Peruíbe

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome-searchtool blue.png Peruíbe é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
Esse artigo é um ponto turístico da cidade.

Sciences de la terre.svg.png

Predefinição:Nasceu

Cquote1.png A cidade é perfeita, as criança vão pra escola, come, volta pra casa e dorme Cquote2.png
Favelada sem noções de concordância que vendeu seu voto nas três últimas eleições em troca de meia cesta-básica sobre a cidade de Peruíbe

Cquote1.png Os ciganos de novo!? Cquote2.png
Qualquer morador de Peruibe ao chegar no centro da cidade no fim de semana sobre O centro da cidade

Cquote1.png Eu nunca vi cidade mais perfeita: ruas desertas - durante o dia, claro, porque à noite as moças saem pra flertar -, ar puro, e um núcleo da Terceira Idade cheio de gente interessante pra bater um papinho supimpa Cquote2.png
paulistano aposentado que quer paz sobre a vida em Peruíbe

Cquote1.png Como essa cidade é cheia! Cquote2.png
Turista desinformado durante o reveillon sobre Peruibe

Cquote1.png Nóis qué nossos direito Cquote2.png
Josias, líder comunitário do Caraguava que se acha a pessoa mais culta e poderosa do mundo porque faz parte do Conselho Municipal de Educação, mesmo não sabendo justificar a acentuação de seu nome - aliás, ele nem deve saber se seu nome é acentuado -, dirigindo-se à TV Tribuna, filiada medíocre à Rede Globo de Televisão, a principal deformadora cultural da América Latina e a quarta no ramo em todo o mundo - perdendo somente para as emissoras americanas - novidade!-, sobre qualquer coisa que lhe faça sentir importante, necessário, inteligente - que Deus lhe perdôe -, ou influente

Cquote1.png Já tâmo chegando lá? Cquote2.png
Criancinha no banco de trás do carro sobre Peruíbe

Cquote1.png E agora? Cquote2.png
Criancinha novamente, no banco de trás do carro há mais de 3 horas... sobre Peruíbe

Cquote1.png Aki nóis se veste de colorido, anda com os mano e dança rebolation com os playsoon Cquote2.png
Os "novos" jovens de Peruibe sobre Eles mesmos

Cquote1.png Como faço pra chega na outra cidade atrás da montanha? Cquote2.png
Turista sobre "guarau"


A Aldeia Indigena de Peruíbe é uma colônia do Reino de Santos situada no Litoral Sul de São Paulo. Com suas belas praias poluídas e cheias de farofeiros - durante a temporada - e nada - durante o resto do ano -, compõe o trecho da costa brasileira mais rico e bem freqüentado: o litoral paulista.

Lugar de Rico e de Pobre[editar]

Se você é alguém da Classe Media por favor va para outro lugar melhor do que Peruíbe, em Peruíbe vc só encontra casas cheias de merda de Lesmas, nas ruas tem lesmas.

Lesmas[editar]

Torneio Mundial de Cooper na Praia

A cidade é conhecida por ser fornecedora de escargô (Scargot, não Se Cagô) para a França. Por onde você anda, tu encontra lesma do tamanho de bicicletas pela rua. Peruibe é tão perfeita que se você cair no chão e se ralar você pega doença na hora por causa dos rastros de Lesmas que tem em todos os cantos. Por ser uma cidade pobre, as lesmas são a principal fonte de alimento dos moradores, já que a comida de verdade é servida para os turistas e o resto tem que se contentar com lesmas. O índice de mortalidade na faixa dos 60+ anos é muito alto, vários idosos perdem suas vidas por pisarem em lesmas ou em seus rastros e caírem de cabeça na guia, assim, sangrando até a morte.E por ser uma cidade tão pobre, ela será a segunda cidade da baixada santista a ter sinal digital, permitindo a inclusão digital de toda a população, é o que relata Milena Bargieri, prefeita desta cidade tão pobre, além do escargot que exporta para a França, Peruíbe produz e exporta: bananas, morango, plantas medicinais,e o turismo é bem explorado por esta cidade pobre, aqui acontecem eventos voltados para a ufologia. Ainda em Peruíbe encontramos a lama negra, também conhecida como cocô de lesma, que tem efeitos medicinais.

