Ramuh

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Pikachu Thundershock.jpg Este artigo é elétrico!

Ele manja da arte de colocar sal em polvo cru e vai dar choque no seu sistema. Se você pôr a mão, vai começar a se retorcer feito lagartixa com cãibra!

Ramuh, também conhecido por alguns idiotas como Indra, é uma invocação de Final Fantasy que ninguém usa, já que o Ixion é bem mais poderoso no quesito eletricidade, e ainda sabe usar a Investida Relâmpago. A única coisa que o velho sabe fazer é canalizar energia na ponta de seu cajado para soltar Choque do Trovão nos inimigos.

Origem[editar]

Ramuh mostrando seu choque do trovão

Não se sabe muito sobre a origem de Ramuh, mas acredita-se que, pela sua idade, ele tenha sido o jardineiro do Jardim do Éden. Assim como todas as outras invocações satânicas de Final Fantasy, Ramuh já morreu há muito muito tempo, e a sua imagem que aparece para as pessoas é puro ectoplasma.

Na verdade, Ramuh é uma das invocações mais secundárias de todos os Final Fantasy, pois ele é um dos poucos que ninguém lembra, afinal, quando se fala em invocação elétrica, todo mundo se lembra apenas de Ixion.

Apesar de Ramuh ser totalmente secundário, ele fez uma boa participação em Final Fantasy VI, onde ele faz um dos papéis mais importantes de sua carreira (ou não), contracenando diretamente com Terra Branford, a heroína principal do jogo.

Aparições[editar]

Cuidado que o velho é perigoso (ou não)

A primeira aparição de Ramuh foi no [[Final Fantasy III], onde ele não faz absolutamente porra nenhuma, pois ele apenas paralisa os inimigos com chance de 0,001% de chance de acertar. Por conta disso, Ramuh passou totalmente despercebido, recebendo o apelido de moeda de 1 centavo.

Depois desse fracasso total, Ramuh volta com força máxima (ou não), em Final Fantasy IV, para tentar reerguer sua carreira. Porém, Ramuh, dessa vez, nem secundário é, ele chega a ser terciário, pois para conseguir ele nem precisa lutar: ele é uma invocação automática de Rydia.

Depois de seu segundo fracasso consecutivo, Ramuh iria ser demitido pela Square-Soft, afinal, ele não rendia merda nenhuma. Porém, como Ramuh não podia ficar desempregado, ele tentou de todas as formas salvar seu emprego. Então, como a Square não queria pagar os direitos, ela resolveu reduzir o salário de Ramuh ao mínimo, e dessa vez eles nem colocaram como terciário. Dessa vez ele seria um mero figurante, ou seja, ele iria apanhar mais de 8000 vezes em confrontos aleatórios apenas para os heróis ganharem experiência.

Ramuh realmente é parente do Matusalém

Depois de tomar muita surra, Ramuh resolvei que iria trabalhar em algum lugar bem longe dali. Porém, a Square fez uma proposta irrecusável para Ramuh: eles iriam aumentar o seu salário e ainda dariam para ele um papel de destaque. Com uma proposta dessas, Ramuh não pôde recusar, e aceitou na hora. Na verdade, a Square precisava de algum Matusalém para desempenhar o papel de sábio, e Ramuh era o que cobrava mais barato.

Então, Ramuh, em seu local de destaque, apareceu por vários minutos, sendo alvo de toda a imprensa, inclusive da Revista Caras, que queria fazer uma entrevista com tão bom ator. Foi então que Ramuh caiu da cama e percebeu que seu papel se resumia à 5 falas.

Depois de pelo menos aparecer um pouco em destaque, Ramuh ganhou um papel de invocação em Final Fantasy VII, pois os diretores tinham gostado muito de sua atuação como coadjuvante. Porém, como sempre, Ramuh foi apenas uma invocação perdida e que ninguém e lembra, já que é muito melhor usar o Bolt 3 normal, que tira muito HP e gasta pouco MP, do que invocar Ramuh, que gasta MP pra caralho e o ataque não faz nem cócegas.