Rocco Siffredi

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

 

Com um sorriso como esse, você tem até medo de tomar no cu literalmente.

OBS: Não... esse artigo NÃO É SOBRE A PORRA DA Editora Rocco. Deu pra perceber pelo nome, né?

Rocco Siffredi é um ex-ator pornô italiano que faz parte da trindade do pênis (junto com Ron Jeremy e o saudoso John Holmes). Sem dúvidas, é o ator do gênero mais conhecido de todos os tempos (mesmo sendo fichinha pros dois já citados antes), já que em geral quem assiste esses filmes se interessa mais nos nomes das atrizes (lógico), até porque, quando você vê que no Brasil os atores se chamam... Ygor Picachu... Kid Jamaica... Carlos Bazuca...

Desde 2006 tentamos sem sucesso falar sobre essa lenda, mas enfim, estamos aqui. É, eu sei, isso não te interessa...

O autor desse artigo deve ser mó viadão, pelo menos é o que disseram.

Biografia[editar]

Começou sua carreira em 1986, se tornando em seus dezessete anos de atividade como ator pornográfico, uma das maiores estrelas desse gênero em todo o mundo (claro que isso não chegaria a ser muito difícil, ou não). Atualmente ele contabiliza mais de 200 AVN Award na estante, o que é um feito maior do que ganhar um Grammy ou um Oscar.

Sua fama foi além do cinema adulto, aparecendo em várias oportunidades em programas de televisão e até em um filme NORMAL (se bem que... normal, nem tanto, as cenas eram beeeeem pesadinhas). Em 1999 foi publicado um livro sobre sua história de vida, o livro se chamou "Rocco Siffredi, Il mito di un pene italiano".

Ao se aposentar como ator em junho de 2004, após atuar em centenas de filmes e porque estava já usando Viagra, o ator italiano alegou ainda estar em forma para o trabalho, mas que está se afastando por razões familiares (a mulher dele estava cansada de ele viver só no Viagra).

Cquote1.png Porra, esqueci de censurar essa também! Cquote2.png
Eu sobre Eu mesmo e Irene, não, sobre meu erro.

Filmes[editar]

Apesar de se divulgar que ele fez mais de trezentos filmes (Wikipédia mentirosa!), ele fez na verdade um pouco mais de oito mil como ator, sendo que desses, um pouco mais de cem, como diretor também, provando que dá pra dirigir um filme e um pênis ao mesmo tempo.

Meu Deus... essa última frase foi gay até demais...