História[editar]

Descoberta por exploradores e bandeirantes Santistas durante uma viagem a então recém descoberta colônia de Itanhaém, que tinha por objetivo criar um colégio jesuita e uma igreja sob a supervisão do padre José de Anchieta e do padre Manuel de Nóbrega, após ambos os padres se perderem na floresta e terem de ser resgatados. Os padres afirmaram que fora a vontade de Deus que os havia levado àquela longíqua aldeia, e resolveram por lá se instalar durante algum período. Tal fato deu inicio a colonização da aldeia indígena de Peruíbe pelo Reino de Santos

Conta-se que Padre José de Anchieta costumava praticar rituais de fertilidade com as Índias da região na praia do Costão. E a tradição romântica é mantida até hoje, praticar sexo nas pedras do Costão à luz de velas - de macumba.

Geografia[editar]

Situada entre Itanhaém e Itariri, Peruíbe é a última cidade antes do Vale do Ribeira. Pode-se chegar até lá, por vários meios principais: pela Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, pra quem vem pela Imigrantes, e pela BR 116, pra quem vem pelo Rodoanel. Isso se você conseguir chegar vivo, porque os caminhões vão te fechar na estrada, te jogar para o acostamento, ultrapassar em situações que você pode morrer mas nada que preocupe.

Pode-se também chegar até lá de avião, contanto que seja um monomotor. Ou de helicóptero, se a empresa contar com uma equipe especializada na limpeza de restos mortais de pombos e urubus da fuselagem da aeronave.

Também caso você esteja no bairro do Jabaquara, na cidade de São Paulo, basta pegar um ÔNIBUS DA BREDA TURISMO, ou uma Van, que você chega em Peruíbe após 1 hora pela rodovia dos Imigrantes,gastando no máximo 32 reais, mas se você não for uma pessoa tão pobre assim, basta fretar um helicóptero e pousar em algum heliporto de Peruíbe, ou ainda pegue um avião no campo de Marte, em São Paulo e desembarque em Itanhaém, depois alugue uma limousine, então, chegará mais rápido até Peruíbe, mas por favor venha com dinheiro, porque aqui já tem muito pobre E VENHA RÁPIDO ANTES QUE o Bispo PEdir Maiscedo Compre e Faça de lá um retiro pros Pastores abestados, digo abastados Lalaus da Igrêija Oniver SAL..

Turismo[editar]

A cidade conta com diversos pontos turísticos que ajudam a entender a história e os costumes dos habitantes — de várias épocas — da cidade.

  • As Ruínas do Abarebebê mostram o desgaste que o tempo causou ao primeiro templo religioso cristão da cidade, onde os padres quebravam o celibato com as nativas.
  • A Praia do Costão é a pedida para os casais apaixonados que não têm dinheiro para o motel. São pedras e pedras totalmente ilumidas por velas — de macumba —, onde se pode ter uma noite de sexo tranquilo e muito gostoso. Ao final, ainda se pode fazer uma boquinha com o variado cardápido de somente frango e farofa — de macumba.
  • A Prainha também é outra pedida para quem quer transar. E ainda se pode, andando poucos metros, trocar de praia, indo direto para a Praia do Costão, atravessando uma trilha na Mata Atlântica — alguns apressados não têm paciência e acabam realizando seus rituais eróticos ao longo da trilha sem o menor pudor, e com o maior senso de naturalismo da região.
  • As Cachoeiras do Perequê e do Paraíso são os banheiros e restaurantes — que servem como prato principal frango e farofa de macumba — comunitários das bandas do Guaraú, um dos bairros mais isolados e populosos da cidade — bem desenvolvidos e de fácil acesso também.
  • Por fim, a Barra do Una(uno) é a pedida para todos aqueles que desejam isolamento total e contato com a natureza — um lugar repleto de todos os tipos de moscas e insetos irritantes, nojentos e venenosos. Pode-se, além de tudo isso, tomar banho no Rio Una, que dizem ser próprio para banho.

Para aqueles que ainda não tenham sido satisfeitos pelo cardápio de opções do que se fazer — que gira em torno do sexo —, pode-se visitar o acostamento das vias que dão acesso à cidade. É diversão garantida com uma fila de prostitutas sujas e baratas loucas para fazer um programinha barato a quem lhes visitar e lhes estiver disposto a pagar um real e noventa e nove centavos por isso.

Demografia[editar]

A hora do rush em Peruíbe

Uma população receptiva, hospitaleira e de bem com a vida - em troca de dinheiro - está à espera de turistas montados na grana. Dentre os principais tipos de moradores da cidade estão:

  • os alienados, com 99% da população;

subclassificam-se os alienados em:

Há uma ínfima parcela da população com Q.I elevado; alfabetização efeciente; educação e bons modos; que já leu pelo menos um livro que não seja revista do tipo Ti-ti-ti, livros de receita ou cartilhas sobre sexo; e que sabem qualquer outro tipo de cálculo matemático mais complexo que as quatro operações básicas do saber matemático humano (somar, subtrair, multiplicar, dividir). É a parcela dos cultos, ou seja, os 1% dos habitantes que efetivamente foram aculturados pelos seus colonizadores santistas. Me desculpem, não é efeciente, é eficiente, é que eu também sou analfabeto.

