Pocoyo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

 

Nanny1.jpg Atenção pirralhada Criançada!

Se você é fã de Pocoyo, o problema é seu! Não adianta bagunçar o artigo, pois a Nanny11.jpg está de olho! E se ainda mesmo assim você aprontar, ela vai lhe colocar para chorar no cantinho da disciplina!

Crianca-1.jpg


Marquezine.JPG Este artigo trata de crianças realmente CHATAS!

Que fofinho, este artigo é sobre uma criancinha bobinha. Edite-o até ela
deixar de ser fofinha, senão Maísa irá te ligar!


Babel fish.gifTraduzindo: Pouco eu
Babel Fish sobre Pocoyo
Cquote1.svg Você quis dizer: Cocôyo? Cquote1.svg
Google sobre Pocoyo
Cquote1.png Experimente também: Desenho feito por idiotas para idiotas Cquote2.png
Sugestão do Google para Pocoyo
Cquote1.svg Vou lhe ensinar a dizer frases completas! Cquote2.svg
Homer Simpson sobre Pocoyo
Cquote1.svg Vem vem, vem brincar... Cquote2.svg
Xuxa sobre Pocoyo
Cquote1.svg Isso non ecziste! Cquote2.svg
Padre Quevedo sobre Mundo de Pocoyo
Cquote1.svg Cade os pais desse pirralho? Cquote2.svg
Você sobre Pocoyo
Pocoyo é uma animação 3T criada por espanhóis malucos que um dia viram as suas próprias caras feias no espelho Zinkia Entertainment, Cosgrove-Hall Films and Granada International e exibida como tortura diária pelo Discovery Kids e por canal aberto pela TV Cultura.

Enredo[editar]

A série mostra as aventuras de um guri retardado que foi abandonado pela mãe por ser chato pra caralho, Pocoyo, um Pato Pato, uma elefanta bissexual Elly, e uma cachorra Loula em algum lugar na fronteira entre Lugar Nenhum e o Acre.

Algum personagem sempre mostra algum problema, e com isso, outro personagem vem e o entretem para que todo mundo fique feliz. Todos sempre estão fumando algum baguio que os deixa fazendo dancinhas toscas e sons de drogado, além de sempre estarem sempre fazendo alguma festa pra ficarem mais alegres e dançarem ainda mais.

Personagens[editar]

Pocoyo mostrando o tamanho de sua pinta.
Pocoyo com seu ursinho onde guarda cocaína pra cheirar mais tarde.

Pocoyo[editar]

Pocoyo é um guri retardado que se iguala igualmente a criança que assiste isso, burra, faz coisas de doido, e tem amigos mais burros que ela. Pocoyo foi um dia, o capeta em pessoa da família dele, que via que o filho não tinha futuro mesmo. A própria mãe fica com vergonha de ter parido esse menino, tanto que ela o fez fumar drogas. O menino gostou e até hoje ainda fuma, e está em algum lugar do Brasil, e ele acha que está num mundo onde tudo pode acontecer. Recentemente se descobriu que Pocoyo tem uma irmã gêmea chamada Masha, que consegue ser mais chata que o irmão, e foi mandada pra União Soviética, onde lá conheceu um urso que a queria comer desde que ela bateu em sua porta, mas a produção de seu desenho o impede disso, pra que o money não seja perdido. Possui um Porsche vermelho e adora construir castelinhos com o seu melhor amigo Pato

Pocoyo se inspirou em crianças como Caillou, Cirilo Os Backyardigans, a turma de Chiquititas e Carrossel, e o Tommy de Rugrats, já que eles são crianças chatas pra caralho, e agradavam os guris retardados que os assistiram, então Pocoyo poderia comprar mais uns baguios pra que a série pudesse continuar.

Narrador[editar]

É só uma voz, mas também serve de um personagem que você nunca viu por ele ser tão feio. É parente do João Kleber (por isso ele tem o hábito de ficar sempre falando, falando e falando, apesar de que ao contrário de seu parente, ele deixa os outros falarem ou fazerem qualquer bosta que quiserem).

Pato[editar]

É um pato (O RLY?) que é o que mais fuma droga no desenho. Pato um dia teve uma família, mas todo foram alvo de tiro-ao-alvo, mas só o Pato sobreviveu. Foi então que sem família, Pato começou a ficar doidão, e com isso, foi internado em vários manicômios, mas sempre escapou fingindo ser normal, mas ele finalmente deixou Canadá (sua terra natal) pra viver em uma terra sem nada, onde ele pode ficar louco a vontade. Seus primos são Patolino, do qual ele herdou sua capacidade de girar o bico a 360 graus e comportamento de bicha, e também o Pássaro Louco, por você sabe... Pato também tem a característica de quando ficar de TPM com raiva, ele poder causar um terremoto e um duplo twist carpado de tanto pisar com força os pés, o que não afeta em nada aquela terra de loucos e também é usado como ferramenta.

Elly[editar]

Como não podia faltar uma boa Guria retardada no desenho, o criadores resolveram botar a Elly. Elly sofre de obesidade mórbida, gosta de festinhas, chá, garotos não-idiotas e gays (como o Pocoyo e o Pato), e RBD. Tem uma mochila no qual traz todo dia, uma droga diferente pro grupo, assim, eles agem de um jeito diferente em um novo episódio. Elly sempre foi a mais desejada dentre os meninos de lá (especialmente o Pato), mas a verdade é que Elly não passa de uma mal-comida que só quer ser uma guria retardada qualquer depois que a Nina chegou ela ficou deprimida porque os garotos não queriam saber mais dela.

Elly, Pato, Pocoyo e Loula atravessando a avenida.

