainda mais evidente no modo chamado Chronicles of Sword, onde vemos a história de Grandall, Dalkia e Halteese (whatever) e podemos criar nosso próprio personagem do zero, sendo permitido inclusive vesti-lo como uma puta rodada no cio.
  • SoulCalibur IV - Até hoje os fãs da série ainda não entenderam o propósito desse jogo, mas lançaram mesmo assim para PlayStation 3 e Xbox 360, embora fosse perfeitamente adaptável para PS2 ou Xbox e ainda enfiaram uns personagens de Star Wars no meio (nada a ver). Não tem absolutamente nada a oferecer de novo, mas decidiu apostar no que fez mais sucesso em SCIII, aumentando em centenas de itens a variedade de brinquedos sexuais e fantasias eróticas vendidas na sex shop do jogo.
  • SoulCalibur V - O fundo do poço da série. Lançado em 2012 só por lançar mesmo, porque não passa de um SCIV bem piorado. Nem os punheteiros aprovaram, pois a sua deusa da punheta, a Taki em seu spandex fincado na bunda, foi removida do casting e colocaram uma menor de idade no lugar. A ideia desse novo jogo era apostar num serviço online mais refinado e uma variedade maior de roupas de putas para as personagens. Mas se você não tem internet ou amigos, sobra apenas jogar um modo arcade incrivelmente massivamente sem graça e curto.
  • SoulCalibur VI - Jogo lançado em 2018 para a nova geração de PlayStation 4 e Xbox One (esqueça a existência do Nintendo Switch e qualquer possibilidade do Link voltar). Como o jogo anterior levou lenha até dos nerds punheteiros e onanistas, a Banda Manco decidiu copiar na cara dura o método de resolver cagadas de Mortal Kombat, e criou uma nova linha temporal, recontando o que se passa durante SoulCalibur I e II.

Caça-níqueis[editar]

  • SoulCalibur Legends - Jogo feito nas coxas e lançado para Wii para compensar a traição deterem lançado o SCIII só pra PS2. A ideia principal era utilizar os joysticks com formatos, cores e tamanhos dos pênis dos lutadores para todo mundo sentir prazer ao jogar essa porra, possibilitando jogá-lo analmente caso desejassem, coisas que só a inovadora Nintendo inventa. Quem sabe futuramente a Sony não copie!?
  • SoulCalibur: Broken Destiny - O primeiro caça-níqueis descarado da franquia. A mesma coisa do Soulcalibur IV, só que piorado para conseguir rodar no PSP.
  • SoulCalibur: Lost Swords - O segundo caça-níqueis ainda mais descarado da franquia, pegou muito trouxa que pagou fortunas para comprar as roupinhas das personagens só pra ver os servidores serem fechados 1 ano depois do lançamento do jogo.
  • SoulCalibur: Unbreakable Soul - Lançado exclusivamente para celular, esse chega a ser vergonhoso em ser considerado um jogo de SoulCalibur. ACredita-se que alguém falou lá na Namco que jogos de celular era o futuro da indústria, depois de se viciar em Angry Birds. Só esqueceram de fazer o jogo ser bom e menos leproso do que o resultado lastimável.

Personagens[editar]

Sub-Zero e Scorpion. Personagens clássicos de SoulCalibur.
Zasalamel vs Taki: "Colé mano!!! Nun dá pra concentrá cum esses peitão ae!!"

Introduzidos em Soul Edge[editar]

