Qui-Gon Jinn

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Kenny3.jpg Qui-Gon Jinn morreu...
MAS VOLTOU!!!

Ressuscitou no terceiro dia!

Clique aqui pra ver quem foi expulso do Céu (ou do Inferno).


Qui-Gon Jinn
Qui-GonJinn1010509.jpg
Nascimento 17/01/1967
Vai se saber
Idade Quarentão
Altura 1,80
Peso 76
Estilo de luta Jedi
Arma preferida Mandioca Alumiada
Técnica Máxima Secreta Força Jedi
Religião Lado Iluminado da Força
Profissão Mestre Jedi
Característica marcante Ser o mestre de Obi-Wan
Comida favorita O que tiver na mesa ele come
Frase favorita Anakin, você é o escolhido!
Esporte Meditação
Mania ...

Cquote1.png Você quis dizer: Ra's Al Ghul Cquote2.png
Google sobre Qui-Gon Jinn
Cquote1.png Você quis dizer: Qui Bundinha Cquote2.png
Google sobre Qui-Gon Jinn
Cquote1.png Ele é só uma criança, qual o problema de eu treinar ele? Cquote2.png
Qui-Gon Jinn sobre Anakin Skywalker
Cquote1.png Nenhum! Só o extermínio da Ordem Jedi, milhões de planetas sob domínio do Império, nada de mais Cquote2.png
Os Jedi sobre Darth Vader
Cquote1.png Meu discípulo favorito Cquote2.png
Conde Dookan sobre Qui-Gon Jinn

Qui-Gon Jinn (pt/br:Cuai Gom Dim) (???,Década de 1890 92 ABY - Naboo, Década de 1950 32 ABY) foi o antigo Jedi mestre do Obi-Wan Kenobi e foi Padawan de Conde Dooku, que era bastante retardado. Diferente de seu mestre, que se tornou um herege, ele decidiu continuar sendo um cristão até o dia de sua morte (que se diga de passagem, trágica).

Biografia[editar]

Qui-Gon era um cara meio panqueca da ideia, que um dia entrou pra Ordem Jedi para treinar, e seu mestre foi justo o mais psicopata da Ordem Jedi, o bom e velho Conde Drácula Dooku, que era doido pra largar aquela porcaria de lugar, Qui-Gon cresceu sendo o mais idiota dentre os Jedi, e ganhou um aprendiz tão estúpido quanto, chamado Obi-Wan Kenobi.

Missão de Naboo[editar]

Depois de muitos anos Qui-Gon foi enviado pra uma missão que mudaria o destino dos Jedi (pra pior, porque se o Qui-Gon Jinn não fosse tão estupido e insistente, os Jedi não teriam sido exterminados), ele partiu junto com seu padawan para Nabunda Naboo para tirar satisfação com uns separatistas sobre umas parada aí, e eles foram recebidos por uns droids que largaram o aço pra cima deles, então eles fugiram pela floresta e encontrou um parente do Ronaldinho, chamado Jar Jar Binks que levou eles até a cidade perdida de Atlântida, e fizeram uma festinha e foram direto para a cidade de Theed. Lá eles encontraram a Rainha Amidala e o Capitão Panaka (Não é brincadeira! O nome dele é esse mesmo) e foram leva-los para Coro Santo.

Parada no Planeta Tatu[editar]

Mas no meio do caminho aconteceu um imprevisto, o carro enguiçou e Qui-Gon teve que achar um mecânico no meio do deserto, mas só encontrou um moleque lazarento e ele ficou impressionado com esse moleque, e achou que ele iria trazer a paz para a galáxia (ou não), mas o safado do pai dele, Watto (Isso mesmo! Watto comeu a mãe do Anakin, ou você acha o que? Que o moleque nasceu sem pai!?), era o mecânico contratado para trocar o motor da lata-velha deles, mas Qui-Gon não tinha dinheiro, foi aí que ele teve uma ideia, forçou o pequeno Anakin a disputar um racha ilegal na rua pra ele ganhar a corrida pra ver se arruma algum dinheiro (Mas como se o carro enguiçou?). Por sorte, o moleque ganhou e por mais sorte ainda o moleque saiu inteiro, assim Qui-Gon Jinn resolver levar o moleque pra treinar, de repente o filho do capeta saiu de dentro da terra e tentou matar Qui-Gon Jinn, mas Qui-Gon fugiu que nem uma galinha e entrou no carro. Próxima parada Brasília Coro Santo!!!

Chegada em Coro Santo[editar]

Chegando lá Qui-Gon foi direto no Conselho Jedi, pedir para treinar o menino que traria a ordem na galáxia, mas o conselho disse que ele não iria treinar porra nenhuma, Qui-Gon bateu o pé, chorou, xingou a mãe de todo mundo, mas o conselho continuou a proibir de ele treiná-lo, Qui-Gon continuou insistindo, Mace Windu mandou ele tomar no cu e sair fora. A rainha de Naboo já estava puta com os políticos corruptos que não ajudam em porra nenhuma(Não é só ela não, é o Brasil inteiro.). Qui-Gon partiu com seu padawan Obi-Wan, o pequeno Anakin, a Rainha Amidala e o Capitão Panaca de volta pra Naboo.

Missão de Naboo, de novo[editar]

Foi nessa luta que Jinn bateu as botas

De volta a Naboo, em uma missão de livrar os Naboo da opressão, eles iniciaram uma batalha, mas de repente apareceu o poderoso Sith, Darth Maul, Qui-Gon lutou com ele ao lado de seu Padawan, mas o inútil do seu Padawan ficou pra trás, no meio da luta e apareceu um escudo de energia que impediu a passagem dele, o escudo abriu novamente e outra vez a lesma ficou do outro lado do escudo (Mas pra que raios botaram um escudo que fica abrindo e fechando nesse lugar?), Obi-Wan ficou só assistindo enquanto Qui-Gon caía na porrada com o Sith, sem a ajuda do seu padawanzinho querido Quin-Gon foi golpeado por Darth Maul que enfiou o sabre de luz no seu rabo. Obi-Wan puto cortou o Sith no meio, Qui-Gon minutos antes de morrer, pediu pra Obi-Wan encher o saco do Conselho para treinar a porra do moleque e morreu. Resultado:O Conselho permitiu que o moloque fosse treinado, e o moleque se tornou o braço direito do imperador e ajudou a exterminar os Jedi, tudo graças a insistência de Qui-Gon pra treinar essa desgraça.