Prêmio Sexy Hot

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Garota hentai.gif PERVERTIIIIIDOOO(a)!

Tava procurando putaria e caiu nesta página "sem querer", não é?! Pelo menos feche a porta do quarto e divirta-se!

Prêmio Sexy Hot, anteriormente chamado de Prêmio da Indústria Pornô (ou simplesmente PIP) é o Oscar do mundo da putaria brasileira, realizado analmente, digo, anualmente pela Sexy Hot, para premiar aqueles que trabalharam no duro nos últimos ânus.

Nas cerimônias de entrega do prêmio existe apenas uma regra, a versão do Mundo do Contra da Lei de Gil, que diz que vale tudo, só não vale deixar de dar o cu.

Para entregar os prêmios, que são vibradores pretos texturizados em formato anatômico, a equipe Sexy Hot convida apenas a nata, ou seja, ex-BBB's que mostraram o cu na Playboy, machos virgens de renome internacional e os boys que fazem as entregas de camisinhas na empresa.

Atualmente, o Prêmio Sexy Hot é considerado o mais importante do cinema brasileiro, provavelmente seja até do mundo, pois no AVN Award as atrizes arrombadas não mandam a sociedade ir tomar no cu e mostram a buceta em rede nacional, pelo menos não fizeram isto até agora, mas estamos na expectativa que isto ocorra na próxima edição.

História[editar]

Na edição de 2017, o hoster da premiação foi Mr. Catra, por possuir PhD em putaria e sacanagens em geral, e conseguir analisar as performances dos indicados de maneira técnica, coesa e objetiva.

Apesar dos protestos da plateia, que queriam que o vencedor de melhor filme fosse o comovente e profundo "Doutor Ponha no meu Rabo Por Favor", quem levou o caneco foi o simplório "Loucuras de Casal".

A maior ganhadora da noite, com cinco prêmios, foi Emme White, assim sendo ela ganhou, mas mesmo assim tomou no cu.

Categorias, com seus últimos vencedores[editar]

Vencedoras da noite vão comemorar seus prêmios com tainha, vinho e um monte de sexo.