Quatro Elevadores do Canal do Centro e seu Sítio, a Louvière e o Roeulx

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Belgasecxistem.jpg

Ceci n'est pas Desciclopédia!!!

Este artigo é belga e contém altas doses de lavagem cerebral e teorias da conspiração que farão com que você acredite que Quatro Elevadores do Canal do Centro e seu Sítio, a Louvière e o Roeulx existe!

Cuidado: a qualquer momento um agente da NWO pode sequestrá-lo!

Belgiumcoatofarms.jpg
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Os Quatro Elevadores do Canal do Centro e seu Sítio, a Louvière e o Roeulx não são elevadores comuns para carregar gente. Eles são elevadores para levantar ou abaixar barcos. Para isso, esses elevadores devem ser grandes, esquisitos e feitos dentro do canal do centro (que apesar do nome s´fica no centro do nada, o que complicou ainda mais sua construção. O canal fica perto de uma cidade que não tem estradas asfaltadas e ferrovias, e o canal com os elevadores é a única forma dos habitantes não ficarem isolados do resto do mundo.

História[editar]

Um monte de metal bloqueando o rio elevador.

Os elevadores para barco foram feitos depois da construção de Louvière, uma cidade na Bélgica. Para que os novos moradores de Louvière chegassem na cidade, não havia meios de transporte. As rodovias eram mais esburacadas do que as brasileiras (algo difícil de superar), as ferrovias eram enferrujadas e a única coisa que poderia ser usada como meio de transporte era um rio.

Esse rio era usado para rafting porque nele só havia corredeiras. Nenhum barco de porte médio conseguia navegar por ali e levar os moradores da região de um lado para o outro. Para liberar o rio e construir os elevadores, o governo subornou a Federação Nacional de Rafting, que vendeu doou o rio ao governo. O maior problema foi construir os elevadores.

Eles teriam que levantar e abaixar uma parte da crosta terrestre (uma operação que na maioria das vezes dá merda e causa terremotos que destroem tudo). Assim, as obras precisariam de furadeiras enormes (para perfurar a crosta terrestre), muito metal para os elevadores, TNT, e principalmente muita sorte. Depois de anos de obras e uma fatia da crosta terrestre de 10Km de grossura retirada, os elevadores foram concluídos. Nenhum terremoto por causa da obra foi registrado, mas acredita-se que houve um terremoto em Luiz Boa Lisboa causado pelos elevadores.

Os elevadores funcionam de forma muito simples. Eles são chapas de aço enterradas a 50Km de profundidade na Terra. Em cima, há uma parte da crosta terrestre. Quando ele entra em operação, ele levanta a chapa de aço, e consequentemente a terra em cima dela também sobe. Ou também o contrário, fazendo a Terra descer, até o rio na superfície ficar reto, possibilitando a navegação.

Esses elevadores são muito seguros, o único efeito colateral dele é o surgimento de terremotos em lugares variados no planeta, por causa do movimento dentro da crosta. O mais novo terremoto causado fez um tsunami na Ásia, mas nada muito grande. Recentemente, alguns elevadores foram aposentados porque um monte de países reclamaram dos terremotos estão muito velhos e não aguentam mais levantar a Terra. Os meios de transporte para as cidades próximas agora são estradas de asfalto, feitas para substituir os elevadores.