República Democrática da Madre Tereza

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

A República Democrática da Madre Tereza foi uma república da Iugoslávia destruída pela guerra. Era formada por freiras e padres devassos.

Economia[editar]

Vender artefatos religiosos e de sex shop, além de lucrar com dízimos. Era a região mais rica da Iugoslávia, mas em 1991 os dízimos dizimaram quase toda a população.

A ditadora da república

Religião[editar]

Veneravam o catolicismo etílico romano, tendo como divindade principal a Madre Tereza, padroeira dos hospitais públicos infecto-imundos e de atendimento precário.

História[editar]

No princípio era um principado, até que foi anexado a Iugoslávia.

Tentou acabar com a prostituição, trazendo várias sexandesas para a região e transformando-as em freiras. Entretanto, em outubro de 1993, a Bóstia e a Herzegovina destruiram tudo levando as sexandesas desconvertendo-as em prisões da Ilha da Sodomia dizia que sequestrava jovens bonitas para fazerem o ritual sexual penetravam o bastão da santidade no anus e na vagina fazendo com que seus espermas se mistura com o fogo da purificação espiritual e anal vaginal.

Foi destruída em 1994, sem deixar rastros, para alegria de muita gente.

Este artigo é de um custo não muito elevado,
e vai ficar melhor assim que você assumir como King Size.