Pacha

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Pacha fazendo Kuzco obedecer ordens.

Pacha é o pai improvisado, mamãe improvisada, conselheiro, camarada dá o cu não cobra nada, consolador, quebra galho, amigão e, mais importante de tudo: Amante do Kuzco, o imperador de A Nova Onda do Imperador. Ele é um pastor de lhamas entre outras coisa e, tem uma mulher bem gostosa e dois pirralhos que em agumas horas são tipo irmãos do Kuzco.

Funções[editar]

O Pacha tem várias funções mas, não chega a ser capacho igual ao Kronk. Ele costuma aconselhar melhor do que todo mundo quando o Kuzco faz bobagens e também sabe dar uma dura, mas não estamos ainda falando da rola, no Kuzco sem machucar muito e sabe consolar ele e chamá-lo de minha lhama queridinha ou qualquer outra coisa em que o Kuzco esteja transformado.

Pacha explicando para Chicha que não comeu a lhama o Kuzco.

O Pacha é um pastor de animais, mas não daqueles bispos, apesar de também serem pastor de animais. Ele parece ter jeito daqueles líderes populares mas, ele não queria saber de nada disso até que o Kuzco, abusando porque seria imperador, ao fazer idade suficiente, queria tomar no rabo o lote do Pacha para fazer uma de suas bobagens. Então daí sim despertou o líder no Pacha, ia antes de quebrar o imperador e jogar no saco e, em seguida no rio, mas a Izma, por motivos menos racionais mandou o Kronk fazer o serviço antes dele. O Kronk obedeceu daquele jeito dele, subserviente mas, com dó do que ia fazer, ao olhar pra carinha magricela, então de lhama do Kuzco e, não fez o serviço direito, assimo kuzco foi parar entre aos animais do homem que ele queria... do homem que ele queria tomar as terras.

Não adiantou o Pacha argumentar que estava fazia vinte anos pagando aquele lugar para a caixa econômica e nem ia ter onde por sua mulher e filhos, já que nem de favor na casa de parentes poderia ir, pois mandava todos irem tomar no cu sempre que os via mas, determinaram mesmo que teria que entregar sua linda chákara para o imperador e acabou.

Relação peludinha[editar]

Kuzco perguntando porque Pacha não quer segurar na varinha.

Quando o Pacha viu aquela lhama falante entre seus animais disse sua célebre frase: Demônio lhama! Mas, assim que reconheceu que era o imperador, ficou tudo bem e, ele quis matar aquela lhama dos infernos, imperadorzinho de merda, abusado e despótico mas, o Kuzco começou e rebolar e usra seu charminho soberbo para seduzir Pacha: Coisa de quem nasce com veadagem autoridade. O Pacha ficou em princípio com nojo de si mesmo e confuso por estar caindo na sedução de uma lhama antropomorfa com a parte gente sendo homem ainda, justo ele que nunca em sua vida havia cometido quaiquer veadagens e, também não havia feito nada do tipo zoofilia, furrie porque havia a parte gente falando com ele com aquela vozinha insolente mas, aquilo era incontestavelmente uma lhama.

Pacha imitando a cara do imbecil que está olhando.

Pacha, se controlou até o fim do desenho para não cometer uma coisa muito feia perante a criançada que poderia estra vendo o desenho e, ajudou o Kuzco a escapar da Yzma, que queria matá-lo para fazer a proeza de ser uma imperatriz mais filha da puta do que o Kuzco e, Pacha também fez que o Kuzco achasse a poção para desfazer aquela feitiço que o transformou em um bicho menos animal do que sua forma normal, mas, o mais difícil que o Pacha consegui foi fazer o Kuzco se tornar menos egoísta... você leu menos egoísta, porque humilde mesmo, seria impossível.

De quebra, Pacha ainda fez que o Kuzco deixasse sua propriedade em paz e fizesse seu rizortezinho em outro lugar. Na série, A Nova Escola do Imperador, baseada no desenho, o Kuzco mora com o Pacha até o episódio em que se torna imperador. Bom, o Pacha se livrou de cometer zoofilia mas, veadagem... pode ser que também mas, o Kuzco já teria liberado sua rosca imperial pro Pacha faz tempo, por ele.

Ver também[editar]

v d e h