P-51 Mustang

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Forca aerea.jpg Este artigo é da Aeronáutica!

Cuidado: P-51 Mustang pode bombardear sua casa se você vandalizar!

Clique aqui pra ver quem mais pode voar, voar, subir, subir...

Boieng da Trans Brasil indo pro brejo.jpg Olha o(a) P-51 Mustang vindo!
Olha o(a) P-51 Mustang indo!

Este artigo fala sobre coisas que avuam pro alto.
Clique aqui pra ver quem mais vai pelos ares. Literalmente.
P-51 Mustang, o prato preferido do Triângulo das Bermudas.
Wikisplode.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: P-51 Mustang.

P-51 Fuckin Mustang of Nation of United States of America é um avião que os Estados Unidos produziram na segunda guerra mundial. Nessa época da história, os avanços na engenharia bélica eram muito grandes a ponto de transformar um Ford Mustang em um avião que, mesmo comparado com seu primo, é uma verdadeira velharia de colecionador.

Vamos logo começar a falar dessa máquina que era conhecida como tubarão dos ares... Sim, que poético, não?

Origem[editar]

Após um agricultor ter inventado a televisão usando duas batatas, criado o motor usando duas porcas (não me refiro aos animais, sua anta) e inventado o primeiro vibrador usando um liquidificador e um elástico, outro fazendeiro entrava para a história: o nome dele era... Era... Um nome muito feio, tipo o seu.

Então ele fez o seguinte: pegou seu Ford Mustang de 1908 e colocou asas e um motor de avião que seu avô havia deixado de herança para ele. Então ele fez o primeiro voo com o P-51 MUstang, como ele mesmo havia nomeado. Pena que ele morreu logo no primeiro voo, batendo no chiqueiro e todos sabem que porcos são inflamáveis. Então...

Recuperação do projeto[editar]

Um caça apostando corrida com um P-51... Obviamente o P-51 ganha!

O projeto foi recuperado por um vizinho que foi muito afetado após a explosão ter formado um furacão de fogo e posto fogo em sua casa.

Então eles estava observando os destroços e achou um papel que estava... Bem no meio das calças do cadáver. Temendo que se encostasse no pau do defunto iria morrer (?) fez um porco pegar com as patas dele e depois começou a ler o projeto.

Era até mesmo... GENIAL!

Então o fazendeiro/vizinho mostrou a sua esposa o que havia descoberto junto com o cadáver do seu antigo vizinho: um projeto de um avião que poderia ajudar os Estados Unidos a se intrometer na segunda guerra mundial.

A mulher desaprovou a atitude do marido que gostava muito de roubar coisas de defuntos e gostava de defuntos também (ei! ele não tinha medo de defuntos?).

Mesmo assim, ele vendeu por 10 dólares o projeto para o exército e ganhou além disso título de cidadão americano pois ele era mexicano e imigrante ilegal também. O projeto começou a ser construído e com algumas alterações do exército - Ou seja 99% do projeto - e assim, foi lançado o avião.

Armas[editar]

Algumas armas que os aviões podiam carregar (e hoje não podem pois é ilegal e é contra a lei) eram armas como a típica metralhadora giratória e algumas bombas de mostarda que lambuza as pessoas nas trinchieras... É... As bombas de mostarda são um pouco diferentes do que as bombas que seus professores de história diziam quando você estava no ginásio.

  • Firegun: Firegun? Que chique! Tá até em inglês... Digo... É a típica arma de fogo que serve para arrebentar os cascos dos outros aviões (avião tem casco?).
  • Missile: Míssil que não é mais usado.
  • Bombas no geral: As bombas de vários tipos e com várias opções de morte (MWAHAHAHAHAHA!).

Ver também[editar]