  • Cervantes - Um pirata lutando pelos seus direitos no jogo, já que ele está em menor número ao redor de tantos ninjas, samurais e caras com espadas grandes. O presidente da sua organização, Jack Sparrow, mandou-o em uma missão para dizimar todos os outros personagens e abrir espaço para os piratas, mas Cervantes sempre perde porque acaba hipnotizado pelos peitos das personagens femininas. Ele foi o primeiro vilão da série, escondido em seu navio segurando os dois vibradores do Satã, acabou morrendo de sífilis após ser comido pela Taki, embora Siegfried o tenha ressuscitado depois.
  • Hwang - Putinha favorita de Seong Han-Myeong, personagem extremamente secundário que fez um gang-bang ao redor do mundo, batendo o recorde de "bicha mais dada", ganhando mais ainda o orgulho de seu mestre Seong Han-Myeong. Aos poucos todos começam a enjoar de Hwang e se interessar mais pela sua cópia mais maneira, o Yun-seong.
  • Li Long - Irmão mais velho de Xianghua e personagem que ficou esquecido após o primeiro jogo. Foi mandado pelo rei para destruir a Soul Edge e um grupo de piratas, mas saiu quebrado da luta e uma mendiga de rua é quem o ajudou quando ele estava na merda. Li Long acaba se apaixonando pela indigente a passa a namorá-la, praticando pedofilia em secreto. Um dia um bando de marginais aparece e estupra a mina, a deixando em coma, e ele vai atrás de Mitsurugi achando ser o culpado dessa tragédia, mas percebe que não é ele, pelo mesmo estar cuidando de outros bofes por aí. Em sua jornada pelo causador ele se encontra com um pirata morto-vivo portando a Soul Edge e com um nome similar de um emo de um joguinho que lida com isso: "Cervantes de Leon". Aí, para infelicidade de Li Long, ele inocentemente trava uma batalha contra o pirata e perde. O morto-vivo, achando Li Long jeitosinho, acaba traçando ele. Li Long consegue escapar se arrastando e com hemorragia anal, sendo salvo por sua irmã que mete um punhado de cotonetes no rabo dele, estancando o sangue. Ele decide então se vingar de Cervantes e do cara que comeu a mina dele.
  • Mitsurugi - É na verdade o lendário Miyamoto Musashi adaptado, ninguém sabe ao certo porque ele apareceu no jogo ou o que deseja no meio de tantas putas. Uns dizem que ele é um go-go boy japonês, já que é bombadão e gosta de se mostrar. E por querer mostrar que nem todo japa tem bilau pequeno decide ir atrás da espada do diabo mostrando suas habilidades orientais de go-go-boy. Alguns afirmam, todavia, que usar um samurai apelão é legal.
  • Rock - Filho de um muambeiro da Uganda, teve os pais mortos numa batida da polícia no centro de São Paulo após eles verem que os mesmos estavam contrabandeando uma "faca" gigante desafiadora das leis da física e as muambas roubadas por Cervantes. Ele cresce injuriado, querendo vingança dos policiais, de Cervantes e da "faca" filha da puta que pôs ele na merda. Anos depois ele adota como escravo sexual um índiozinho Tupinambá chamado Bangoo. Nas horas vagas trabalha de ator pornô bissexual, embora se aposente dessa indústria eventualmente, quando o excesso de bomba o faz ficar broxa.
  • Seong Han-Myeong - Uma porra de um personagem que é tão secundário que ninguém nunca mais lembrou de sua existência. Tem cara de velho tarado.