Loula[editar]

É a cachorrinha do Pocoyo. Loula também morava com ele, e o ajudava a seus pais ficarem mais loucos ainda, por isso, foi injetada nela, Maconha, Crack, LSD, Heroína, dentre outras drogas, que a faz a mais doida da série, sempre querendo fazer sexo com seu dono. Nunca o larga por nada, já que lá não há nenhum cachorrão e mais ninguém além dos personagens lá. Ocasionalmente também dá pro Pato e pra Elly em seus momentos bissexuais.

Sonequita[editar]

É um pássaro que não faz e não presta Porra nenhuma no desenho. E assim, é a que menos tem vontade de fazer sexo, já que não acorda nem pra dormir. Tem poucas vezes que ela acorda, e quando são, é quando Pocoyo e sua turma tão fazendo alguma merda de música que a incomoda (também, quem não iria se incomodar com tamanha falta de talento?). Ela tem um filho que é mais chato que o próprio Pocoyo, já que não para quieto um milésimo de segundo, isso por tomar café com drogas, muuuuuuuuuuuuuuuuuuuitas drogas.

Nina[editar]

Nina tentando converter o Pocoyo em um heterossexual, e posteriormente falhando miseravelmente

Não se impressione se não conhece essa guria, ela só foi aparecer na 4 temporada, sim! Pocoyo conseguiu durar tanto, e por conta de falta de criatividade para novos episódios, resolveram incluir uma peguete pro Pocoyo junto com um robô futurista. Nina é uma guria que surgiu da noite pro dia na serie, e de cara já virou um personagem principal. Assim como Pocoyo, ela foi abandonada por seus pais no meio do nada, mais conhecido como cenário do Pocoyo, foi abandonada pela sua incapacidade de falar, só consegue falar asneiras que nem um Minion, porem mais burra que um Minion, pois suas asneiras soam como Japonês e Espanhol, e os Minions falam com trocentos idiomas misturados. Já abandonada, a solidão a tornou maluca, mais especificamente, uma cientista maluca, conseguindo criar um robô de ultima geração que nem os gênios da ciência conseguiram, como ela não tinha muita coisa pra fazer naquele mundo branco (afinal não fazia ideia da existência de Pocoyo e miguxos), ela se focou em cheirar as ervas que o Pato plantou pela terra do nada, e pra isso ser mais gratificante, ela deu ao seu robô a capacidade de encolher as coisas, fazendo ela ter a capacidade de encolher (para a alegria de uns fetichistas bizarros da internet), então ela passou a viver nas ervas, aproveitando seu aroma todo dia que acordava, ate a chegada de Pocoyo, que a arrastou para sua vidinha.

Doutor Roberto[editar]

Roberto é o robô sexual de Nina, que tem a habilidade de encolher as pessoas e faze-las voltar ao normal. É usado como um escravo pessoal de Nina para encolhe-la a hora que ela quer, alem disso ele tem também a incrível habilidade de virar uma torradeira que ao invés de torar pão, invoca pães já torrados, ou seja, Roberto é uma fonte de comida infinita, que pode ser usado para acabar com a fome na Africa, porem devido a ele se encontrar num lugar impossível de ser encontrado, é provável que o mundo nunca desfrutara de sua habilidade. Alem de criar pão infinito que nem Jesus, Roberto pode virar um aspirador de pó, que como a Nina (e todos personagens de Pocoyo) é uma drogada, o único pó que ele aspira é a maconha, e também criar braços e pernas e começar a dançar o passinho do romano, porém hoje em dia Nina odeia essa função, devido ela ter dado essa função a ele durante sua fase de funkeira vadia, então como ela superou essa fase, toda vez que vê Roberto usando essa função ela rapidamente o nocauteia fazendo ele voltar ao normal

Lagartinha[editar]

Valentina na versão espanhola, é uma lagarta que assim como Os Simpsons, nunca vai crescer, é que tem cara de ser a mais idiota (só perdendo pro Pocoyo), é a que sempre pro filho da Sonequita, por esse ser do mesmo tamanho dele. Ela caiu em um tanque de lixo nuclear, da usina em que Homer Simpson trabalha. Homer não prestou atenção (ele nunca presta), e um dia, a lagarta caiu lá dentro, e com isso ela ganhou a chance de virar uma borboleta e voltar a ser lagarta quando ela quiser.

Fred o polvo[editar]

É o mais mutante dos mutantes desse desenho, um polvo vermelho alien feito de massinha de modelar, com quatro braços, e que canta bem pior do que Luan Santana, Restart e NXZero juntos. Não presta pra porra nenhuma no desenho, servindo mesmo como figurante, sempre voando em sua nave espacial. Em um episódio ele usou suas patas como hélices de helicópteros

Outros[editar]

São personagens tão idiotas que eu mesmo não faço nem questão de mencionar, afinal são todos retardados mesmo...

Lula Molusco no dia em que visitou a terra de Pocoyo.

Cenário[editar]

O cenário onde tudo pode acontecer é o lugar onde Pocoyo e sua turma ficam fazendo cada orgia. Lá você pode abrir qualquer coisa com uma simples chave, pular nas nuvens sem se preocupar em cair, usar o bico do pato (não importa o seu tamanho) como trampolim se houver uma piscina por perto, voar sem precisar de asas ou avião, enfim, tudo o que um drogado pode imaginar. É mais ou menos como a terra de Ooo, só que não há quase nada, só umas árvoreszinhas, umas nuvens, e outras coisitas que Pocoyo não se importou de colocar em sua imaginação, onde na verdade, é o universo a partir de 974193469176913691 anos, o que mostra que esse garoto prevê o futuro.

Pocoyo dançando Gangnam Style[editar]

Foi o dia em que Pocoyo abusou das drogas, e via o vídeo, e fez poser com a dança estragando-a toda, confira o video abaixo:

Ver também[editar]

8040.gif