Educação[editar]

Cquote1.png A merenda é boa, faiz nossos fio crecê com saúde Cquote2.png
mãe satisfeita fazendo comentário profundo sobre a Educação do Município

Cquote1.png Nóis já tem facúdade!!! É paga, mais tem!!! Cquote2.png
Aluno egresso da rede pública estadual satisfeito com a criação de uma "faculdade" particular no município

Cquote1.png A grande particularidade da Educação dos PERUIBENSES OU PERUIBANOS OU FILHOS DO SEU PERU, sei lá que nome dá quem nasce naquilo. É a forma com que eles tratam os visitantes, que ficam a princípio maio que estupefatos, pensando que eles possuem um dialeto próprio, mas observando-se direitinho, note-se que é PORTUGUÊS mesmo, eles falam português, assobiam em português, tossem em português, relincham, digo, sorriem em português, tudo isso misturado numa única frase de 3 palavras, daí é que vem aquela impressão de que não é português...ah! esqueci, o alfabeto de PERUIBE tem um R (Erre de errar) a mais, por isso todas as palavras com esta letra tem que ser falada de um modo esquisito, PORQUE O PAULISTANO já coloca uns errezinhos a mais em porrrta carrrta, imagina um PERUI(BANO)(BENSE) ou seja, um nativo de PERUIBE? Cquote2.png QUE TEM UMA LETRA "R" (ERRE) A MAIS QUE OS OUTROS....FICA QUASE IMPRONUNCIÁVEL!

Saúde[editar]

Cquote1.png Quando tem médico é uma beleza, eles perguntam o que você tem e logo escrevem naquele papelzinho o nome daquela poção mágica, Amoxilina, ou daquela injeção milagrosa, Bezetacil, que a gente toma de graça ali mesmo! Cquote2.png
um pobre cidadão sem a mínima noção do que seja a Organização Mundial de Saúde e os Direitos Humanos sobre a saúde na cidade

Comércio[editar]

Cquote1.png Nosso bolo estraga rápido mesmo! Cquote2.png
Atendente do supermercado Cuca, quando liguei reclamando que o bolo criou misteriosos flocos de algodão após 48 horas da compra (fato real!).


Cquote1.png Arerê, um love, love, love com você! Cquote2.png
Índio da feirinha, a atração internacional da cidade, cantando músicas indígenas sobre a movimentação econômica na cidade


Cquote1.png Porra! A hora da lan-house ta R$ 2.50 ?! Cquote2.png
Favelado acostumado a pagar R$ 1.00 na lan do lado do bar do "Zé".


Cquote1.png Vamo cola la nu cinema a meia entrada só custa 7 contu!! Cquote2.png
Boyzinho acustumado com a meia entrada de 10 conto do Shopping Jardim Sul.


Cquote1.png Dá pra comer um mixtinho da hora lá no china, ou um pastel de "Pombo com Catupili"!! Cquote2.png
Esfomeados que saem á noite pra comer uma coisa diferente no centro...Aliás, porque será que os chinas sempre montam as lanchonetes deles pelas proximidades da Igreja Católica?? Será que é relmente pela facilidade de pegar alguns pombos? Sempre tem vários pombos pelas praças e Igrejas!.


Cquote1.png O Cidinha! me manda um da casa esperto!!! Cquote2.png
Outros esfomeados (e mais espertos) pedindo um lanche de R$ 1,00 - pão com hamburger, alface podre e uma mistura que eles chamam de catchup, as vezes tem maionese - lá na Cidinha, que fica bem longe do Centro, mas todo mundo vai...
...