  • Seong Mi-na - A filha de Seong Han-Myeong, ela cresceu traumatizada na sua vila por ser mulher, já que a maioria ali é tudo viado e odeia mulheres. Ao ver que seu pai quer fazer uma suruba incestuosa com ela e Hwang, sentindo-se ofendida pela oferta ela decide ajudar seu amigo Yun-seong a conquistar seu pai e se livrar dos dois. Na sua jornada pela espada do satã ela ouve falar de um velho pervertido muito habilidoso (Edge Master) e decidida a um dia enfiar uma surra nas bibas de sua vila como vingança, ela pede ao véio que a treine., mas como o véi diz que só a treinaria se Seong Mi-na desse pra ele os dois precisam fazer uma suruba e só então a garota aprimora suas técnicas de pegar no pau, ficando explicado também porque ela está sempre se vestindo como uma oferecida.
  • Siegfried - Um maluco com graves problemas psicológicos (dupla personalidade) que chegou a matar o próprio pai para pegar a própria mãe em um acesso de loucura depois de ter tomado um chá de lírio. Após se dar conta do ato de extremo mau gosto que tinha feito ele foge de casa e encontra a Soul Edge sem querer. Ao vê-la ele diz: "Puxa vida, que legal, um espadão gigante que desafia as leis da física!" pega nela e se transforma em Nightmare. Com o tempo, ele se livra da Soul Edge, ninguém sabe como, ficando inimigo do Nightmare porque revoltado de ter se tornado naquele monstro ao invés de se tornar em Paris Hilton, sua ídola, ele jura vingança contra a Espada. Carrega uma espada gigante e tão desafiadora das leis da física quanto a do Cloud do Final Fantasy VII e trabalha como atriz pornô nos tempos livres, com o nome de Silvia Saint, já que precisa se sustentar por ter sido expulso de seu lar.
  • Sophitia - Uma filha de um padeiro grego que é gostosa pacas e por isso tornou-se uma atriz pornô de renome com o pseudônimo de Nicole Aniston. Seu objetivo nos jogos é um tanto incerto, mas parece que é só servir de material pra punheta mesmo, sempre com os seus decotes ridiculamente reveladores e saia incrivelmente esvoaçante. Muitos já tentaram ver o que tinha embaixo daquele vestidinho curto e o resultado foi chocante: Sophitia usa calcinha! Ela é serva do deus grego Hephestus, que ordenou que sua pupila saísse para salvar o mundo! É claro que a Sophitia antes de ir salvar o mundo primeiro passou na Marisa para comprar algumas roupas, como uma saia especial que se infla como um para-quedas toda vez que ela pula.
  • Taki - Normalmente chamada de OMG!!!, é considerada como puta invencível, já que ninguém jamais conseguiu desviar a atenção do seu par de peitos de tamanho absurdo. Ela é uma ninja caçadora de demônios, mas ninguém nunca se importou com a sua história porque... você já reparou no tamanho dos peitos dela?! Não bastasse ser absurdamente peituda, ela ainda faz questão de vestir um spandex (variando entre azul e vermelho) incrivelmente atochado no rabo, que também não é pouca coisa, sempre sem calcinha ou sutiã.
Voldo tentando ensinar os segredos da vida a uma criancinha que nunca foi comida virgem.
  • Voldo - Se ele fosse real, até mesmo grandes nomes como Chuck Norris, Clóvis Bornay ou Zidane se sentiriam ameaçados pela figura. Voldo não tem o menor senso de ridículo, além de ter movimentos extremamente aleatórios, como um em que ele imita um "peixinho fora d'água". Usa como arma lâminas de barbear gigantes e perigosíssimas, tanto que ele precisa de um protetor de pinto. Alguns acreditam que ele é na verdade o Michael Jackson disfarçado que entrou no jogo para impressionar as criancinhas. Conseguiu um grande feito para as bibas de Soul Calibur, alcançou o top 10 dos personagens mais gays de todos os games da história.

