Selenia Aspide

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Selenia Aspide é um míssil que tem o mesmo poder de destruição que um peido do Gordinho da Locadora, além de que ele tem um GPS de alta precisão embutido.


Características[editar]

O Selenia Aspide é um dos mais perfeitos objetos fálicos de destruição em massa.

O Selenia Aspide é um míssil italiano, porém, ele é praticamente um irmão gêmeo do AIM-7 Sparrow, o que não adianta muito, visto que ninguém conhece nenhum dos dois. Para ser mais exato, a única diferença do Selenia Aspide para o seu semelhante é que o Selenia tem uma radar um pouco mais preciso, e que é capaz de acertar em cheio a mesa de café-da-manhã dos comunistas que comem criancinhas.

Além da alta precisão, o Selenia Aspide também tem o poder de destruição potencializado por diversos tipos de substâncias gasosas, que, quando explodem, além de destruírem meio mundo, também deixam um cheiro pior do que o Rio Tietê. Ou seja, é morte certa para os inimigos.


Curiosidades que você não quer saber[editar]

Dizem as boas e más línguas que lá em 1800 e lá vai cacetada, a China importou esse míssil, pois queriam destruir os porcos capitalistas. Porém, assim como fizeram com Cuba, os Estados Unidos declararam mundialmente que o país que ousasse vender peças militares para os chineses construírem os seus mísseis, iriam ficar sem o Mc Donald's. Como nenhum país queria perder a sua principal fonte de renda, o embargo deu certo, e os chineses ficaram apenas com o projeto, sem poder comprar as peças.

Porém, quando todo mundo pensava que os chineses iriam desistir dos mísseis e iriam voltar a comer criancinhas, os chineses mostraram que ainda estavam com muita vontade de exterminar os Estados Unidos, e construíram os seus próprios misseis, utilizando-se de latinhas e caixas de papelão. Obviamente, essa tentativa foi extremamente FAIL, e eles tiveram que mandar esses mísseis para a reciclagem.