Programação Cultural[editar]

A cidade conta com um vasto leque de bailes funk, de terceira idade, pagodões e forrós rala-buxo super movimentados onde se pode conhecer os costumes locais. Ainda se pode, nesses mesmos lugares, ter noção de onde vem o bebê, sobre como o álcool age no sistema nervoso do ser humano, e sobre a situação do narcotráfico na América do Sul - um documentário ao vivo e a cores. Para aqueles que tenham renda acima de dez reais mensais, pode-se frequentar as baladas do Cannil, e antigamente a extinta Ilha Summer Club, de onde saem os jovens ricos e de maior poder aquisitivo e mesmo assim entrando antes da meia noite pra pagar menos e ficar com um carimbo tosco que brilha com a luz neon pra mostrar pro segurança, depois de horas dançando, direto para praia para aliviar suas tensões nas vaginas fétidas de garotas promíscuas e que não se dão o mínimo valor. Pode-se também freqüentar o núcleo da terceira idade - programação comportada - junto com as velhinhs fogosas e os velhos babões. não vamos esquecer da incrível cornolândia (Pertinho do risca faca e do mata-mata, ali mesmo no caraguava). Conta ainda com a presença do ilustre Campeão Brasileiro de Luta Livre Bob Léo (maior de todos os lutadores, o wanderlei silva fica no chinelo perto dele).

Bob Léo, o maior campeão de luta livre do mundo!

Segurança[editar]

Cquote1.png Bota no saco esse filho da puta que ele vai si fudê! Cquote2.png
Capitão Nascimento, de férias em Peruibe comprando um frango assado de domingo no Costinha

Cquote1.png Pega a vassoura! Cquote2.png
Capitão Nascimento, Novamente, sobre um meliante de Peruíbe

Cquote1.png Na cara não, vai estragar o velório Cquote2.png
Capitão Nascimento, Novamente, após ser emboscado por 30 caiçaras

Também temos um capitão Nascimento em Peruibe. Aliás, não só nascimento, mas o SGT. Loja, Akira, Cardoso e sua trupe de honestos e bem sucedidos policiais que garantem a paz e sossego dos nossos moradores. salve 1º dp do caraguava e o maravilhoso combate à pirataria e máfia dos caça-níquel!!(febre em peruibe)

Frases e Tradições[editar]

Cquote1.png Já desistiu? Cquote2.png
Prestador de serviços típico do local, quando cliente liga dizendo que não quer mais o serviço após uma semana de espera por um simples orçamento.

Cquote1.png A pedida daqui é o pastel de flango Cquote2.png
Tsunami, o chinês da praça que desfia pombos no lugar de frango sobre a culinária local

Cquote1.png Nóis sai toda noite pra roubar frango e farofa dos despachos nas encruzilhada! Cquote2.png
jovem grávida e faminta sobre seus hábitos alimentares

Cquote1.png Nós compramos vodka, suco ou refrigerante no comprebem, dividimos entre 15, e ainda somos capazes de ficar bebados Cquote2.png
Jovens de 15 anos que não tem grana (nem idade) pra ir no Cannil (que é barato por sinal) e ficam bêbados com uma garrafa de Baikal...

Cquote1.png Porra! Quinze conto pra entrá nessa merda!!!??? Cquote2.png
Jovem revoltado com o preço da entrada no Cannil (mesmo com 19 anos) e prefere comprar uma garrafa de vodka, suco ou refri no Comprebem para ficar bêbado com o irmão de 15...

Cquote1.png Toma um panfreto ae! Pega porra!!! Cquote2.png
Xuxa panfretera invadindo sua casa e entregando panfleto de três décadas atras

Cquote1.png Panfreto tia? Cquote2.png
Garoto no sinal de trânsito Entregando panfletos da Jojô Bananas...

Cquote1.png Lado linha? Cquote2.png
Atendende de alguma pizzaria ou esfiharia pergunta o endereço do cliente, por que geralmente os motoboys ficam perdidos se é lado praia ou lado linha(entre Padre Anchieta e Luciano de Bona...


Parque da Juréia[editar]

O pico que deu origem ao logotipo do famoso estúdio de cinema
O mais novo Portal da Juréia

Peruíbe além de ser famosa por suas merdas de site otario belas praias, também é famosa por abrigar o Parque Jurássico Ecológico da Juréia. Lá, o visitante pode conhecer mais lugares enfadonhos interessantes, como a Prainha, o Guaraú, a Barra do Una, entre outros lugares. Lá também funcionou entre 1988 até 1992 um zoológico de dinossauros criado pela Umbrella Corporation. Mas a empreitada não deu certo, e os bichos conseguiram fugir. Eles ainda estão soltos pela reserva, até o presente ano de 2009. O governo esconde o fato, mas existem relatos de turistas que, vez ou outra, avistam os dinossauros perambulando por lá.

  • É possível para o turista observar da Cachoeira Paraíso um grande e belo belo pico, chamado de Pico Paramount. Este pico deu origem ao logotipo dos estúdios Paramount, e foi re-batizado de "Paramount" depois que o estúdio ficou famoso (seu nome anterior é desconhecido)