Introduzidos em SoulCalibur I[editar]

  • Arthur - Criados às pressas exclusivamente para substituir o Mitsurugi na Coreia. No caso, os coreanos odeiam samurais bombados que estupram peitudas, é algo muito traumatizante para eles, então pegaram o Mitsurugi, transformaram num branquelo genérico, deram um nome genérico, e ficou por isto.
  • Astaroth - Também conhecido como "Joco" (provável abreviação de jocoso), é o típico personagem grande, feio, burro e com um machado grande. Ele é um estuprador de primeira, podendo comer macho e fêmea sem distinção, mas apesar da sua aparência e preferência por estupros, como lemos em todos em que ele aparece, seus passatempos envolvem ver fotos de filhotes de gatinhos na internet e ler os livros do Peter Pan e Harry Potter. Sua música preferida é a do presuniki: cume cume cume cume é muito prazer...
  • Inferno - Ou Cinder, como preferir. Muitos pensavam que o Glacius o tinha matado em Killer Instinct, mas então ele resolve treinar mais e enfrentar os fdps de SoulCalibur antes de ter um confronto final com o viado do Glacius.
  • Edge Master - Velho tarado com pinta de rapazão, gosto de treinar apenas gostosas, abrindo exceções para homens apenas se estes forem meio viadinhos, já que Edge Master é meio bissexual. Alguns dizem que ele tem um parantesco com o Mestre Kame, mas na verdade ele apenas faz cosplay do Pai Mei. Edge Master acaba tornando-se o sensei de Kilik e Seong Mi-na, sendo ele o responsável por introduzir o bambu tanto em Kilik quanto na Seong Mi-na, e depois deu a tarefa para seus aprendizes irem fazer o mesmo com Silvio Santos. Faz de tudo por uma boa trepada.
Ivy é uma das personagens que mais faz plástica durante a sequência do jogo, foram 600 ml de silicone para Soul Calibur IV.
  • Ivy - Uma puta sádica e bissexual que não tem a menor vergonha na cara e sai na rua vestida de dominatrix com o seu chicote, pois ela adora amarrar e torturar seus oponentes com seu chicote. Nas horas vagas é vendedora de lingerie, por isso sai de casa sempre usando apenas roupas íntimas. É a personagem mais siliconada da história dos jogos de videogame, pois a cada novo SoulCalibur ela aparece cada vez mais turbinada.
  • Kilik - Um viadinho qualquer, cuja arma é um pedaço grande de bambu. Só mais uma referência gratuita ao rei macaco, falta só o rabo. Seu principal objetivo é achar Silvio Santos e fazer a profecia da Menina do Bambu se tornar realidade. É um personagem apelão porque fica te dando bambuzada lá de longe.
  • Lizardman - Um lagarto bípede que a exemplo de quase todos os outros personagens também é bissexual, como todo bom espartano. Por não satisfazer mais os deuses, esses decidem transformá-lo em um lagarto e assim ele ter novas experiências de bestialidade. Mas, por agora ter um rabão literalmente, se cansa de viver com fissuras anais e decide procurar a Soul Edge pra socar na bunda dos deuses, pra ver se eles gostam.
  • Maxi - Um aspirante a Elvis Presley que usa uns pedaços de pau como arma. Fugiu de sua aldeia porque todos os tipos de músicas eram proibidos, menos forró, pagode e RBD, o que Maxi odiava. Ele virou pirata, mas um dia seu navio é atacado e na luta contra Astaroth é estuprado e jogado no mar, parando em uma ilha perto de Angra dos Reis. Os moradores da ilha o salvam pensando que era o Elvis e o macumbeiro da ilha o cura. Mas, devido ao trauma de ser arrombado por Astaroth, Maxi perde a memória e só consegue se lembrar dele indo atrás do monstro gigante para se vingar.
  • Nightmare - Um orixá invocador do Exu-caveira, e o personagem que carrega a Espada Putaqueparivelmente Grande com um Olho no Meio. Como é feio demais, ele é virgem ainda, e o seu vício em punheta criou um tumor cancerígeno em seu braço direito (a mão da punheta), e agora impossibilitado de se masturbar ele ficou ainda mais puto, tornando-se o vilão da porra toda.
  • Xianghua - Qualquer semelhança com a Xiaoyu de Tekken é mera semelhança., afinal toda chinesinha é igual, bem como todo chinesinho. Foi criada apenas para que o jogo tivesse uma putinha a mais, que embora seja a personagem mais bem vestida, sempre que possível também aparece com roupas de piriguete.
  • Yoshimitsu - Também conhecido como V do filme V de Vingança, apareceu para mostrar que tem um visual tão bizarro e aleatório quanto o Voldo, mas falhou miseravelmente depois de encontrar o próprio. Isso não o impediu de desistir, então a cada novo SoulCalibur tenta aparecer o mais bizarro possível, mas o Voldo é sempre imbatível.

Introduzidos em SoulCalibur II[editar]

