Somos cafonas, sim

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Somos Cafonas, sim é a canção criada por Roberto Bolaños Dona Florinda e Mestre Linguiça, quando estavam em um momento de plena inspiração e começaram a cantar pátio afora, rodopiando, sem ligar se estavam sendo cafonas, não importando o quanto é fácil se bancar o ridículo. A música se inicia com a Dona Florinda tirando a calcinha e jogando-a na linguiça face do Mestre Linguiça para que ele também se inspire. Depois desse ato ambos iniciam a canção.

Pior do que antes...[editar]

Após uma briga por causa de um mal entendido, onde o Professor Girafales teve a barra da calça, mijada... calma, não por ele, mas por um cachoro, saiu portão da vila, afora e, como não podia descer mais do que isso, mesmo porque é difícil descer daquela altura, ele fumou um charuto que o fez pensar que aquilo só podia ser um engano. Foi conversar com a Dona Florinda e eles então ficaram mais cafonas do que antes, mas e daí o que importa é meter o amor. Sem ligar para os olhares sobre os suspiros, declarações melosas e versos inspirados pela formosura sem par da Florinda que eu sempre conheci, eles se rereconciliaram, ficando pior do que antes. Segue a canção:

Dona Florinda com dor de barriga emocionada após cantar apaixonadamente.

Apaixonados, sim

Até a loucura, sim

Vamos querendo-nos

Ai!, com tal paixão


Que ainda alguns pérfidos

Sem mais escrúpulos

Nos chamam cândidos

Ai!, difamação


Mais pra fanático

Do que romântico

Não importa nada, não

Quem quer falar


Somos cafonas

Isso é conosco, sim

E nunca com ninguém mais

Vertendo lágrimas...

Somos cafonas, sim

Nós aceitamos

E que nos deixem em paz


Apaixonados sim

Somos românticos

É sintomático

Ai!, do verbo amar


E até as glândulas

Que vertem lágrimas

Se tornam cálidas

Ai!, querem chorar


Se nós, românticos

Bruxa do 71 empolgada após ouvir a canção.

Somos ridículos

Talvez lunáticos

Só por amar


Somos cafonas, sim

Isso é conosco

E nunca com ninguém mais


Somos cafonas, sim

Nós aceitamos

E que nos deixem em paz


Agora deixe-os em paz, aprecie a canção e saia também rodopiando e cantando por aí... Se alguém der uma porrada em você, é porque não tem sensibilidade para apreciar o belo, nem sabe valorizar pessoas que assumem o que são, por mais cafonas que sejam: Assumir a tal da cafonice é um ato heroico, em nosso mundinho onde tudo é gafe, mico chimpanzé, fora de moda, agride o fashion e outras dessas frescuras. Talvez você leve uma porrada por sair cantando Somos cafonas, sim, mas creio que ninguém irá mata-lo, uma vez que ninguém ainda morreu por fazer funk e outras aberrações.