A maioria dos especiais das mulheres consiste em fazer poses eróticas, normalmente nocauteando os homens com hemorragias nasais, às vezes funciona com outras garotas também.
  • Cassandra - Uma versão emo levemente modificada da Sophitia, com alguns objetivos a mais na vida, como ser aceita no mundo e com meia-calça negra. É uma das personagens mais utilizadas por ser a mais chata, possuindo inclusive um golpe de pisar no dedão do pé do adversário.
  • Charade - Mais conhecido como Shuma-Gorath do SoulCalibur, ele é extremamente obcecado em estuprar as outras pessoas, mas ele não possui nem pênis e nem armas, então passa os dias chorando com o olho gigante que tem na barriga.
  • Heihachi Mishima - Mais conhecido como Bozo, este saiu diretamente do Tekken à procura de uma véia (Dercy Gonçalves) tão antiga e foleira que nem ele. Logo ele sequestra dr. Emmett L. Brown e o obriga a fazer o DeLorean novamente para poder entrar na sua jornada.
  • Link - Com ajuda de seus criadores Nintendo ele deixa Hyrule indo atrás de algo que possa trazer a felicidade de sua terra natal. Ele então ouve falar de uma vila cheia de pessoas n00bmente alegres, onde todos escutavam RBD. Ele então decide encontrar essa vila e montar um grande fã-clube juntamente com o povo de Hyrule.
  • Narrador - O personagem mais importante no jogo, mesmo não tendo uma aparição física. Se não fosse por ele, os outros personagens não teriam uma desculpa para se matar. "Apareceu" também nos jogos de Mortal Kombat.
  • Necrid - Cansado de ser chamado e ser tratado como noob e maltratado pelos Caça Fantasmas, o Geléia resolve mudar seu jeito drasticamente, a começar por adotar o nome de "Necrid". Passa a tomar bomba, malhar bacarai e treinar com Badrock. Agora quer tentar a vida como baterista de banda de rock com ajuda das espadas mágicas que possui.
  • Raphael - Típico francês, bichinha e que não gosta de tomar banho. Vindo de uma família nobre, foi obrigado a se casar com uma donzela, mas, na lua de mel, com nojo do que viu, mata a esposa, sendo expulso de sua família e perseguido pela família da esposa. Ainda quando fugia é salvo por uma garota mendiga chamada Amy. Ao ser salvo pela menina sente uma nova emoção em sua vida e passa a querer ser mãe dela. Um dia, ao ouvir falar da Soul Edge, descobre que com ela se pode fazer o que bem quiser. No sonho de todo gay de ser bem aceito, ele vai à procura da espada para realizar seu desejo de ser transformado em uma drag queen de luxo. Atualmente entrou no top 20 dos personagens mais gays dos jogos.
  • Spawn - o "Preto-velho" para os íntimos. É mandado por Satã ao mundo dos mortais para continuar divulgando o inferno. Dessa vez nas passarelas de moda, já que todos adoram um homem sarado e para unir seus fiéis adoradores skinheads e metaleiros.
  • Talim - Uma jovem macumbeira que é vítima de um grande mau-olhado que se deu na sua terra natal e sai à procura do filho da puta que destruiu tudo, e também pra acabar com a concorrência, já que ela se tornaria a grande mãe de santo de sua vila. Ela está ali para ser jailbait, já que é menor de idade.
  • Yun-seong - Muito famoso no seu dojo por ser um rapaz alegre, ainda mais pelo seu mestre pedófilo Seong Han-myeong. Quando criança, Yun-seong idolatrava Hwang Seong-gyeong, já que era o favorito de seu mestre, mas quando cresceu ele já passa a vê-lo como rival e querer a preferência de seu mestre. Seong Mi-na, filha de Seong Han-Myeong e melhor amiga de Yun-seong, decide ajudá-lo a conquistar seu pai e fala da espada que seu pai tanto queria. Yun-seong vai atrás da espada, mas ao longo do caminho vê um samurai bombado e começa a sentir algo por ele.

Introduzidos em SoulCalibur III[editar]

Lynette & Valeria mostrando suas habilidades. Boas adições na série SoulCalibur
  • Abyss - Depois que Mano-Rei Zasalamel treina com Goku para aprender a fusão, ele decide testar seu novo golpe se fundindo com a Soul Calibur e a Soul Edge para se tornar o mandante da Rocinha, tornando-se esse capeta e o último chefe do jogo.
  • Amy - Uma menina órfã e foragida do orfanato Raio de Luz das Chiquititas depois de ser muito maltratada por Dona Carmem e Ernestina. Passa então a morar na rua e pedir esmolas nos semáforos e nos ônibus com o velho jingle: "Boa tarde senhoras e senhores passageiros...". Um dia ela vê um homem sendo perseguido e o ajuda, e acaba adotada por ele, o tendo como sua mãe.
  • Hualin - Não se engane pela aparência séria dessa chinesa peituda. Ela é tão quente na cama que faz até viados gozarem com sua arma roliça, que aumenta de espessura e diâmetro para se acomodar a qualquer tipo de orifício. Na sex shop onde trabalha é a responsável pela seção dos brinquedos sexuais.
  • Lynette - Uma jovem ninfetinha que poderia render mais hentais. Trabalha num puteiro junto com as amigas Hualin e Valeria, sendo a preferida por amantes de lolitas. Na sua lojinha é aquela que vende as fantasias eróticas disponíveis a todos personagens.
  • Night Terror - Não! Não é uma versão fodástica do Nightmare, mas sim outra fusão que Zasalamel faz depois de ver que estava se fudendo. Dessa vez ele se funde com o Nemesis do Resident Evil, Pyramid Head do Silent Hill, e o Devil Jim do Tekken. Ele ganha a habilidade de não tomar ring out.
  • Olcadan - Ex-marido do Edge Master (ou seria animal de estimação?). Após ser pego traindo ele em um bacanal com vários homens, furioso, Edge Master faz um mandinga pra ele, fazendo Olcadan ter algumas partes do corpo como coruja e entrando em profundo sono. É acordado anos mais tarde com um monte de deuses montados em cima de si, loucos por zoofilia, já que foram deixados na seca por Lizardman. Esse, então, também foge, todo assado dos deuses e vai atrás de Edge Master para se vingar.
  • Revenant - Spinal, depois de ver que seu jogo Killer Instinct não ia mais pra frente, decide trabalhar para o rei Arthur como bobo da corte pra sair da pindaíba e muda seu nome para "Revenant". Até Zasalamel entrar com a galera do morro dentro do castelo e sequestrar todo mundo. Revenant, vendo que não pode contra os mano do morro, vê que apareceu mais um bando de filho da puta que gosta de trocar "carícias" e decide trabalhar pro Mano-Rei.
  • Setsuka - Uma oiran (puta japonesa, apesar dela não ser japonesa) dona de um par exagerado de melões. As vezes está morena, as vezes está loira, igual as prostitutas mesmo. Teve seu cafetão morto de hemorragia anal após ser arrombado por um samurai bombado numa orgia em um navio. Ela então decide ir atrás do samurai que faliu seu negócio e vingá-lo mostrando que aguenta qualquer jeba.
  • Tira - Ex-membro do Cirque du Soleil que foi banida do grupo após ser flagrada cheirando cocaína. Apesar de ter sido expulsa, ela continua usando a roupa que usava nas apresentações. Vai à busca da espada, usando suas habilidades circenses para ver se ganha um patrocínio e sai da miséria. Os corvos de Resident Evil não estavam sendo bem pagos pela Capcom e conseguiram um segundo emprego como bichos de estimação de Tira em SoulCalibur.
  • Valeria - Putona de luxo e dona de um grande sex shop. A preferida do cabaré. Também é rival de Ivy e Taki em peitões, as odiando por isso.
  • Zasalamel - Líder dos traficantes encontrados nos morros do inferno, conhecido pelo apelido de Mano Rei, ele ameaça seus oponentes antes de cada batalha dizendo que se ele perder, os "mano traficante" vão vir do morro pra fazer um arrastão nos personagens do jogo. Depois ainda vira rapper, e a cada jogo gosta de aparecer ainda com mais ostentação.

Introduzidos em SoulCalibur IV[editar]

Em Soul Calibur IV a Namco resolveu apelar e siliconou todas as mulheres.
  • Algol - Um velho rei tão antigo que nem a História sabe da existência dele. Algol foi o único capaz de manejar a Soul Blade malvada sem ser transformado em George Bush, tornando-se uma figura lendária na mitologia do jogo. Embora ele seja antigo e ter ficado preso em outra dimensão por milênios, Algol fala perfeitamente inglês e japonês, prova de seu grande poder. Ele também possui um iPhone que usa para chamar o suporte aéreo da Aeronáutica Americana. Algol está à procura de um adversário digno para lutar e assim o ajudar a ressuscitar.
  • Ashlotte Maedel - Uma Barbie lolita que tem os golpes do Astaroth. A Asslotte Maedel foi criada pelo Dr. Evil para uso em suas experiências. No entanto, ela escapou e decidiu ser como os outros humanos. Ela encontrou Talim, que a derrotou. A história de Ashlotte termina com a sua desativação e reativação, desativação e reativação, desativação e reativação, desativação e reativação, blá, blá, blá, blá ... BLAH.
  • Darth Vader - Estava procurando Luke para contá-lo que era seu pai, mas ouviu rumores de um bando de filhos da puta se matando na Terra medieval, e ficou interessado. Não faz o menor sentido que seu sabre de luz não fatie os adversários, mas ninguém liga para lógica mesmo.
  • Hilde - Personagem sem qualquer carisma ou apelo entre os fãs, muito porque não se veste como piriguete igual todas as demais personagens, sendo essa a única mulher de família que usa roupas normais e não parece uma prostituta. Usa como armas um haste de bandeira e uma faquinha de passar manteiga no pão, sendo a personagem mais fraca porque não se decide se realiza golpes de curta ou longa distância.
  • Kamikirimusi Uma garota japonesa que se acha o Akuma mas tem os movimentos do Nightmare. Os jogadores se perguntam porque diabos ela recebeu o movimento de Nightmare já que sua constituição física não condiz em nada com os movimentos do Nightmare. Ela é uma dos personagens mais confusas do jogo, mas só quer fazer alguns amigos.
  • Scheherazade - Personagem pouco popular porque só é mais peituda que a Talim, então quem gosta de peitões rejeita ela, e quem gosta de peitinhos já tem a Talim de predileta. É uma elfa com os movimentos do Raphael, tentando chamar atenção ao vestir uma fantasia gigante de alcachofra. Mas num jogo onde tem Voldo e Yoshimitsu, ela até parece normal.
  • Shura - Uma gostosa que veste uma calcinha preta extremamente indecente e absurdamente socada no rabo, em combate imita os movimentos do Cervantes. Ela tem o sonho de tornar-se a maior puta do mundo, mas num jogo onde tem Sophitia, Taki, Ivy, Setsuka e tantas outras pervertidas, essa é uma missão bem difícil para Shura.
  • Yoda - Um dos personagens mais apelões de se jogar, não porque Yoda seja exatamente muito forte, mas por causa de seu tamanho diminuto, no qual mesmo o noob se ficar todo parado, certos golpes simplesmente não relam nele.

Introduzidos em SoulCalibur V[editar]

Sophitia assumindo o nome artístico de Elysium, quando entrou para a indústria pornô.
  • Elysium - O nome artístico que Sophitia assume quando ela decide começar a trabalhar como atriz pornô, quando ela veste asas de pombo e fica ainda mais vadia que o normal por vestir uma saia ainda mais curta e um decote ainda mais revelador. Por ficar mais vadia ela também passa a vestir uma máscara, para tentar ocultar sua identidade que todo mundo já sabe quem é.
  • Leixia - A filha de Xianghua. Extremamente sem graça e sem sal, a mãe já não era grandes coisas assim, essa aqui é só uma guria retardada sem qualquer carisma.
  • Natsu - Pupila da famosa ninja peituda Taki, mas não chega nem perto de sequer poder competir com a sua mestra no quesito peitos. É uma das personagens mais odiadas da série porque substituiu uma das putas mais queridas pelos fãs (a Taki) sem oferecer em troca nenhum carisma ou hentais de qualidade.
  • Patroklos - Filho mais velho de Sophitia, era frequentemente estuprado em família e sofria incesto com sua tia e principalmente com sua mãe. Isso o fez crescer traumatizado, mas pelo menos um dos poucos machos do jogo, revoltado e querendo tomar o lugar de Siegfried de protagonista fodão do jogo. Luta usando uma espada cuja bainha fica no escudo.
  • Pyrrha - Filha mais nova de Sophitia. Foi sequestrada ainda criança pela Tira para que fosse a discípula acrobata dela, com quem aprendeu todas as posições do Kama Sutra. Parece uma fusão de Sophitia com Cassandra, chegando a ser confundida com sua tia. Como toda sua família praticava incesto, ela também não escapou... Aprendeu o básico na cama com a tia, e o resto com sua mãe.
  • Viola - Só um idiota não sabe que essa bruxa é a Amy adulta. É a pior personagem do jogo pra lutar porque como arma usa um enorme corpo do benito flutuante, que não é muito eficiente de ser manejado em combates.
  • Xiba - Só um Kilik genérico e sem graça que se parece ainda mais com um macaco.
  • Z.W.E.I. - Gótico com leves tendências a praticar zoofilia, possui o poder de trazer um lobo fantasma de outra dimensão para estuprar seus adversários de forma horrível.

Introduzidos em SoulCalibur VI[editar]

  • Grøh - A primeira novidade de SoulCalibur VI, aparentemente só mais um espadachim genérico. O motivo dele frequentemente estar puto da vida é que durante uma suruba ele tomou uma gozada no olho esquerdo que o cegou daquele olho. Desde então ele perambula pelo mundo caçando swingueiros, ou seja, praticamente o casting inteiro de SoulCalibur, então deseja matar todo mundo
  • Azwel - Basicamente uma cópia falha do Algol viciada em crack, quer "salvar a humanidade" basicamente botando todo mundo em uma orgia comandada pela Espada Putaquepariuvelmente Grande com um Olho no Meio. Suas armas são luvas que invocam armas do nada. Ele também é chefão de um dos modos de jogo.

Filme[editar]

O ator, diretor, produtor e diretor da Buttman John Stagliano é quem produziu e dirigiu o filme de SoulCalibur, uma bosta de baixo orçamento que hoje pode ser encontrada apenas no Xvideos.